[SP] Mutirão leste 1 contra a Covid! |

[SP] Mutirão leste 1 contra a Covid!

Com sua colaboração distribuiremos 270 kits contendo cestas básicas, gás de cozinha, itens de higiene e de proteção, para famílias sem terra.

Projeto por: Movimento dos Trabalhadores Sem Terra Leste 1
R$ 30.350,00
arrecadado
meta R$ 29.950,00

66 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.


POR

Movimento dos Trabalhadores Sem Terra Leste 1

Movimento dos Trabalhadores Sem Terra Leste 1
R$ 10
Leste 1
5 benfeitores apoiando
Certificado de agradecimento personalizado com seu nome, contendo imagens que representam um pouco da nossa história, formando uma linha do tempo, para dividirmos com você, lembranças das nossas lutas e conquistas!

2994 disponíveis.
R$ 30
Leste 1 - Belém
5 benfeitores apoiando
Certificado de agradecimento personalizado com seu nome, contendo imagens que representam um pouco da nossa história, formando uma linha do tempo, para dividirmos com você, lembranças das nossas lutas e conquistas!

2995 disponíveis.
R$ 100
Leste 1 – Itaim Paulista
2 benfeitores apoiando
Certificado de agradecimento personalizado com seu nome, contendo imagens que representam um pouco da nossa história, formando uma linha do tempo, para dividirmos com você, lembranças das nossas lutas e conquistas!

2998 disponíveis.
R$ 300
Leste 1 – Artur Alvim
2 benfeitores apoiando
Certificado de agradecimento personalizado com seu nome, contendo imagens que representam um pouco da nossa história, formando uma linha do tempo, para dividirmos com você, lembranças das nossas lutas e conquistas!

2998 disponíveis.
R$ 500
Leste 1 - Itaquera
1 benfeitor apoiando
Certificado de agradecimento personalizado com seu nome, contendo imagens que representam um pouco da nossa história, formando uma linha do tempo, para dividirmos com você, lembranças das nossas lutas e conquistas + chaveiro da Leste 1.

29 disponíveis.
R$ 1.000
Leste 1 – Parque São Rafael
Seja o primeiro a apoiar!
Certificado de agradecimento personalizado com seu nome, contendo imagens que representam um pouco da nossa história, formando uma linha do tempo, para dividirmos com você, lembranças das nossas lutas e conquistas + camiseta do Movimento de Moradia Leste 1 + chaveiro da Leste 1.

30 disponíveis.
R$ 2.000
Leste 1 - Sapopemba
Seja o primeiro a apoiar!
Certificado de agradecimento personalizado com seu nome, contendo imagens que representam um pouco da nossa história, formando uma linha do tempo, para dividirmos com você, lembranças das nossas lutas e conquistas + camiseta do Movimento de Moradia Leste 1 + chaveiro da Leste 1.

30 disponíveis.
R$ 3.000
Leste 1 – São Mateus
Seja o primeiro a apoiar!
Certificado de agradecimento personalizado com seu nome, contendo imagens que representam um pouco da nossa história, formando uma linha do tempo, para dividirmos com você, lembranças das nossas lutas e conquistas + camiseta do Movimento de Moradia Leste 1 + chaveiro da Leste 1.

30 disponíveis.
R$ 5.000
Leste 1 – Cidade Tiradentes
Seja o primeiro a apoiar!
Certificado de agradecimento personalizado com seu nome, contendo imagens que representam um pouco da nossa história, formando uma linha do tempo, para dividirmos com você, lembranças das nossas lutas e conquistas + camiseta do Movimento de Moradia Leste 1 + chaveiro da Leste 1.

30 disponíveis.

Com o dinheiro arrecadado distribuiremos 270 kits, no valor de até R$ 100,00 cada, contendo cesta básica maior; gás de cozinha+cesta básica menor; cesta básica menor+produtos de higiene; cesta básica+transporte para locomoção; gás de cozinha+produtos de limpeza, etc. Cada família escolherá um kit de acordo com sua necessidade.

