Museu Nacional Vive nas Escolas |

Museu Nacional Vive nas Escolas

Retomada de atividades do Museu Nacional com escolas, especialmente de ensino fundamental e médio.

Projeto por: Associacao Amigos Do Museu Nacional Samn
R$ 92.565,00
arrecadado
meta R$ 100.000,00

762
benfeitores

93%
arrecadado

15
horas restantes

A primeira meta foi batida! O projeto será realizado, mas a arrecadação continua até 22/11/2018 - 01:59

POR

Associacao Amigos Do Museu Nacional Samn

Associacao Amigos Do Museu Nacional Samn

R$ 20
Gavião-real (Harpia harpyja)
177 benfeitores apoiando
Agradecimento nominal em rede social. Caso deseje nos enviar um vídeo "Por que estou ajudando o Museu Nacional", compartilharemos no Canal YouTube do Museu Nacional, junto com nossos agradecimentos em rede social. As orientações da gravação de vídeo serão enviadas após o término de campanha.
R$ 50
Mar profundo
231 benfeitores apoiando
Além de nosso agradecimento descrito na recompensa "Gavião-real", você receberá um arquivo com lindos papéis de parede inéditos adaptados de fotografias submarinas, ilustrando espécies marinhas presentes em acervos ou atividades do Museu Nacional, para você usar em seu celular. Eles poderão conter a hashtag #MuseuNacionalVive.
R$ 100
Horto Botânico
149 benfeitores apoiando
Além das recompensas do "Mar Profundo", você receberá toques para seu celular extraídos e editados da coleção de cantos de sapos, pererecas e aves de pesquisas e coleções do Museu Nacional.
R$ 250
Jardim das Princesas
66 benfeitores apoiando
Além das recompensas do "Horto Botânico", você receberá uma versão digital em primeira mão do catálogo digital do acervo didático a ser preparado na execução da Meta 1.
R$ 500
Herbário
24 benfeitores apoiando
Além das recompensas indicadas em "Jardim das Princesas", você poderá fazer uma visita mediada ao jardim histórico, localizado no Horto Botânico do Museu Nacional, Quinta da Boa Vista.
R$ 1.000
Torá
18 benfeitores apoiando
Além das recompensas indicadas em Herbário, você receberá um livro de mesa ilustrado, impresso, capa dura, sobre tema de história natural ou antropologia. Os livros são variados e vêm de produções ligadas ao próprio Museu Nacional ou a projetos parceiros. Todos receberão 1 livro, mas pode haver limitação de quantidade em alguns títulos disponíveis. Entraremos em contato para acertar dentre os títulos disponíveis qual se encaixa melhor no seu gosto. Mas não se preocupe, há uma grande quantidade de livros lindíssimos. Ah, o frete fica por nossa conta.
R$ 5.000
Obras Raras
Seja o primeiro a apoiar!
Além das recompensas descritas em "Torá", você poderá se maravilhar com uma visita especial ao setor de obras raras da Biblioteca Central do Museu Nacional, na Quinta da Boa Vista. Esta visita terá que ser agendada com antecedência para que os bibliotecários preparem um momento especial com vocês. Mas não se preocupe, reservaremos diversos dias e horários para receber você. A cada horário marcado poderemos agendar até quatro doadores, pois trata-se de uma área com acesso restrito. Entraremos em contato com você para combinar.
R$ 10.000
Bendegó
Seja o primeiro a apoiar!
Além das recompensas indicadas em "Obras Raras", você receberá um desenho original (em tamanho A4), à mão, de ilustrador científico do Museu Nacional. O desenho poderá ilustrar algum tema, em especial animais, foco de pesquisas no Museu. Cada obra será assinada pelo autor e será exclusiva para cada doador individualmente.

Fundado em 1818, o Museu Nacional é a mais antiga instituição nacional que une pesquisa, educação e divulgação científica para a sociedade. Foi incorporado à Universidade Federal do Rio de Janeiro em 1946, iniciando cursos de pós-graduação a partir do final da década de 1960. Possui produção científica de impacto internacional e cursos de pós-graduação strictu sensu em Antropologia Social, Zoologia, Botânica, Arqueologia, Geociências e Linguística e Línguas Indígenas. Abriga importantes acervos científicos que, mesmo após a recente tragédia que abalou as comemorações de seu bicentenário, somam quase 2 milhões de itens ou lotes em coleções arqueológicas, de vertebrados e invertebrados, herbário e biblioteca de história natural, os quais estavam localizados em outros prédios da instituição.

Há quase um século o Museu Nacional mantem uma parceria muito efetiva com escolas de ensino fundamental e médio, que representa uma das relações mais emblemáticas da instituição com a sociedade e que recentemente foi drasticamente interrompida. Essa importante atuação com as comunidades escolares precisa ser reativada com urgência. Dentre outros aspectos, inclui o empréstimo de material didático e o trabalho com professores e alunos, em especial através de visitas didáticas a nossas exposições. O Museu Nacional atende por ano um público escolar de até mais de 40.000 pessoas, e empresta mais de 2.000 lotes por ano, atingindo com estes mais cerca de 16.000 alunos.

O Museu Nacional permanece muito atuante com excelência nas áreas de pesquisa e ensino de pós-graduação, que não foram interrompidas. A Universidade e o Museu abriram diversos grupos de trabalho para o salvamento de material, restauração dos espaços e retorno da instituição à plenitude de sua atuação. Nesse sentido, consideramos extremamente importante retomar imediatamente nossa atuação com as escolas.

