Nas cocheiras da imprensa |

Nas cocheiras da imprensa

Livro autobiográfico com 40 anos de história de bastidores da imprensa e uma análise crítica e pedagógica do jornalismo brasileiro

Projeto por: Carlos Dias
R$ 14.400,00
arrecadado
meta R$ 30.000,00

166
benfeitores

48%
arrecadado

10
dias restantes

É tudo ou nada! Precisamos bater a meta até 01/11/2019 - 23:59

POR

Carlos Dias

Carlos Dias

R$ 50
Apenas o livro, obrigado
84 benfeitores apoiando
Toda a nossa gratidão por ajudar a viabilizar a publicação de "Nas cocheiras da imprensa". Além do nosso obrigado, você vai receber em sua casa um exemplar da obra (frete incluído) e um marca-página. Mas que tal dar uma olhada nas opções abaixo?
R$ 70
Agradecimento
20 benfeitores apoiando
Curtiu a proposta do livro e gostaria de contribuir com um pouco mais do que o mínimo? Nesta modalidade, você receberá o livro impresso (frete incluído) e marca-página. Em sinal de agradecimento, seu nome ficará para sempre em uma página no site do autor
R$ 90
Capítulo adicional exclusivo por e-mail
3 benfeitores apoiando
Entre o término da campanha, a impressão e a entrega na sua casa, haverá um intervalo de 30 dias. Enquanto aguarda, você receberá por e-mail um capítulo adicional e exclusivo, como aperitivo do que virá depois.
R$ 100
Kit de marca-páginas imantados exclusivo
21 benfeitores apoiando
Contratamos um ilustrador para desenhar quatro grandes escritores: Gabriel García Márquez, Mark Twain, Alberto Dines e Cláudio Abramo. As caricaturas estarão neste kit com quatro marca-páginas imantados (para enfeitar seu mural ou usar no livro), além das recompensas anteriores

29 disponíveis.
R$ 100
Kit de porta-copos imantados exclusivo
11 benfeitores apoiando
As mesmas caricaturas da recompensa anterior – Gabriel García Márquez, Mark Twain, Alberto Dines e Cláudio Abramo – neste conjunto de porta-copos imantados. E mais as outras recompensas anteriores: livro com frete, agradecimento no site e capítulo adicional.

39 disponíveis.
R$ 150
Dedicatória
22 benfeitores apoiando
Se você gostou de todas as recompensas descritas até aqui, este pacotão foi feito sob medida. Com uma diferença calorosa: nesta opção, o autor escreverá uma dedicatória de próprio punho personalizada pensando em você, que ajudou tanto a viabilizar este projeto
R$ 200
Pôster de um dos caricaturados
3 benfeitores apoiando
Para quem deseja receber todas as recompensas descritas até aqui e ainda quer um bônus, um pôster – em tamanho A3 e emoldurado – de um dos quatro escritores e jornalistas caricaturados pelo ilustrador Marcelo Masili.
R$ 500
Bate-papo com o autor
2 benfeitores apoiando
Uou! Encontramos um fã! Você vai agendar uma hora de conversa com o autor (por telefone ou Skype) para falar sobre jornalismo, bastidores da imprensa e a produção do livro. Vai saber ainda de detalhes que não foram incluídos na obra. E vai receber em sua casa (frete incluído): o livro, dedicatória especial, os porta-copos, os marca-páginas imantados e verá seu nome no site do autor.
R$ 5.000
Palestra do autor na sua empresa
Seja o primeiro a apoiar!
Uma opção destinada a pessoas jurídicas. Este pacote inclui 10 livros impressos para a biblioteca de sua universidade ou para funcionários da empresa – além de uma palestra sobre jornalismo e/ou comunicação corporativa para seu público. Não inclui despesas de transporte e hospedagem do autor.

Não encontrou o que queria?

Apoie com qualquer valor

“Nas cocheiras da imprensa” é, antes de mais nada, um livro de leitura envolvente. São histórias de bastidores de coberturas e do dia a dia das redações de grandes veículos de comunicação, como a revista Veja e o jornal O Estado de S. Paulo. Os casos mostram que a vida real se parece muito pouco às vezes com o estereótipo do trabalho jornalístico. Você vai saber, por exemplo, detalhes jamais publicados da cobertura da libertação de Nelson Mandela e como uma aposta sobre futebol entre o dono do jornal e um editor pode interferir no produto que o leitor compra.

A leitura dos 12 capítulos também vai fazer você entender as profundas transformações ocorridas no jornalismo brasileiro ao longo dos últimos 40 anos – e como essas mudanças afetaram a boa imagem que a opinião pública tinha dos profissionais de imprensa. Isso torna “Nas cocheiras da imprensa” também um livro crítico aos meios de comunicação – algo particularmente importante em um momento de crise como o atual, que precisa de propostas para o futuro.