As famílias estão inseridas em um sistema, onde constam seus dados pessoais e profissionais, permitindo que as comissões responsáveis por esta mobilização avaliem a atual situação econômica da família, ou seja, verificamos, mais precisamente, se a família está trabalhando/recebendo ou não. O sistema precisa ser atualizado periodicamente, por conta das exigências dos programas habitacionais, por isso, as informações são atuais e relevantes neste processo de avaliação. O sistema organizativo do Movimento, também opera com diversos grupos de WhatsApp (cada grupo de famílias estão inseridas em um grupo de WhatsApp). Estamos encaminhando mensagens de vídeos informativos e consultivos, para ajudar no processo de mobilização. Também recebemos pedidos de ajuda das famílias, diretamente. A partir dessas formas de contato foi possível identificar e selecionar as famílias que se encontram em extrema necessidade. A ideia de oferecer o kit é para orientar as famílias sobre os itens da campanha. O Movimento ficará responsável pela compra dos respectivos itens. A distribuição será realizada no mutirão, localizado na Cidade Tiradentes. As famílias que se encontram impossibilitadas de fazer a retirada, poderão solicitar o “serviço de entrega” (apoio que foi previsto no projeto). No caso do gás de cozinha, em determinadas situações, a família receberá o valor em dinheiro, por conta dos diferentes locais de moradia e devido a problemas de distribuição de gás em diversas regiões onde atuamos – porém, estaremos fazendo contatos com distribuidores para contribuir com esta logística. Todas as entregas serão obrigatoriamente agendadas, para evitar aglomerações bem como para assegurar que as entregas sejam realizadas, no que consideramos ser, os melhores horários de circulação nas comunidades (para evitar o pico de circulação dos transportes e pessoas). A comprovação de compra dos produtos será por meio de nota fiscal, e a comprovação de entrega dos kits, será por meio de instrumental com dados pessoais das famílias contempladas e com a assinatura das mesmas. Também faremos registros fotográficos e vídeos das ações realizadas.

As doações terão impacto direto nas comunidades. Possibilitará que este grupo de pessoas, possam de fato, ficar em suas moradias. Ou seja, a aquisição do alimento, garantirá tempo de permanência no distanciamento social; contribuirá nas questões de saúde, possivelmente, evitando que haja baixa imunidade por conta da falta de uma alimentação razoável; evitará possíveis contaminações, logo, a superlotação nos hospitais das respectivas regiões. 

O Movimento de Moradia Leste 1 é uma Associação Civil Sem Fins Lucrativos, criado em 1987 a partir da organização popular e das lutas intensas, que tinham como objetivo garantir o direito à terra e moradia para famílias de baixa renda, de parte da Zona Leste de São Paulo, por meio de políticas públicas e da produção habitacional por autogestão, buscando um processo organizativo em que as famílias participantes sejam protagonistas da luta e da conquista de sua moradia e incidam nas políticas públicas relacionadas ao território, ao desenvolvimento urbano e à inclusão social e territorial.

A luta por terra e moradia digna é essencialmente legitima, porém, é uma luta demorada e que exige muito comprometimento e engajamento das famílias sem terra. Enquanto este direito não é acessado, a luta cotidiana para a sobrevivência, frente as contradições geradas pela estrutura social, continuam.  Nesse contexto, muitas vezes a ajuda ou ações de solidariedade chegam primeiro que um direito social. Por isso, fazer a luta articulada, significa, minimante, garantir aquilo que é necessário para a sobrevivência de muitas famílias que tiveram seus direitos violados a décadas. Frente a estas questões, o Movimento se organiza em comissões, que buscam servir de apoio às famílias, que em certas ocasiões, necessitem de apoio emergencial, a exemplo do momento que estamos vivenciando atualmente. Compreendemos que esse processo organizativo nos torna capacitadas/os para executar tal proposta.      

Os kits serão distribuídos em três periferias: Cidade Tiradentes, Sapopemba e São Mateus. Segundo o Mapa da Desigualdade (2019), a Cidade Tiradentes, Sapopemba e São Mateus estão entre as regiões mais vulneráveis em temas socioeconômicos. Segundo a Prefeitura de São Paulo, esses três distritos, estão entre os que concentram o maior número de mortes por Covid-19. Consequentemente, estão sofrendo com o impacto econômico negativo e com a superlotação nos hospitais. Essas notícias circularam nos principais jornais.

