Monitoramento Mirim Costeiro |

Monitoramento Mirim Costeiro

Projeto pioneiro de Educação Socioambiental que transforma crianças em “Guardiãs dos Oceanos”.


Projeto por: Monitoramento Mirim Costeiro
R$ 290,00
arrecadado por mês
meta R$ 4.000,00

3
assinantes

7%
arrecadado

Faça parte desse projeto!
Vire um assinante mensal.



ASSINATURAS
R$ 20 por mês
Seja o primeiro assinante
R$ 40 por mês
1 assinantes mensais
R$ 60 por mês
Seja o primeiro assinante
R$ 100 por mês
1 assinantes mensais
POR

Monitoramento Mirim Costeiro

Monitoramento Mirim Costeiro

O Instituto Monitoramento Mirim Costeiro - IMMC desenvolve desde 2012 no município de Garopaba-SC, um programa pioneiro de Educação Socioambiental que tem como objetivo transformar crianças em “Guardiãs dos Oceanos”. O programa envolve as crianças com os atuais problemas socioambientais relacionados aos oceanos, fomentando experiências de aprendizagem prática no ambiente costeiro. As crianças se tornam pesquisadoras e monitoras mirins do litoral onde vivem, conhecendo sobre as características desse ecossistema, sobre a cultura local e as atividades socioeconômicas exercidas em sua comunidade.  

Nossa missão é proporcionar às crianças experiências significativas de aprendizagem que as conectem com o ambiente marinho-costeiro onde vivem, contribuindo para a formação de cidadãos mais conscientes, responsáveis, críticos e proativos. Através de nossas ações, buscamos resgatar o sentido, o prazer, a motivação e a reflexão no processo de aprendizagem. Acreditamos que o conhecimento pelo “conhecimento”, ao ser substituído pelo conhecimento pelo “propósito”, passa a adquirir SIGNIFICADO e POTENCIALIDADE para formar AGENTES TRANSFORMADORES de suas realidades.

Desde 2012 o Monitoramento Mirim Costeiro formou 1.870 Monitores Mirins do 4º e 5º ano de 12 Escolas Municipais de Garopaba, além de envolver mais de 300 docentes. Foram realizadas 160 saídas a campo para o monitoramento das praias, 245 aulas teórico-participativas, além da instalação de 22 placas educativas nas principais vias de acesso das 7 praias monitoradas do município.

Como Tecnologia Social, temos como meta replicar nossa metodologia de ensino ao longo da costa brasileira, capacitando equipes de educadores para serem agentes multiplicadores da prática de Monitoramento Mirim Costeiro, desenvolvendo a longo prazo uma Rede de Guardiões Mirins dos Oceanos. Já temos uma unidade replicadora do MMC no litoral de Ubatuba-SP, que está atuando com 4 escolas municipais. Em 2020 teremos mais um município replicando nossa metodologia no litoral de Santa Catarina, com 9 escolas monitorando as praias de Imbituba.

Na nossa sede institucional temos o Mini-museu do mar, um espaço educativo com exemplares da biodiversidade marinha. Também oferecemos atividades educativas complementares no contra turno da escola com oficinas de arte-educação, cine-mar, contação de histórias e expedições científicas.

 

PREMIAÇÕES

O projeto vem sendo reconhecido com premiações e certificações em diversas esferas: municipal, nacional e internacional.

1) Em dezembro de 2014 o projeto foi condecorado com o Prêmio Mérito Educacional, concedido pela Câmara Municipal de Vereadores e pelo Conselho Municipal de Educação, como forma de reconhecimento da qualidade do trabalho realizado na rede municipal de ensino de Garopaba.

2) Em janeiro de 2016, fomos reconhecidos como instituição de referência para a inovação e a criatividade na educação básica do Brasil, através da chamada pública do MEC (Ministério da Educação) de Inovação e Criatividade na Educação Básica. Garopaba é o único município do litoral catarinense que está no mapa do MEC, através das ações do Monitoramento Mirim Costeiro.

3) Em julho de 2016 fomos reconhecidos entre os 500 melhores projetos socioambientais da América Latina, através do Prêmio América Latina Verde. Na categoria “Oceanos”, o projeto ficou em 8º lugar. Foram mais de 1.407 casos inscritos de 25 países e 513 cidades. 

4) Em abril de 2017 ficamos entre os 16 finalistas do Prêmio Lush Spring Prize na categorias Young Projects Award.

5) Em junho de 2017  fomos certificados como Tecnologia Social pela Fundação Banco do Brasil, que tem o objetivo de levantar projetos sustentáveis que possam ser reaplicados em diversas comunidades.

6) Em agosto de 2017 domos vencedores da 15ª edição do Prêmio IGK 2017 - A Grande Jogada Social - do Instituto Guga Kuerten na categoria Atividades Educativas.

7) Em agosto de 2017 fomos ganhadores do Prêmio América Latina Verde na categoria Oceanos, competindo entre 2.409 projetos inscritos de 36 países da América Latina.

8) Em setembro de 2018 fomos semi-finalistas do Prêmio Itaú-Unicef.

9) Em outubro de 2018 fomos finalistas do Prêmio Santa Catarina pela Educação da FIESC.

