MUSEU IMPERIAL: ACERVO SEM FRONTEIRAS |

MUSEU IMPERIAL: ACERVO SEM FRONTEIRAS

O projeto visa a agilizar o processo de digitalização do acervo do Museu Imperial que reúne mais de 300 mil itens relativos ao período do império no Brasil

Projeto por: Sociedade de Amigos do Museu Imperial
R$ 63.540,00
arrecadado
meta R$ 80.000,00

65
benfeitores

79%
arrecadado

31
dias restantes

É tudo ou nada! Precisamos bater a meta até 16/01/2020 - 23:59


POR

Sociedade de Amigos do Museu Imperial

Sociedade de Amigos do Museu Imperial

R$ 20
AMIGO DO MUSEU
13 benfeitores apoiando
Somos muito gratos pela sua colaboração e por isso você fará parte da nossa LISTA DE AMIGOS DO MUSEU IMPERIAL que ficará publicada em nosso portal na internet. + e-mail de agradecimento do diretor do Museu Imperial em seu nome
R$ 50
AMIGO DIGITAL
11 benfeitores apoiando
Obrigada por colaborar com a digitalização do nosso acervo! Você receberá 1 FOTOGRAFIA OFICIAL EM ALTA RESOLUÇÃO DE 1 ITEM DO NOSSO ACERVO (envio por e-mail). +Lista de amigos do Museu Imperial (seu nome registrado em nosso portal dentre os colaboradores do projeto) +E-mail de agradecimento do diretor do Museu Imperial em seu nome
R$ 100
MUSEU NA SUA PAREDE
24 benfeitores apoiando
Obrigada! Pela sua colaboração, você receberá uma REPRODUÇÃO IMPRESSA para guardar um pedacinho do Museu na sua parede (preferencialmente para ser retirada no local, mas com a possibilidade de ser enviada pelo correio)! +E-mail de agradecimento do diretor do Museu Imperial em seu nome +Lista de amigos do Museu Imperial (seu nome registrado em nosso portal dentre os colaboradores do projeto)
R$ 250
VISITANTE COROADO
4 benfeitores apoiando
Você tem direito a uma visita ao Museu Imperial com acompanhante e, antes de entrar no Palácio, receberá um PAR DE PANTUFAS EXCLUSIVO (tamanhos feminino ou masculino)! +E-mail de agradecimento do diretor do Museu Imperial em seu nome +Lista de amigos do Museu Imperial (seu nome registrado em nosso portal dentre os colaboradores do projeto)

46 disponíveis.
R$ 500
VISITANTE PESQUISADOR
5 benfeitores apoiando
Você vai conhecer (apenas você e um acompanhante!) UM DOS SETORES DA PARTE TÉCNICA DO MUSEU – arquivístico, bibliográfico ou museológico – com exclusividade. Nossos profissionais vão lhe explicar o trabalho que realizam e você poderá observar de perto itens raros de nosso acervo que pouquíssimas vezes entram em exposição. +1 par de pantufas exclusivo (tamanhos feminino ou masculino) +2 ingressos para o Museu Imperial +E-mail de agradecimento do diretor do Museu Imperial em seu nome +Lista de amigos do Museu Imperial (seu nome registrado em nosso portal dentre os colaboradores do projeto)

20 disponíveis.
R$ 1.000
VISITANTE IMPERIAL
4 benfeitores apoiando
Você está entre os principais colaboradores do nosso projeto! Por isso ganhará uma VISITA NOTURNA GUIADA AO MUSEU IMPERIAL com a possibilidade de assistir a uma performance da cravista e pesquisadora ROSANA LANZELOTTI dentro do Palácio, na histórica ESPINETA fabricada por Mathias Bosten em 1788, a única desse artista existente no mundo (com acompanhante). +1 par de pantufas exclusivo (tamanhos feminino ou masculino) +E-mail de agradecimento do diretor do Museu Imperial em seu nome +Lista de amigos do Museu Imperial (seu nome registrado em nosso portal dentre os colaboradores do projeto)

16 disponíveis.

Não encontrou o que queria?

Apoie com qualquer valor

Você também já passou a tarde nos jardins do Museu Imperial e deslizou pelo Palácio Imperial de Petrópolis com as famosas pantufas?

