NA DANÇA! 5 a 7 anos |

NA DANÇA! 5 a 7 anos

O NA DANÇA! 5 a 7 anos pretende criar um jogo interativo, através de vídeos educativos com professores de diversos países imigrados para o Brasil.

Projeto por: Eliane Mizumoto
R$ 5.105,00
arrecadado
meta R$ 6.700,00

35
benfeitores

76%
arrecadado

2
dias restantes

PARCELE SEU PAGAMENTO EM ATÉ 6 VEZES

A primeira meta foi batida! O projeto será realizado, mas a arrecadação continua até 25/06/2021 - 23:59

POR

Eliane Mizumoto

Eliane Mizumoto
R$ 35
TAMO JUNTO!
2 benfeitores apoiando
Post de agradecimento com o nome de apoiadores em nossas redes sociais.
R$ 70
QUERO APOIAR ESTE PROJETO
6 benfeitores apoiando
Agradecimento com o nome de apoiadores no e-book e um KIT MIX A5 de papéis artesanais da Moinho Brasil, enviado por carta registrada. A Moinho Brasil é produtora de papéis especiais desde 1985, com sede no interior de São Paulo e atual trabalho de Lili Mizumoto.

14 disponíveis.
R$ 100
QUERO VER OS VÍDEOS
10 benfeitores apoiando
Agradecimento com o nome de apoiadores nos créditos dos vídeos e acesso aos vídeos produzidos.
R$ 150
AMEI E ME INSPIREI
5 benfeitores apoiando
Agradecimento com o nome de apoiadores nos créditos dos vídeos e e-book. Duas sessões de mentoria sobre textos com Iara Biderman.

indisponível.
R$ 150
FAZ BEM PRO CORPO E PRA ALMA
6 benfeitores apoiando
Agradecimento com o nome de apoiadores nos créditos dos vídeos e e-book. Duas aulas de alongamento online com Betty Gervitz.

2 disponíveis.
R$ 250
GRATIDÃO MASTER!
3 benfeitores apoiando
Cota máxima da gratidão! Seu nome nos créditos dos vídeos e, atingindo as demais metas, o seu nome no material de apoio digital. Uma sessão de Afroterapia online, desenvolvida pela artista moçambicana Inês Queme, professora em edições anteriores do Festival Na Dança! Uma aula de dança online com Mohamad Al Jamal, do Líbano, professor em edições anteriores do Festival Na Dança!

2 disponíveis.

Não encontrou o que queria?

Apoie com qualquer valor

Dentro da proposta do NA DANÇA! de difundir a cultura de diferentes povos, especialmente por meio de artistas que chegaram ao Brasil nos recentes ciclos migratórios, e do programa socioeducativo NA DANÇA! na escola, foi criado um projeto especial para o atual cenário de pandemia, NA DANÇA! 5 a 7 anos.

 

Neste cenário, as possibilidades de as escolas receberem profissionais de fora para agregar conhecimento e diversidade a suas propostas educacionais continuam restritas. E as oportunidades para esses artistas imigrantes exercerem sua arte e terem uma fonte de renda com seu trabalho, que já eram poucas, praticamente desapareceram.

 

O NA DANÇA! 5 a 7 anos é um jogo interativo com uma série em vídeo feitos por professores de diversos países imigrados para o Brasil. Na primeira fase, serão oito vídeos de 15 minutos cada, na qual cada artista-professor contará às crianças sobre seu país, sua cultura, como vivem as crianças de sua terra natal, em aulas que mobilizam o corpo e os movimentos dos alunos, seja por meio de demonstrações dos professores, seja pelas atividades propostas. A vivência corporal, tão importante na aquisição de conhecimentos, torna-se ainda mais necessária nessa época que estamos vivendo.