Além disso, o MMC é um comitê voluntário da Conferência dos Oceanos das Nações Unidas, dentro dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável nº 14, que trata sobre a saúde dos Oceanos.

 

 

Pessoas que estão ajudando essa campanha a acontecer.

Monitoramento Mirim Costeiro ainda não publicou nenhuma notícia.

O Instituto Monitoramento Mirim Costeiro - IMMC desenvolve desde 2012 no município de Garopaba-SC, um programa pioneiro de Educação Socioambiental que tem como objetivo transformar crianças em “Guardiãs dos Oceanos”. O programa envolve as crianças com os atuais problemas socioambientais relacionados aos oceanos, fomentando experiências de aprendizagem prática no ambiente costeiro. As crianças se tornam pesquisadoras e monitoras mirins do litoral onde vivem, conhecendo sobre as características desse ecossistema, sobre a cultura local e as atividades socioeconômicas exercidas em sua comunidade.  

Nossa missão é proporcionar às crianças experiências significativas de aprendizagem que as conectem com o ambiente marinho-costeiro onde vivem, contribuindo para a formação de cidadãos mais conscientes, responsáveis, críticos e proativos. Através de nossas ações, buscamos resgatar o sentido, o prazer, a motivação e a reflexão no processo de aprendizagem. Acreditamos que o conhecimento pelo “conhecimento”, ao ser substituído pelo conhecimento pelo “propósito”, passa a adquirir SIGNIFICADO e POTENCIALIDADE para formar AGENTES TRANSFORMADORES de suas realidades.

Desde 2012 o Monitoramento Mirim Costeiro formou 1.870 Monitores Mirins do 4º e 5º ano de 12 Escolas Municipais de Garopaba, além de envolver mais de 300 docentes. Foram realizadas 160 saídas a campo para o monitoramento das praias, 245 aulas teórico-participativas, além da instalação de 22 placas educativas nas principais vias de acesso das 7 praias monitoradas do município.

Como Tecnologia Social, temos como meta replicar nossa metodologia de ensino ao longo da costa brasileira, capacitando equipes de educadores para serem agentes multiplicadores da prática de Monitoramento Mirim Costeiro, desenvolvendo a longo prazo uma Rede de Guardiões Mirins dos Oceanos. Já temos uma unidade replicadora do MMC no litoral de Ubatuba-SP, que está atuando com 4 escolas municipais. Em 2020 teremos mais um município replicando nossa metodologia no litoral de Santa Catarina, com 9 escolas monitorando as praias de Imbituba.

Na nossa sede institucional temos o Mini-museu do mar, um espaço educativo com exemplares da biodiversidade marinha. Também oferecemos atividades educativas complementares no contra turno da escola com oficinas de arte-educação, cine-mar, contação de histórias e expedições científicas.

 

PREMIAÇÕES

O projeto vem sendo reconhecido com premiações e certificações em diversas esferas: municipal, nacional e internacional.

1) Em dezembro de 2014 o projeto foi condecorado com o Prêmio Mérito Educacional, concedido pela Câmara Municipal de Vereadores e pelo Conselho Municipal de Educação, como forma de reconhecimento da qualidade do trabalho realizado na rede municipal de ensino de Garopaba.

2) Em janeiro de 2016, fomos reconhecidos como instituição de referência para a inovação e a criatividade na educação básica do Brasil, através da chamada pública do MEC (Ministério da Educação) de Inovação e Criatividade na Educação Básica. Garopaba é o único município do litoral catarinense que está no mapa do MEC, através das ações do Monitoramento Mirim Costeiro.

3) Em julho de 2016 fomos reconhecidos entre os 500 melhores projetos socioambientais da América Latina, através do Prêmio América Latina Verde. Na categoria “Oceanos”, o projeto ficou em 8º lugar. Foram mais de 1.407 casos inscritos de 25 países e 513 cidades. 

4) Em abril de 2017 ficamos entre os 16 finalistas do Prêmio Lush Spring Prize na categorias Young Projects Award.

5) Em junho de 2017  fomos certificados como Tecnologia Social pela Fundação Banco do Brasil, que tem o objetivo de levantar projetos sustentáveis que possam ser reaplicados em diversas comunidades.

6) Em agosto de 2017 domos vencedores da 15ª edição do Prêmio IGK 2017 - A Grande Jogada Social - do Instituto Guga Kuerten na categoria Atividades Educativas.

7) Em agosto de 2017 fomos ganhadores do Prêmio América Latina Verde na categoria Oceanos, competindo entre 2.409 projetos inscritos de 36 países da América Latina.

8) Em setembro de 2018 fomos semi-finalistas do Prêmio Itaú-Unicef.

9) Em outubro de 2018 fomos finalistas do Prêmio Santa Catarina pela Educação da FIESC.

Além disso, o MMC é um comitê voluntário da Conferência dos Oceanos das Nações Unidas, dentro dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável nº 14, que trata sobre a saúde dos Oceanos.

 

 

Pessoas que estão ajudando essa campanha a acontecer.

Monitoramento Mirim Costeiro ainda não publicou nenhuma notícia.