O Museu Imperial, em Petrópolis, no Rio de Janeiro, preserva o mais significativo acervo do país referente ao período imperial no Brasil. Essa história é minha, é sua, é de todos nós, pois trata da fundação do Estado nacional brasileiro. São memórias que, muito antes da internet, já conectavam este lado do Atlântico com o resto do mundo. É por isso que embarcamos nesta campanha para agilizar a digitalização completa dos mais de 300 mil itens arquivísticos, como cartas, gravuras e fotografias; bibliográficos, como livros e jornais; e museológicos, como pinturas, esculturas e objetos de infinitas formas e usos. O objetivo é simples: democratizar o acesso a um conteúdo de riqueza inestimável.

Quem já visitou o Museu Imperial sabe que essa construção de meados do século XIX, que motivou a criação de Petrópolis – a cidade de Pedro, convida o visitante a uma viagem no tempo, oferecendo acesso à memória e à história por meio de uma relação afetuosa e curiosa com o passado.

Em 2010, o Museu Imperial encarou o desafio de disponibilizar, online, imagens e informações documentais de suas coleções de forma contínua e permanente, tornando-se um dos poucos museus brasileiros a adotar essa política naquele momento.  Foi um primeiro e importante passo para o objetivo de oferecer acesso a todo o acervo pela internet.

Passados nove anos, 8.578 itens foram digitalizados, gerando mais de 80 mil imagens, dentro de um processo trabalhoso de constante aprendizado e adaptação, de conversas com pesquisadores e entusiastas que apresentam suas necessidades em formas diversas, e de cuidado ao encarar os desafios que o processamento técnico que cada objeto impõe. No entanto, o número representa menos de 3% do acervo e o software, a ferramenta utilizada para a construção dessa base de dados, é o mesmo há nove anos, sem qualquer modificação.

A internet impulsionou o crescimento do fluxo de informações e colaborou para o encurtamento das distâncias de tal forma que uma pessoa do outro lado do mundo pode visitar o Museu Imperial virtualmente. Um pesquisador na África pode ter acesso a imagens de documentos do período imperial brasileiro, assim como um jovem português, curioso com a própria história ou que esteja simplesmente buscando referências para um trabalho escolar, pode visualizar detalhes de objetos que pertenceram, por exemplo, ao imperador d. Pedro II.

Até mesmo para quem está programando uma visita ao Museu Imperial, uma breve consulta ao nosso banco de dados pode tornar a experiência ainda mais completa, com conhecimento prévio do que será observado pelos salões do palácio, permitindo uma atenção a detalhes talvez não percebidos durante uma passagem ocasional.

Deu MATCH! O projeto de modernização do banco de dados do Museu Imperial – para que todo o acervo finalmente possa ficar disponível online – foi aprovado no programa Matchfunding BNDES+.

Você provavelmente já ouviu falar em financiamento coletivo (crowdfunding), mas vamos ajudá-lo a recordar. Financiamento coletivo é a captação de fundos para iniciativas de interesse coletivo por meio de fontes diversas, que podem ser pessoas físicas e/ou jurídicas, em geral os próprios interessados. É uma espécie de “vaquinha”, porém, bem mais elaborada, e que destaca o potencial do projeto a ser financiado e o retorno positivo que sua viabilização pode trazer.

O Matchfunding BNDES+ é um programa que combina o crowdfunding com o aporte financeiro do BNDES. A cada R$ 1,00 que uma campanha arrecadar, o BNDES coloca mais R$ 2,00! Assim o ganho é triplicado, o que ajuda muito a tirar projetos culturais como o nosso do papel! Só que tem um detalhe bem importante: é TUDO ou NADA. Se não atingirmos a meta, o dinheiro é devolvido aos colaboradores e o projeto não acontece. Então para que você tenha ainda mais vontade de participar da democratização do acesso aos valiosos itens do Museu Imperial com a digitalização completa do acervo, nós preparamos algumas recompensas especiais.

 

Estipulamos três metas para o nosso projeto. A primeira meta, no valor de R$ 80.239,52, vai permitir a atualização de todo o sistema de banco de dados; implementação de novo sistema de busca e layout da página; implementação de recursos de zoom e leitor de formato PDF. O visual desejado foi inspirado no projeto Brasiliana Iconográfica (https://www.brasilianaiconografica.art.br/). O cronograma prevê que, em até 7 meses, essa parte mais técnica já estará toda reformulada.

