[SP] Ajude o Coletivo Mulheres Kinah |

[SP] Ajude o Coletivo Mulheres Kinah

Ao colaborar com o Coletivo Mulheres Kinah, você estará ajudando mulheres empreendedoras a dar sequência nas suas atividades durante os próximos 4 meses.

Projeto por: Marilene Raquel da Silva Lemos
R$ 32.443,00
arrecadado
meta R$ 30.000,00

41 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.


POR

Marilene Raquel da Silva Lemos

Marilene Raquel da Silva Lemos
R$ 10
ART Abanã
2 benfeitores apoiando
5% de desconto nas compras virtuais, presenciais e colaborativa.

47 disponíveis.
R$ 30
Bonecas Makena
3 benfeitores apoiando
15% de desconto nas compras virtuais, presenciais e colaborativa.

17 disponíveis.
R$ 50
Pérola Negra
3 benfeitores apoiando
20% de desconto nas compras virtuais, presenciais e colaborativa.

17 disponíveis.
R$ 100
Santatherezadesign
2 benfeitores apoiando
20% de desconto nas compras virtuais, presenciais e colaborativa + 01 turbante e 01 boneca de biscuit.

13 disponíveis.
R$ 250
Turbantes Marina Faustino
Seja o primeiro a apoiar!
25% de desconto nas compras virtuais, presenciais e colaborativa + 01 Turbante e 01 boneca de biscuit.

10 disponíveis.
R$ 500
Flávia Costa
1 benfeitor apoiando
Vale compra de 100 reais a ser utilizado nas lojas virtuais e colaborativa + 01 Turbante e 01 camiseta.

4 disponíveis.
R$ 1.000
Mulheres Kinah
Seja o primeiro a apoiar!
Vale compra de 200 reais a ser utilizado nas lojas virtuais e colaborativa + 01 camiseta e 01 boneca de biscuit.

2 disponíveis.

Iremos fazer o repasse do valor arrecadado para cada empreendedora no período de 4 meses como uma ajuda de custo para que cada uma delas possam dar sequência nas suas atividades. Vale lembrar que as empreendedoras são chefes de família e sofreram com a chegada do Coronavírus, pois muitas trabalhavam nas ruas e em eventos. Assim sendo, elas vão poder cumprir com suas obrigações mensais de casa ou empresa como pagamentos de água, luz, telefone, aluguel, compra de materiais e alimentação dentro de casa. Algumas ações já estão sendo feitas por nós para que amenize o contágio do Covid-19 como distribuição de máscaras para pessoas que vivem nas ruas de São Paulo, asilo e para aquelas pessoas que não tem condições de comprar.

Sou Raquel tenho 34 anos, moradora do Capão Redondo, chefe de família e mãe de uma menina de 4 anos, empreendedora afro, responsável pela marca de roupa Pérola Negra e integrante do Coletivo Mulheres Kinah.

O coletivo surgiu através do afroempreendorismo, onde trabalha na construção da identidade e auto estima da comunidade negra nas áreas da moda, arte, decoração, contação de história e oficinas.  As oficinas são realizadas em periferias, escolas públicas, quilombos, feiras e eventos. O empoderamento negro é uma poderosa arma de combate ao racismo.

Mulheres negras movem o mundo.

Serão beneficiadas os territórios periféricos urbanos como os bairros do Capão Redondo, Parque Fernanda, Osasco, Carapicuíba e São Matheus. Essa ação trará sustentabilidade de empreendedoras negras que estão com grandes dificuldades neste momento com a CV19, fazendo com que o seu negócio continue na ativa e que possam garantir o sustento de suas famílias e obrigações.

Match-funding é como uma vaquinha turbinada: uma nova modalidade de fomento, que mistura o financiamento coletivo (ou crowd-funding) com aporte de parceiros, que multiplicam a arrecadação. Para cada R$ 1 arrecadado pelos projetos selecionados por intermédio da plataforma da Benfeitoria, o Fundo Colaborativo Enfrente contribui com mais R$ 2, até que o valor de R$30.000 seja alcançado.