Os dados empíricos também são relevantes. Quase que diariamente, compartilhamos em nossos grupos de WhatsApp, informações sobre a circulação de pessoas nas ruas, o movimento nos comércios locais, pontos com maior aglomeração e etc. Essa mobilização tem funcionado como um alerta, e ajuda orientar as famílias que estão respeitando a quarentena, porém, em algum momento, precise se deslocar. Também participamos de pesquisas online, produzidas por mídias alternativas, para contribuir na geração de dados e informações, a fim de ampliar as reivindicações para que sejam direcionadas ao poder público.  

Esses esforços, que fortalece a luta nesse momento de crise pandêmica, são parte dos desafios que enfrentamos cotidianamente.

Match-funding é como uma vaquinha turbinada: uma nova modalidade de fomento, que mistura o financiamento coletivo (ou crowd-funding) com aporte de parceiros, que multiplicam a arrecadação. Para cada R$ 1 arrecadado pelos projetos selecionados por intermédio da plataforma da Benfeitoria, o Fundo Colaborativo Enfrente contribui com mais R$ 2, até que o valor de R$30.000 seja alcançado.

O Fundo Colaborativo Enfrente, composto pela Fundação Tide Setubal e demais parceiros (vide aba “Parceiros” em benfeitoria.com/enfrente) poderá aportar o total de mais R$ 4.000.000,00 (quatro milhões de reais) para triplicar a arrecadação de campanhas de financiamento coletivo de iniciativas que enfrentem os efeitos do Coronavírus nas periferias urbanas brasileiras. Por se tratar de um Fundo Colaborativo e aberto a novos parceiros, o montante destinado a triplicação dos projetos pode ainda aumentar, possibilitando um número maior de iniciativas contempladas.

Movimento dos Trabalhadores Sem Terra Leste 1 ainda não publicou nenhuma notícia.

Com o dinheiro arrecadado distribuiremos 270 kits, no valor de até R$ 100,00 cada, contendo cesta básica maior; gás de cozinha+cesta básica menor; cesta básica menor+produtos de higiene; cesta básica+transporte para locomoção; gás de cozinha+produtos de limpeza, etc. Cada família escolherá um kit de acordo com sua necessidade.

As famílias estão inseridas em um sistema, onde constam seus dados pessoais e profissionais, permitindo que as comissões responsáveis por esta mobilização avaliem a atual situação econômica da família, ou seja, verificamos, mais precisamente, se a família está trabalhando/recebendo ou não. O sistema precisa ser atualizado periodicamente, por conta das exigências dos programas habitacionais, por isso, as informações são atuais e relevantes neste processo de avaliação. O sistema organizativo do Movimento, também opera com diversos grupos de WhatsApp (cada grupo de famílias estão inseridas em um grupo de WhatsApp). Estamos encaminhando mensagens de vídeos informativos e consultivos, para ajudar no processo de mobilização. Também recebemos pedidos de ajuda das famílias, diretamente. A partir dessas formas de contato foi possível identificar e selecionar as famílias que se encontram em extrema necessidade. A ideia de oferecer o kit é para orientar as famílias sobre os itens da campanha. O Movimento ficará responsável pela compra dos respectivos itens. A distribuição será realizada no mutirão, localizado na Cidade Tiradentes. As famílias que se encontram impossibilitadas de fazer a retirada, poderão solicitar o “serviço de entrega” (apoio que foi previsto no projeto). No caso do gás de cozinha, em determinadas situações, a família receberá o valor em dinheiro, por conta dos diferentes locais de moradia e devido a problemas de distribuição de gás em diversas regiões onde atuamos – porém, estaremos fazendo contatos com distribuidores para contribuir com esta logística. Todas as entregas serão obrigatoriamente agendadas, para evitar aglomerações bem como para assegurar que as entregas sejam realizadas, no que consideramos ser, os melhores horários de circulação nas comunidades (para evitar o pico de circulação dos transportes e pessoas). A comprovação de compra dos produtos será por meio de nota fiscal, e a comprovação de entrega dos kits, será por meio de instrumental com dados pessoais das famílias contempladas e com a assinatura das mesmas. Também faremos registros fotográficos e vídeos das ações realizadas.

