Nega Odara contra o COVID-19 |

Nega Odara contra o COVID-19

Neste momento de pandemia, estamos tentando minorar o sofrimento e a necessidade básica de alimentação dos mais vulneráveis nessa pandemia do COVID-19.

Projeto por: Sintia Ribeiro
R$ 0,00
arrecadado
meta R$ 40.000,00

0
benfeitores

0%
arrecadado

9
dias restantes

PARCELE SEU PAGAMENTO EM ATÉ 6 VEZES

Ajude-nos a bater nossa meta até 06/06/2020 - 23:59

POR

Sintia Ribeiro

Sintia Ribeiro
R$ 30
COMBATEREMOS O COVID-19, JUNTOS!!!!!
Seja o primeiro a apoiar!

150 disponíveis.
R$ 50
Alimentando mais famílias!!
Seja o primeiro a apoiar!

400 disponíveis.
R$ 100
Linha de frente contra o Coronavírus!
Seja o primeiro a apoiar!

200 disponíveis.
R$ 500
Dividir para somar!!!!!!
Seja o primeiro a apoiar!

100 disponíveis.
R$ 1.000
Protegendo mais vidas!
Seja o primeiro a apoiar!

50 disponíveis.

Não encontrou o que queria?

Outro valor

Neste momento, atendemos famílias e idosos, moradores das periferias, que estão em isolamento social por causa do COVID-19 e que estão necessitando de ajuda com itens para compor a sua alimentação básica: Arroz, feijão, café, óleo, sal, ovos, açúcar, macarrão, sabão, papel higiênico, sabonete, fralda, leite e demais itens de necessidade básica  

As comunidades que serão atendidas, no momento, estão no extremo da zona sul de São Paulo, que são Jardim Apura, Favela da Fumaça, Parque Dorotéia, Pedreira e Eldorado.

Iniciamos, nesta mesma região, um projeto de iniciação musical/percurssiva em 2013, para crianças e adolescentes , no contra turno escolar. Observou-se que haviam outras frentes de batalhas a serem travadas e iniciamos junto a essa população o nosso enfrentamento, dentro do que nos possibilita aqueles que nos ajudam, a vencer pequenas batalhas diarias. 

A ONG- Nega Odara Mulheres, foi fundada por Sintia Ribeiro , Professora na rede estadual de ensino; Poetisa; Articuladora Cultural e Social na ONG- Nega Odara Mulheres; Articuladora Cultural no CAP- Coletivos Culturais Cidade Ademar e Pedreira; Contadora de História; Percussionista; Militante do MNU- Movimento Negro Unificado a 20 anos, estando a frente do GT de Educação a 8 anos; Iniciada no Candomblé a 39 anos, estando a frente de uma Egbé (casa) religiosa, baiana, 46 anos, afrodescendente, membro do Conselho Gestor e APM da Escola Francisco Alves Mourão como diretora cultural. Militante pelas causas sociais e culturais nas regiões de Diadema e Pedreira, zona sul de São Paulo. Desde 1989, no enfrentamento e combate à intolerância religiosa, discriminação racial, combate ao genocídio da população preta e periférica de nosso país, contra a misoginia, xenofobia, homofobia e transfobia. Estudante de metodologias ecológicas de plantação, construção e destinação de lixos e dejetos.

Ajude-nos por meio das nossas redes sociais:
Facebook: facebook.com/nega.odara.mulheres.2013
Instagram: instagram.com/ong.nega.odara.mulheres
What's App: wa.me/5511963508648     
                   
Preciso de sua doação para  montar cestas basicas para essas familias em isolamento social. Itens: Arroz, feijão, café, óleo, sal, ovos, açúcar, macarrão, sabão, papel higiênico, sabonete, fraldas, leite e demais itens de necessidade básica

Sintia Ribeiro ainda não publicou nenhuma notícia.

Neste momento, atendemos famílias e idosos, moradores das periferias, que estão em isolamento social por causa do COVID-19 e que estão necessitando de ajuda com itens para compor a sua alimentação básica: Arroz, feijão, café, óleo, sal, ovos, açúcar, macarrão, sabão, papel higiênico, sabonete, fralda, leite e demais itens de necessidade básica  

As comunidades que serão atendidas, no momento, estão no extremo da zona sul de São Paulo, que são Jardim Apura, Favela da Fumaça, Parque Dorotéia, Pedreira e Eldorado.

Iniciamos, nesta mesma região, um projeto de iniciação musical/percurssiva em 2013, para crianças e adolescentes , no contra turno escolar. Observou-se que haviam outras frentes de batalhas a serem travadas e iniciamos junto a essa população o nosso enfrentamento, dentro do que nos possibilita aqueles que nos ajudam, a vencer pequenas batalhas diarias. 

A ONG- Nega Odara Mulheres, foi fundada por Sintia Ribeiro , Professora na rede estadual de ensino; Poetisa; Articuladora Cultural e Social na ONG- Nega Odara Mulheres; Articuladora Cultural no CAP- Coletivos Culturais Cidade Ademar e Pedreira; Contadora de História; Percussionista; Militante do MNU- Movimento Negro Unificado a 20 anos, estando a frente do GT de Educação a 8 anos; Iniciada no Candomblé a 39 anos, estando a frente de uma Egbé (casa) religiosa, baiana, 46 anos, afrodescendente, membro do Conselho Gestor e APM da Escola Francisco Alves Mourão como diretora cultural. Militante pelas causas sociais e culturais nas regiões de Diadema e Pedreira, zona sul de São Paulo. Desde 1989, no enfrentamento e combate à intolerância religiosa, discriminação racial, combate ao genocídio da população preta e periférica de nosso país, contra a misoginia, xenofobia, homofobia e transfobia. Estudante de metodologias ecológicas de plantação, construção e destinação de lixos e dejetos.

Ajude-nos por meio das nossas redes sociais:
Facebook: facebook.com/nega.odara.mulheres.2013
Instagram: instagram.com/ong.nega.odara.mulheres
What's App: wa.me/5511963508648     
                   
Preciso de sua doação para  montar cestas basicas para essas familias em isolamento social. Itens: Arroz, feijão, café, óleo, sal, ovos, açúcar, macarrão, sabão, papel higiênico, sabonete, fraldas, leite e demais itens de necessidade básica

Sintia Ribeiro ainda não publicou nenhuma notícia.