 

Os professores usarão recursos como tocar instrumentos típicos de seu país, cantar e ensinar uma música, narrar contos, demonstrar e ensaiar com as crianças passos de suas danças. As aulas serão gravadas por cada professor em casa, com orientação e edição das coordenadoras do projeto, Betty Gervitz e Lili Mizumoto, e estarão disponíveis no Linktree, mediante inscrição, às escolas e famílias. Também será publicado um e-book, com entrevistas feitas por Iara Biderman, no qual os professores participantes contam um pouco mais sobre sua infância e a das crianças de seus países de origem. Com esses textos, pais e professores podem aprofundar ainda mais o contato das crianças brasileiras com outras realidades.

 

Para ampliar a diversidade e dar oportunidade aos inúmeros artistas imigrantes que permanecem invisíveis e sem oportunidade de mostrar seu trabalho, faremos uma convocatória para os que desejam participar se inscreverem. Desses inscritos, serão selecionados os professores participantes do projeto.


QUEM SOMOS


Betty Gervitz: criadora da plataforma NA DANÇA!, é graduada em educação física e fisioterapia, é psicomotricista com formação em Cadeias Musculares e Articulares G.D.S. (Brasil/Bélgica). Na França, trabalhou por mais de 12 anos com Marie-Madeleine Béziers, autora do livro-referência A Coordenação Motora. Fez também especialização em Gerontologia Clínica e Social. Dançarina, pesquisadora, coreógrafa, professora, e uma das principais divulgadoras das danças circulares no país, Gervitz sempre buscou levar seus alunos (e também os pacientes em sua clínica) para o movimento saudável e inteligente, baseado numa sólida organização corporal.


Há mais de 20 anos mergulhada no estudo dos movimentos coreográficos e da música das mais diferentes culturas, ela entende que é necessário transformar e adaptar as linguagens, com o objetivo de tornar a dança étnica uma possibilidade de dança do presente, e não somente do passado. Em 1993, criou com André Trindade, psicólogo e psicomotricista, o Estúdio A&B, espaço dedicado ao movimento, que se tornou uma referência da dança étnica em São Paulo. 


Iara Biderman: jornalista, colabora para o jornal Folha de São Paulo como repórter de dança e teatro e na cobertura de cadernos especiais de cultura, educação e saúde. É autora do blog Deu Baile, sobre dança. Membro da comissão de dança da APCA (Associação Paulista dos Críticos de Arte) e curadora de dança do Cultura Inglesa Festival. Foi repórter dos cadernos Ilustrada, Equilíbrio e Saúde da Folha de São Paulo, repórter, editora e colaboradora de revistas das editoras Globo e Abril e tradutora de livros para a Cosac Naify e Scritta Editorial.


Lili Mizumoto: uma das idealizadoras do projeto NA DANÇA! 5 a 7 anos, atuou no Giraflor Danças Circulares de 2005 a 2015. Neste espaço, desenvolveu diversas atividades com as danças circulares, como cursos de formação de focalizadores, organização de workshop com professores internacionais, além de aulas regulares e cursos de danças circulares em diversos lugares do Brasil. Atualmente dedica-se à maternidade e nesta relação com Hiro, se inspira para novos projetos. Lili participou do Festival NA DANÇA! 2019.

Eliane Mizumoto ainda não publicou nenhuma notícia.

Dentro da proposta do NA DANÇA! de difundir a cultura de diferentes povos, especialmente por meio de artistas que chegaram ao Brasil nos recentes ciclos migratórios, e do programa socioeducativo NA DANÇA! na escola, foi criado um projeto especial para o atual cenário de pandemia, NA DANÇA! 5 a 7 anos.

 

Neste cenário, as possibilidades de as escolas receberem profissionais de fora para agregar conhecimento e diversidade a suas propostas educacionais continuam restritas. E as oportunidades para esses artistas imigrantes exercerem sua arte e terem uma fonte de renda com seu trabalho, que já eram poucas, praticamente desapareceram.