As doações terão impacto direto nas comunidades. Possibilitará que este grupo de pessoas, possam de fato, ficar em suas moradias. Ou seja, a aquisição do alimento, garantirá tempo de permanência no distanciamento social; contribuirá nas questões de saúde, possivelmente, evitando que haja baixa imunidade por conta da falta de uma alimentação razoável; evitará possíveis contaminações, logo, a superlotação nos hospitais das respectivas regiões. 

O Movimento de Moradia Leste 1 é uma Associação Civil Sem Fins Lucrativos, criado em 1987 a partir da organização popular e das lutas intensas, que tinham como objetivo garantir o direito à terra e moradia para famílias de baixa renda, de parte da Zona Leste de São Paulo, por meio de políticas públicas e da produção habitacional por autogestão, buscando um processo organizativo em que as famílias participantes sejam protagonistas da luta e da conquista de sua moradia e incidam nas políticas públicas relacionadas ao território, ao desenvolvimento urbano e à inclusão social e territorial.

A luta por terra e moradia digna é essencialmente legitima, porém, é uma luta demorada e que exige muito comprometimento e engajamento das famílias sem terra. Enquanto este direito não é acessado, a luta cotidiana para a sobrevivência, frente as contradições geradas pela estrutura social, continuam.  Nesse contexto, muitas vezes a ajuda ou ações de solidariedade chegam primeiro que um direito social. Por isso, fazer a luta articulada, significa, minimante, garantir aquilo que é necessário para a sobrevivência de muitas famílias que tiveram seus direitos violados a décadas. Frente a estas questões, o Movimento se organiza em comissões, que buscam servir de apoio às famílias, que em certas ocasiões, necessitem de apoio emergencial, a exemplo do momento que estamos vivenciando atualmente. Compreendemos que esse processo organizativo nos torna capacitadas/os para executar tal proposta.      

Os kits serão distribuídos em três periferias: Cidade Tiradentes, Sapopemba e São Mateus. Segundo o Mapa da Desigualdade (2019), a Cidade Tiradentes, Sapopemba e São Mateus estão entre as regiões mais vulneráveis em temas socioeconômicos. Segundo a Prefeitura de São Paulo, esses três distritos, estão entre os que concentram o maior número de mortes por Covid-19. Consequentemente, estão sofrendo com o impacto econômico negativo e com a superlotação nos hospitais. Essas notícias circularam nos principais jornais.

Os dados empíricos também são relevantes. Quase que diariamente, compartilhamos em nossos grupos de WhatsApp, informações sobre a circulação de pessoas nas ruas, o movimento nos comércios locais, pontos com maior aglomeração e etc. Essa mobilização tem funcionado como um alerta, e ajuda orientar as famílias que estão respeitando a quarentena, porém, em algum momento, precise se deslocar. Também participamos de pesquisas online, produzidas por mídias alternativas, para contribuir na geração de dados e informações, a fim de ampliar as reivindicações para que sejam direcionadas ao poder público.  

Esses esforços, que fortalece a luta nesse momento de crise pandêmica, são parte dos desafios que enfrentamos cotidianamente.

Match-funding é como uma vaquinha turbinada: uma nova modalidade de fomento, que mistura o financiamento coletivo (ou crowd-funding) com aporte de parceiros, que multiplicam a arrecadação. Para cada R$ 1 arrecadado pelos projetos selecionados por intermédio da plataforma da Benfeitoria, o Fundo Colaborativo Enfrente contribui com mais R$ 2, até que o valor de R$30.000 seja alcançado.

O Fundo Colaborativo Enfrente, composto pela Fundação Tide Setubal e demais parceiros (vide aba “Parceiros” em benfeitoria.com/enfrente) poderá aportar o total de mais R$ 4.000.000,00 (quatro milhões de reais) para triplicar a arrecadação de campanhas de financiamento coletivo de iniciativas que enfrentem os efeitos do Coronavírus nas periferias urbanas brasileiras. Por se tratar de um Fundo Colaborativo e aberto a novos parceiros, o montante destinado a triplicação dos projetos pode ainda aumentar, possibilitando um número maior de iniciativas contempladas.

Movimento dos Trabalhadores Sem Terra Leste 1 ainda não publicou nenhuma notícia.