As cerca de 350 páginas do livro são o resultado de décadas de experiência profissional em várias das mais importantes redações do país. O autor foi protagonista ou testemunha direta de todos os episódios e faz um retrato de como o jornalismo brasileiro funciona nas coxias, onde o leitor jamais entra. Para o estudante, é uma aula prática. Para o leitor comum, uma oportunidade de dissolver estereótipos e preconceitos – e nunca mais olhar um produto jornalístico do mesmo jeito.

 

Quem é o autor

Carlos Dias é jornalista e professor com 40 anos de experiência em grandes veículos do jornalismo brasileiro. Entre os principais, estão Veja, Exame, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Gazeta Esportiva, Superinteressante, Quatro Rodas e TV Record, além da revista espanhola Nuestro Tiempo e da chilena Qué Pasa.

O autor é formado em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero e cursou pós-graduação em ciências da informação na Universidade de Navarra, na Espanha. Ele também fez especialização em política americana nas universidades Johns Hopkins (Washington), da Califórnia (San Francisco) e do Texas (Austin). Foi ainda professor da própria Cásper Líbero, da Universidade de Santo Amaro e da Universidade de Mogi das Cruzes.

O livro "Nas cocheiras da imprensa" é a materialização dessas quatro décadas de experiência no jornalismo. A pluralidade de veículos e funções na profissão enriquece a obra na medida em que o leitor poderá conhecer melhor a imprensa – e, de certo modo, a sociedade – por vários ângulos.

 

O projeto

A prioridade desta campanha é viabilizar a impressão de pelo menos 1.000 (mil) exemplares do livro "Nas cocheiras da imprensa". 

A campanha de financiamento coletivo tem 60 dias de duração. São dois meses para arrecadar R$ 30.000 (trinta mil reais), valor suficiente para arcar com todos os custos da impressão e da entrega de 1.000 exemplares para leitores de todo o Brasil. É aqui que tudo começa.

É tudo ou nada! Se não conseguirmos juntar a quantia inicial, todos os apoiadores receberão o estorno de suas contribuições, e ninguém colocará as mãos no livro impresso. Por isso é tão importante que você apoie, compartilhe e recomende o projeto a toda a sua rede.

 

 

As recompensas

É importantíssimo para nós que exista uma relação de ganha-ganha entre todos os envolvidos neste projeto: autor, Benfeitoria e, claro, você! Por isso preparamos recompensas exclusivas e especiais para quem contribuir com mais do que o mínimo – ou seja, a compra de apenas um exemplar.

Contratamos o ilustrador profissional Marcelo Masili: ele criou caricaturas de quatro grandes profissionais da comunicação, todos escritores e jornalistas. São eles o colombiano Gabriel García Márquez, o norte-americano Mark Twain e os brasileiros Claudio Ábramo e Alberto Dines.

As caricaturas serão impressas em três recompensas diferentes. Um conjunto com quatro marca-páginas imantados (para você demarcar sua leitura com classe), ou um conjunto de quatro porta-copos imantados (que também podem servir de estilosos ímãs para seu mural!), ou mesmo um pôster emoldurado para você decorar sua casa. Todas exclusivas.

Essas recompensas são limitadas. Por isso, não deixe para depois!

Ainda há um leque considerável de recompensas com valor sentimental. Se você tomar a decisão de adquirir apenas um exemplar do livro "Nas cocheiras da imprensa" pelo valor mínimo, entenderemos e seremos eternamente gratos por apoiar o projeto. Se você achar que a causa é importante e decidir apoiar com mais do que o mínimo, certamente há uma modalidade para seu gosto e seu bolso.

 

O orçamento

Transparência é fundamental para que você confie no projeto e no autor.

Por isso, detalhamos abaixo todos os custos envolvidos na produção da obra. A impressão do livro será feita com material de alta qualidade – papel, capa e encadernação feitas para durar: tudo para que a leitura seja prazerosa e a obra tenha vida longa em sua biblioteca. Este é o valor que consideramos ideal para imprimir o primeiro lote.

É importante destacar que, na meta inicial, reservamos 10% para a remuneração do autor pela redação da obra. Na prática, esse percentual também funciona como uma margem de erro para imprevistos – como eventuais mudanças nos orçamentos que recebemos dos nossos fornecedores. 

“Nas cocheiras da imprensa” é, antes de mais nada, um livro de leitura envolvente. São histórias de bastidores de coberturas e do dia a dia das redações de grandes veículos de comunicação, como a revista Veja e o jornal O Estado de S. Paulo. Os casos mostram que a vida real se parece muito pouco às vezes com o estereótipo do trabalho jornalístico. Você vai saber, por exemplo, detalhes jamais publicados da cobertura da libertação de Nelson Mandela e como uma aposta sobre futebol entre o dono do jornal e um editor pode interferir no produto que o leitor compra.