A segunda meta, que soma R$ 10.000,00 ao valor estipulado na meta 1, visa atualizar todos os nossos computadores para aprimorar e agilizar o trabalho de edição das imagens e o processamento de informações.

Atingindo a terceira meta, que adiciona R$ 6.000,00 aos dois valores estipulados anteriormente, alcançando a soma de R$ 96.239,52, será possível a aquisição de equipamento e mobiliário mais adequados para os editores,  de uma softbox de 90x120 completa (conjunto para iluminação em fotografia) e de um fundo infinito, além de cartões de memória extras de 64GB e baterias de flash portátil.

AMIGO DO MUSEU

Somos muito gratos pela sua colaboração e por isso você fará parte da nossa LISTA DE AMIGOS DO MUSEU IMPERIAL que ficará publicada em nosso portal na internet.  

+E-mail de agradecimento do diretor do Museu Imperial em seu nome

 

AMIGO DIGITAL

Obrigada por colaborar com a digitalização do nosso acervo! Você receberá 1 FOTOGRAFIA OFICIAL EM ALTA RESOLUÇÃO DE 1 ITEM DO NOSSO ACERVO (envio por e-mail).

+Lista de amigos do Museu Imperial (seu nome registrado em nosso portal entre os colaboradores do projeto)

+E-mail de agradecimento do diretor do Museu Imperial em seu nome

VOCÊ PODE ESCOLHER:

1. Cetro de d. Pedro I e d. Pedro II

2. Berlinda de aparato

 

MUSEU NA SUA PAREDE

Obrigada! Pela sua colaboração, você receberá uma REPRODUÇÃO DE OBRA IMPRESSA para guardar um pedacinho do museu na sua parede (preferencialmente para ser retirada no local, mas com a possibilidade de ser enviada pelo correio)!

+E-mail de agradecimento do diretor do Museu Imperial em seu nome

+Lista de amigos do Museu Imperial (seu nome registrado em nosso portal dentre os colaboradores do projeto)

VOCÊ PODE ESCOLHER:

1. Aquarela sobre cartão pintada pela princesa d. Isabel em 1859.

2. Vista do Palácio Imperial, óleo sobre tela de Nicolau Facchinetti, de 1869.

 

VISITANTE COROADO

Você tem direito a uma visita com acompanhante ao Museu e, antes de entrar no palácio, receberá um PAR DE PANTUFAS EXCLUSIVO*(confira abaixo)!

+E-mail de agradecimento do diretor do Museu Imperial em seu nome

+Lista de amigos do Museu Imperial (seu nome registrado em nosso portal dentre os colaboradores do projeto)

 

VISITANTE PESQUISADOR

Você vai conhecer (apenas você e um acompanhante!) UM DOS SETORES DA PARTE TÉCNICA DO MUSEU – arquivístico, bibliográfico ou museológico – com exclusividade. Nossos profissionais vão lhe explicar o trabalho que realizam e você poderá observar de perto itens raros de nosso acervo que pouquíssimas vezes entram em exposição.    

+1 par de pantufas exclusivo*(confira abaixo)

+2 ingressos para o Museu Imperial

+E-mail de agradecimento do diretor do Museu Imperial em seu nome

+Lista de amigos do Museu Imperial (seu nome registrado em nosso portal entre os colaboradores do projeto)

 

VISITANTE IMPERIAL

Você está entre os principais colaboradores do nosso projeto!  Por isso ganhará uma VISITA NOTURNA GUIADA AO MUSEU IMPERIAL com direito a assistir (com acompanhante) a uma performance da cravista e pesquisadora ROSANA LANZELOTTE, que interpretará números musicais na ESPINETA fabricada por Mathias Bostem em 1788, instrumento único no mundo, na Sala de Música e Baile do Palácio Imperial de Petrópolis. 

+1 par de pantufas exclusivo*(confira abaixo)

+E-mail de agradecimento do diretor do Museu Imperial em seu nome

+Lista de amigos do Museu Imperial (seu nome registrado em nosso portal entre os colaboradores do projeto)

 

Se você selecionou uma das recompensas que inclui o par de pantufas, você precisa escolher entre o tamanho feminino (até 38) e o masculino (até 42):

 

 

Sociedade de Amigos do Museu Imperial ainda não publicou nenhuma notícia.

Você também já passou a tarde nos jardins do Museu Imperial e deslizou pelo Palácio Imperial de Petrópolis com as famosas pantufas?