O Fundo Colaborativo Enfrente, composto pela Fundação Tide Setubal e demais parceiros (vide aba “Parceiros” em benfeitoria.com/enfrente) poderá aportar o total de mais R$ 4.000.000,00 (quatro milhões de reais) para triplicar a arrecadação de campanhas de financiamento coletivo de iniciativas que enfrentem os efeitos do Coronavírus nas periferias urbanas brasileiras. Por se tratar de um Fundo Colaborativo e aberto a novos parceiros, o montante destinado a triplicação dos projetos pode ainda aumentar, possibilitando um número maior de iniciativas contempladas.

 

COLABORAÇÕES EXTERNAS

R$1.000,00

colaborador

A campanha [SP] Ajude o Coletivo Mulheres Kinah captou os valores acima através de ações de arrecadação independentes, ou seja, fora da plataforma Benfeitoria. Ficou com dúvidas? Clique aqui

Marilene Raquel da Silva Lemos ainda não publicou nenhuma notícia.

Iremos fazer o repasse do valor arrecadado para cada empreendedora no período de 4 meses como uma ajuda de custo para que cada uma delas possam dar sequência nas suas atividades. Vale lembrar que as empreendedoras são chefes de família e sofreram com a chegada do Coronavírus, pois muitas trabalhavam nas ruas e em eventos. Assim sendo, elas vão poder cumprir com suas obrigações mensais de casa ou empresa como pagamentos de água, luz, telefone, aluguel, compra de materiais e alimentação dentro de casa. Algumas ações já estão sendo feitas por nós para que amenize o contágio do Covid-19 como distribuição de máscaras para pessoas que vivem nas ruas de São Paulo, asilo e para aquelas pessoas que não tem condições de comprar.

Sou Raquel tenho 34 anos, moradora do Capão Redondo, chefe de família e mãe de uma menina de 4 anos, empreendedora afro, responsável pela marca de roupa Pérola Negra e integrante do Coletivo Mulheres Kinah.

O coletivo surgiu através do afroempreendorismo, onde trabalha na construção da identidade e auto estima da comunidade negra nas áreas da moda, arte, decoração, contação de história e oficinas.  As oficinas são realizadas em periferias, escolas públicas, quilombos, feiras e eventos. O empoderamento negro é uma poderosa arma de combate ao racismo.

Mulheres negras movem o mundo.

Serão beneficiadas os territórios periféricos urbanos como os bairros do Capão Redondo, Parque Fernanda, Osasco, Carapicuíba e São Matheus. Essa ação trará sustentabilidade de empreendedoras negras que estão com grandes dificuldades neste momento com a CV19, fazendo com que o seu negócio continue na ativa e que possam garantir o sustento de suas famílias e obrigações.

Match-funding é como uma vaquinha turbinada: uma nova modalidade de fomento, que mistura o financiamento coletivo (ou crowd-funding) com aporte de parceiros, que multiplicam a arrecadação. Para cada R$ 1 arrecadado pelos projetos selecionados por intermédio da plataforma da Benfeitoria, o Fundo Colaborativo Enfrente contribui com mais R$ 2, até que o valor de R$30.000 seja alcançado.

O Fundo Colaborativo Enfrente, composto pela Fundação Tide Setubal e demais parceiros (vide aba “Parceiros” em benfeitoria.com/enfrente) poderá aportar o total de mais R$ 4.000.000,00 (quatro milhões de reais) para triplicar a arrecadação de campanhas de financiamento coletivo de iniciativas que enfrentem os efeitos do Coronavírus nas periferias urbanas brasileiras. Por se tratar de um Fundo Colaborativo e aberto a novos parceiros, o montante destinado a triplicação dos projetos pode ainda aumentar, possibilitando um número maior de iniciativas contempladas.

 

Marilene Raquel da Silva Lemos ainda não publicou nenhuma notícia.