A leitura dos 12 capítulos também vai fazer você entender as profundas transformações ocorridas no jornalismo brasileiro ao longo dos últimos 40 anos – e como essas mudanças afetaram a boa imagem que a opinião pública tinha dos profissionais de imprensa. Isso torna “Nas cocheiras da imprensa” também um livro crítico aos meios de comunicação – algo particularmente importante em um momento de crise como o atual, que precisa de propostas para o futuro.

As cerca de 350 páginas do livro são o resultado de décadas de experiência profissional em várias das mais importantes redações do país. O autor foi protagonista ou testemunha direta de todos os episódios e faz um retrato de como o jornalismo brasileiro funciona nas coxias, onde o leitor jamais entra. Para o estudante, é uma aula prática. Para o leitor comum, uma oportunidade de dissolver estereótipos e preconceitos – e nunca mais olhar um produto jornalístico do mesmo jeito.

 

Quem é o autor

Carlos Dias é jornalista e professor com 40 anos de experiência em grandes veículos do jornalismo brasileiro. Entre os principais, estão Veja, Exame, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Gazeta Esportiva, Superinteressante, Quatro Rodas e TV Record, além da revista espanhola Nuestro Tiempo e da chilena Qué Pasa.

O autor é formado em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero e cursou pós-graduação em ciências da informação na Universidade de Navarra, na Espanha. Ele também fez especialização em política americana nas universidades Johns Hopkins (Washington), da Califórnia (San Francisco) e do Texas (Austin). Foi ainda professor da própria Cásper Líbero, da Universidade de Santo Amaro e da Universidade de Mogi das Cruzes.

O livro "Nas cocheiras da imprensa" é a materialização dessas quatro décadas de experiência no jornalismo. A pluralidade de veículos e funções na profissão enriquece a obra na medida em que o leitor poderá conhecer melhor a imprensa – e, de certo modo, a sociedade – por vários ângulos.

 

O projeto

A prioridade desta campanha é viabilizar a impressão de pelo menos 1.000 (mil) exemplares do livro "Nas cocheiras da imprensa". 

A campanha de financiamento coletivo tem 60 dias de duração. São dois meses para arrecadar R$ 30.000 (trinta mil reais), valor suficiente para arcar com todos os custos da impressão e da entrega de 1.000 exemplares para leitores de todo o Brasil. É aqui que tudo começa.

É tudo ou nada! Se não conseguirmos juntar a quantia inicial, todos os apoiadores receberão o estorno de suas contribuições, e ninguém colocará as mãos no livro impresso. Por isso é tão importante que você apoie, compartilhe e recomende o projeto a toda a sua rede.

 

 

As recompensas

É importantíssimo para nós que exista uma relação de ganha-ganha entre todos os envolvidos neste projeto: autor, Benfeitoria e, claro, você! Por isso preparamos recompensas exclusivas e especiais para quem contribuir com mais do que o mínimo – ou seja, a compra de apenas um exemplar.

Contratamos o ilustrador profissional Marcelo Masili: ele criou caricaturas de quatro grandes profissionais da comunicação, todos escritores e jornalistas. São eles o colombiano Gabriel García Márquez, o norte-americano Mark Twain e os brasileiros Claudio Ábramo e Alberto Dines.

As caricaturas serão impressas em três recompensas diferentes. Um conjunto com quatro marca-páginas imantados (para você demarcar sua leitura com classe), ou um conjunto de quatro porta-copos imantados (que também podem servir de estilosos ímãs para seu mural!), ou mesmo um pôster emoldurado para você decorar sua casa. Todas exclusivas.

Essas recompensas são limitadas. Por isso, não deixe para depois!

Ainda há um leque considerável de recompensas com valor sentimental. Se você tomar a decisão de adquirir apenas um exemplar do livro "Nas cocheiras da imprensa" pelo valor mínimo, entenderemos e seremos eternamente gratos por apoiar o projeto. Se você achar que a causa é importante e decidir apoiar com mais do que o mínimo, certamente há uma modalidade para seu gosto e seu bolso.

 

O orçamento

Transparência é fundamental para que você confie no projeto e no autor.

Por isso, detalhamos abaixo todos os custos envolvidos na produção da obra. A impressão do livro será feita com material de alta qualidade – papel, capa e encadernação feitas para durar: tudo para que a leitura seja prazerosa e a obra tenha vida longa em sua biblioteca. Este é o valor que consideramos ideal para imprimir o primeiro lote.

É importante destacar que, na meta inicial, reservamos 10% para a remuneração do autor pela redação da obra. Na prática, esse percentual também funciona como uma margem de erro para imprevistos – como eventuais mudanças nos orçamentos que recebemos dos nossos fornecedores. 

Carlos Dias ainda não publicou nenhuma notícia.