 

O NA DANÇA! 5 a 7 anos é um jogo interativo com uma série em vídeo feitos por professores de diversos países imigrados para o Brasil. Na primeira fase, serão oito vídeos de 15 minutos cada, na qual cada artista-professor contará às crianças sobre seu país, sua cultura, como vivem as crianças de sua terra natal, em aulas que mobilizam o corpo e os movimentos dos alunos, seja por meio de demonstrações dos professores, seja pelas atividades propostas. A vivência corporal, tão importante na aquisição de conhecimentos, torna-se ainda mais necessária nessa época que estamos vivendo.

 

Os professores usarão recursos como tocar instrumentos típicos de seu país, cantar e ensinar uma música, narrar contos, demonstrar e ensaiar com as crianças passos de suas danças. As aulas serão gravadas por cada professor em casa, com orientação e edição das coordenadoras do projeto, Betty Gervitz e Lili Mizumoto, e estarão disponíveis no Linktree, mediante inscrição, às escolas e famílias. Também será publicado um e-book, com entrevistas feitas por Iara Biderman, no qual os professores participantes contam um pouco mais sobre sua infância e a das crianças de seus países de origem. Com esses textos, pais e professores podem aprofundar ainda mais o contato das crianças brasileiras com outras realidades.

 

Para ampliar a diversidade e dar oportunidade aos inúmeros artistas imigrantes que permanecem invisíveis e sem oportunidade de mostrar seu trabalho, faremos uma convocatória para os que desejam participar se inscreverem. Desses inscritos, serão selecionados os professores participantes do projeto.


QUEM SOMOS


Betty Gervitz: criadora da plataforma NA DANÇA!, é graduada em educação física e fisioterapia, é psicomotricista com formação em Cadeias Musculares e Articulares G.D.S. (Brasil/Bélgica). Na França, trabalhou por mais de 12 anos com Marie-Madeleine Béziers, autora do livro-referência A Coordenação Motora. Fez também especialização em Gerontologia Clínica e Social. Dançarina, pesquisadora, coreógrafa, professora, e uma das principais divulgadoras das danças circulares no país, Gervitz sempre buscou levar seus alunos (e também os pacientes em sua clínica) para o movimento saudável e inteligente, baseado numa sólida organização corporal.


Há mais de 20 anos mergulhada no estudo dos movimentos coreográficos e da música das mais diferentes culturas, ela entende que é necessário transformar e adaptar as linguagens, com o objetivo de tornar a dança étnica uma possibilidade de dança do presente, e não somente do passado. Em 1993, criou com André Trindade, psicólogo e psicomotricista, o Estúdio A&B, espaço dedicado ao movimento, que se tornou uma referência da dança étnica em São Paulo. 


Iara Biderman: jornalista, colabora para o jornal Folha de São Paulo como repórter de dança e teatro e na cobertura de cadernos especiais de cultura, educação e saúde. É autora do blog Deu Baile, sobre dança. Membro da comissão de dança da APCA (Associação Paulista dos Críticos de Arte) e curadora de dança do Cultura Inglesa Festival. Foi repórter dos cadernos Ilustrada, Equilíbrio e Saúde da Folha de São Paulo, repórter, editora e colaboradora de revistas das editoras Globo e Abril e tradutora de livros para a Cosac Naify e Scritta Editorial.


Lili Mizumoto: uma das idealizadoras do projeto NA DANÇA! 5 a 7 anos, atuou no Giraflor Danças Circulares de 2005 a 2015. Neste espaço, desenvolveu diversas atividades com as danças circulares, como cursos de formação de focalizadores, organização de workshop com professores internacionais, além de aulas regulares e cursos de danças circulares em diversos lugares do Brasil. Atualmente dedica-se à maternidade e nesta relação com Hiro, se inspira para novos projetos. Lili participou do Festival NA DANÇA! 2019.

Eliane Mizumoto ainda não publicou nenhuma notícia.