O Museu Imperial, em Petrópolis, no Rio de Janeiro, preserva o mais significativo acervo do país referente ao período imperial no Brasil. Essa história é minha, é sua, é de todos nós, pois trata da fundação do Estado nacional brasileiro. São memórias que, muito antes da internet, já conectavam este lado do Atlântico com o resto do mundo. É por isso que embarcamos nesta campanha para agilizar a digitalização completa dos mais de 300 mil itens arquivísticos, como cartas, gravuras e fotografias; bibliográficos, como livros e jornais; e museológicos, como pinturas, esculturas e objetos de infinitas formas e usos. O objetivo é simples: democratizar o acesso a um conteúdo de riqueza inestimável.

Quem já visitou o Museu Imperial sabe que essa construção de meados do século XIX, que motivou a criação de Petrópolis – a cidade de Pedro, convida o visitante a uma viagem no tempo, oferecendo acesso à memória e à história por meio de uma relação afetuosa e curiosa com o passado.

Em 2010, o Museu Imperial encarou o desafio de disponibilizar, online, imagens e informações documentais de suas coleções de forma contínua e permanente, tornando-se um dos poucos museus brasileiros a adotar essa política naquele momento.  Foi um primeiro e importante passo para o objetivo de oferecer acesso a todo o acervo pela internet.

Passados nove anos, 8.578 itens foram digitalizados, gerando mais de 80 mil imagens, dentro de um processo trabalhoso de constante aprendizado e adaptação, de conversas com pesquisadores e entusiastas que apresentam suas necessidades em formas diversas, e de cuidado ao encarar os desafios que o processamento técnico que cada objeto impõe. No entanto, o número representa menos de 3% do acervo e o software, a ferramenta utilizada para a construção dessa base de dados, é o mesmo há nove anos, sem qualquer modificação.

A internet impulsionou o crescimento do fluxo de informações e colaborou para o encurtamento das distâncias de tal forma que uma pessoa do outro lado do mundo pode visitar o Museu Imperial virtualmente. Um pesquisador na África pode ter acesso a imagens de documentos do período imperial brasileiro, assim como um jovem português, curioso com a própria história ou que esteja simplesmente buscando referências para um trabalho escolar, pode visualizar detalhes de objetos que pertenceram, por exemplo, ao imperador d. Pedro II.

Até mesmo para quem está programando uma visita ao Museu Imperial, uma breve consulta ao nosso banco de dados pode tornar a experiência ainda mais completa, com conhecimento prévio do que será observado pelos salões do palácio, permitindo uma atenção a detalhes talvez não percebidos durante uma passagem ocasional.

Deu MATCH! O projeto de modernização do banco de dados do Museu Imperial – para que todo o acervo finalmente possa ficar disponível online – foi aprovado no programa Matchfunding BNDES+.

Você provavelmente já ouviu falar em financiamento coletivo (crowdfunding), mas vamos ajudá-lo a recordar. Financiamento coletivo é a captação de fundos para iniciativas de interesse coletivo por meio de fontes diversas, que podem ser pessoas físicas e/ou jurídicas, em geral os próprios interessados. É uma espécie de “vaquinha”, porém, bem mais elaborada, e que destaca o potencial do projeto a ser financiado e o retorno positivo que sua viabilização pode trazer.

O Matchfunding BNDES+ é um programa que combina o crowdfunding com o aporte financeiro do BNDES. A cada R$ 1,00 que uma campanha arrecadar, o BNDES coloca mais R$ 2,00! Assim o ganho é triplicado, o que ajuda muito a tirar projetos culturais como o nosso do papel! Só que tem um detalhe bem importante: é TUDO ou NADA. Se não atingirmos a meta, o dinheiro é devolvido aos colaboradores e o projeto não acontece. Então para que você tenha ainda mais vontade de participar da democratização do acesso aos valiosos itens do Museu Imperial com a digitalização completa do acervo, nós preparamos algumas recompensas especiais.

 

Estipulamos três metas para o nosso projeto. A primeira meta, no valor de R$ 80.239,52, vai permitir a atualização de todo o sistema de banco de dados; implementação de novo sistema de busca e layout da página; implementação de recursos de zoom e leitor de formato PDF. O visual desejado foi inspirado no projeto Brasiliana Iconográfica (https://www.brasilianaiconografica.art.br/). O cronograma prevê que, em até 7 meses, essa parte mais técnica já estará toda reformulada.