Com essa campanha,  faremos as necessárias mudanças em nossa forma de atendimento aos empréstimos didáticos, com a reorganização física do seu ótimo acervo preservado e do sistema de empréstimos, preparação de catálogo digital para expor o material didático disponível para os professores, acondicionamento dos materiais emprestados para cada escola parceira, organização da participação e ida de servidores do Museu Nacional nas próprias escolas. Além disso, é crucial voltar a receber turmas escolares em espaços internos e externos do Museu Nacional.

Para isso, vamos criar um roteiro de visitação focada especialmente em Botânica e Zoologia, usando os jardins históricos do Horto Botânico do Museu Nacional e reformando uma pequena edificação aí disponível, incluindo instalação de mídias digitais interativas e equipamentos ópticos, para otimizar e valorizar a apresentação de conteúdo em espaço reduzido.

Devido à sua relevância para a sociedade brasileira, há mais de 80 anos atrás, em 1937, foi criada uma associação, sem fins lucrativos, com a finalidade de apoiar as atividades do Museu Nacional e promover ou participar de ações para o desenvolvimento da ciência e cultura de nosso país – a Associação Amigos do Museu Nacional – SAMN. Esta associação, atualmente com diversas frentes de atuação, possui certificado de Utilidade Pública no Estado do Rio de Janeiro, é reconhecida no Cadastro Nacional de Entidades Ambientalistas, é filiada à Federação de Amigos de Museus do Brasil, entre outras habilitações.

Você pode ajudar o Museu Nacional a dar continuidade imediata às suas atividades de assistência ao ensino, que tanto contribuem para uma melhor formação de crianças e jovens de nosso país. 

COLABORE AGORA!

 

Fundado em 1818, o Museu Nacional é a mais antiga instituição nacional que une pesquisa, educação e divulgação científica para a sociedade. Foi incorporado à Universidade Federal do Rio de Janeiro em 1946, iniciando cursos de pós-graduação a partir do final da década de 1960. Possui produção científica de impacto internacional e cursos de pós-graduação strictu sensu em Antropologia Social, Zoologia, Botânica, Arqueologia, Geociências e Linguística e Línguas Indígenas. Abriga importantes acervos científicos que, mesmo após a recente tragédia que abalou as comemorações de seu bicentenário, somam quase 2 milhões de itens ou lotes em coleções arqueológicas, de vertebrados e invertebrados, herbário e biblioteca de história natural, os quais estavam localizados em outros prédios da instituição.

Há quase um século o Museu Nacional mantem uma parceria muito efetiva com escolas de ensino fundamental e médio, que representa uma das relações mais emblemáticas da instituição com a sociedade e que recentemente foi drasticamente interrompida. Essa importante atuação com as comunidades escolares precisa ser reativada com urgência. Dentre outros aspectos, inclui o empréstimo de material didático e o trabalho com professores e alunos, em especial através de visitas didáticas a nossas exposições. O Museu Nacional atende por ano um público escolar de até mais de 40.000 pessoas, e empresta mais de 2.000 lotes por ano, atingindo com estes mais cerca de 16.000 alunos.

O Museu Nacional permanece muito atuante com excelência nas áreas de pesquisa e ensino de pós-graduação, que não foram interrompidas. A Universidade e o Museu abriram diversos grupos de trabalho para o salvamento de material, restauração dos espaços e retorno da instituição à plenitude de sua atuação. Nesse sentido, consideramos extremamente importante retomar imediatamente nossa atuação com as escolas.

Com essa campanha,  faremos as necessárias mudanças em nossa forma de atendimento aos empréstimos didáticos, com a reorganização física do seu ótimo acervo preservado e do sistema de empréstimos, preparação de catálogo digital para expor o material didático disponível para os professores, acondicionamento dos materiais emprestados para cada escola parceira, organização da participação e ida de servidores do Museu Nacional nas próprias escolas. Além disso, é crucial voltar a receber turmas escolares em espaços internos e externos do Museu Nacional.

Para isso, vamos criar um roteiro de visitação focada especialmente em Botânica e Zoologia, usando os jardins históricos do Horto Botânico do Museu Nacional e reformando uma pequena edificação aí disponível, incluindo instalação de mídias digitais interativas e equipamentos ópticos, para otimizar e valorizar a apresentação de conteúdo em espaço reduzido.

Devido à sua relevância para a sociedade brasileira, há mais de 80 anos atrás, em 1937, foi criada uma associação, sem fins lucrativos, com a finalidade de apoiar as atividades do Museu Nacional e promover ou participar de ações para o desenvolvimento da ciência e cultura de nosso país – a Associação Amigos do Museu Nacional – SAMN. Esta associação, atualmente com diversas frentes de atuação, possui certificado de Utilidade Pública no Estado do Rio de Janeiro, é reconhecida no Cadastro Nacional de Entidades Ambientalistas, é filiada à Federação de Amigos de Museus do Brasil, entre outras habilitações.

Você pode ajudar o Museu Nacional a dar continuidade imediata às suas atividades de assistência ao ensino, que tanto contribuem para uma melhor formação de crianças e jovens de nosso país. 

COLABORE AGORA!

 

Associacao Amigos Do Museu Nacional Samn ainda não publicou nenhuma notícia.