A segunda meta, que soma R$ 10.000,00 ao valor estipulado na meta 1, visa atualizar todos os nossos computadores para aprimorar e agilizar o trabalho de edição das imagens e o processamento de informações.

Atingindo a terceira meta, que adiciona R$ 6.000,00 aos dois valores estipulados anteriormente, alcançando a soma de R$ 96.239,52, será possível a aquisição de equipamento e mobiliário mais adequados para os editores,  de uma softbox de 90x120 completa (conjunto para iluminação em fotografia) e de um fundo infinito, além de cartões de memória extras de 64GB e baterias de flash portátil.

AMIGO DO MUSEU

Somos muito gratos pela sua colaboração e por isso você fará parte da nossa LISTA DE AMIGOS DO MUSEU IMPERIAL que ficará publicada em nosso portal na internet.  

+E-mail de agradecimento do diretor do Museu Imperial em seu nome

 

AMIGO DIGITAL

Obrigada por colaborar com a digitalização do nosso acervo! Você receberá 1 FOTOGRAFIA OFICIAL EM ALTA RESOLUÇÃO DE 1 ITEM DO NOSSO ACERVO (envio por e-mail).

+Lista de amigos do Museu Imperial (seu nome registrado em nosso portal entre os colaboradores do projeto)

+E-mail de agradecimento do diretor do Museu Imperial em seu nome

VOCÊ PODE ESCOLHER:

1. Cetro de d. Pedro I e d. Pedro II

2. Berlinda de aparato

 

MUSEU NA SUA PAREDE

Obrigada! Pela sua colaboração, você receberá uma REPRODUÇÃO DE OBRA IMPRESSA para guardar um pedacinho do museu na sua parede (preferencialmente para ser retirada no local, mas com a possibilidade de ser enviada pelo correio)!

+E-mail de agradecimento do diretor do Museu Imperial em seu nome

+Lista de amigos do Museu Imperial (seu nome registrado em nosso portal dentre os colaboradores do projeto)

VOCÊ PODE ESCOLHER:

1. Aquarela sobre cartão pintada pela princesa d. Isabel em 1859.

2. Vista do Palácio Imperial, óleo sobre tela de Nicolau Facchinetti, de 1869.

 

VISITANTE COROADO

Você tem direito a uma visita com acompanhante ao Museu e, antes de entrar no palácio, receberá um PAR DE PANTUFAS EXCLUSIVO*(confira abaixo)!

+E-mail de agradecimento do diretor do Museu Imperial em seu nome

+Lista de amigos do Museu Imperial (seu nome registrado em nosso portal dentre os colaboradores do projeto)

 

VISITANTE PESQUISADOR

Você vai conhecer (apenas você e um acompanhante!) UM DOS SETORES DA PARTE TÉCNICA DO MUSEU – arquivístico, bibliográfico ou museológico – com exclusividade. Nossos profissionais vão lhe explicar o trabalho que realizam e você poderá observar de perto itens raros de nosso acervo que pouquíssimas vezes entram em exposição.    

+1 par de pantufas exclusivo*(confira abaixo)

+2 ingressos para o Museu Imperial

+E-mail de agradecimento do diretor do Museu Imperial em seu nome

+Lista de amigos do Museu Imperial (seu nome registrado em nosso portal entre os colaboradores do projeto)

 

VISITANTE IMPERIAL

Você está entre os principais colaboradores do nosso projeto!  Por isso ganhará uma VISITA NOTURNA GUIADA AO MUSEU IMPERIAL com direito a assistir (com acompanhante) a uma performance da cravista e pesquisadora ROSANA LANZELOTTE, que interpretará números musicais na ESPINETA fabricada por Mathias Bostem em 1788, instrumento único no mundo, na Sala de Música e Baile do Palácio Imperial de Petrópolis. 

+1 par de pantufas exclusivo*(confira abaixo)

+E-mail de agradecimento do diretor do Museu Imperial em seu nome

+Lista de amigos do Museu Imperial (seu nome registrado em nosso portal entre os colaboradores do projeto)

 

Se você selecionou uma das recompensas que inclui o par de pantufas, você precisa escolher entre o tamanho feminino (até 38) e o masculino (até 42):

 

 

Sociedade de Amigos do Museu Imperial ainda não publicou nenhuma notícia.