Informação para inclusão - NP |

Informação para inclusão - NP

Estudantes de jornalismo tentando realizar o sonho que começou na faculdade: Cobrir os Jogos Paralímpicos do Rio 2016.

Projeto por: Nataniel Gomes de Souza
R$ 5.035,00
arrecadado
meta R$ 5.000,00

26 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.

POR

Nataniel Gomes de Souza

Nataniel Gomes de Souza
R$ 10
Vamos lá!
2 benfeitores apoiando
Receba o Brinde: - Vídeo de agradecimento!
R$ 30
Contamos com vocês
3 benfeitores apoiando
Receba os Brindes: - Vídeo de agradecimento - Seu nome nas publicações do Noticiário Paralímpico no Facebook
R$ 50
Estamos com você!
6 benfeitores apoiando
Receba os Brindes: - Seu nome nas publicações do Noticiário Paralímpico no Facebook - Bloco de notas exclusivo com o símbolo do Noticiário Paralímpico.
R$ 70
Leve a gente
5 benfeitores apoiando
Receba os Brindes: - Seu nome nas publicações do Noticiário Paralímpico no Facebook - Caneca exclusiva do Noticiário Paralímpico
R$ 100
Vista-se de Noticiário Paralímpico
5 benfeitores apoiando
Receba os Brindes: - Seu nome nas publicações do Noticiário Paralímpico no Facebook - Camisa exclusiva do Noticiário Paralímpico
R$ 500
Você merece
Seja o primeiro a apoiar!
Receba os Brindes: - Seu nome nas publicações do Noticiário Paralímpico no Facebook - Livro Para-Heróis, da Jornalista Joanna de Assis
R$ 1.000
Tenha uma experiência inesquecível
1 benfeitor apoiando
Receba os Brindes: - Vídeo de agradecimento - Seu nome nas publicações do Noticiário Paralímpico no Facebook - 1 ingresso para você assistir a uma competição dos Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro
R$ 5.000
Carregamos sua marca
Seja o primeiro a apoiar!
Você que é empresário terá sua marca estampada no site e nas redes sociais do Noticiário Paralímpico até o final de 2016.

O Noticiário Paralímpico

Depois de um ano de vida, o Portal Noticiário Paralímpico precisa de você para poder cobrir os Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro. Queremos que cada vez mais pessoas possam ver e torcer por nossos atletas. Queremos que todo o preconceito contra as pessoas com deficiência deixe de existir. Queremos dar voz para os atletas paralímpicos brasileiros.

Criado em junho de 2015 por alunos de Jornalismo, o Portal Noticiário Paralímpico é o único site de notícias do Brasil que faz a cobertura dos esportes paralímpicos na internet. O Noticiário Paralímpico foi criado para transmitir informação sobre os esportes paralímpicos brasileiros, contribuindo para o desenvolvimento das modalidades. Buscamos ser um site referencial no que diz respeito aos esportes paralímpicos brasileiros e um lugar de inclusão social e de representação dos atletas com deficiência.

O Noticiário Paralímpico não é feito somento para os atletas paralímpicos, é feito também por eles. Nossa colaboradora Taiana Lopes é atleta de natação paralímpica e estudante de jornalismo, e sonha ver o esporte adaptado brasileiro num lugar de destaque na mídia nacional.

Por que apoiar a cobertura dos Jogos Paralímpicos?

Acreditamos que os meios de comunicação têm um papel fundamental na luta contra o preconceito, através da influência que exerce na sociedade. Então, buscamos, através da informação, mostrar os valores das pessoas com deficiência no Brasil. Todos nós do Portal Noticiário Paralímpico somos estudantes de Jornalismo. Nada melhor do que jovens que estão começando a carreira já com esse sentimento e preocupação. Apoiando o nosso projeto de cobrir os Jogos Paralímpicos, você vai estar alimentando esse sonho de cada um de nós.

Os Jogos Paralímpicos são o segundo maior evento esportivo do mundo, ficando atrás, apenas, das Olimpíadas. O Brasil é uma grande potência nesses esportes. Na Paralimpíada de Londres, em 2012, o Brasil terminou sua participação no sétimo lugar no ranking. Para os Jogos do Rio de Janeiro, o Comitê Paralímpico Brasileiro espera que o Brasil salte para a quinta colocação no quadro de medalhas.

Mesmo sendo essa grande potência, o esporte adaptado ainda carece de espaço na mídia brasileira. Foi neste intuito divulgar o paradesporto nacional que o Noticiário Paralímpico foi criado.

Faça parte dessa história

O Noticicário Paralímpico não tem nenhuma fonte de renda, então sua contribuição vai financiar (durante os dez dias dos Jogos Paralímpicos) as despesas com passagens e alimentação dos nossos colaboradores, além da compra de equipamentos fotográficos para a cobertura das modalidades.

Contribuindo para o Noticiário Paralímpico você receberá, desde vídeo da nossa equipe te agradecendo, até anúncio em nosso site. Além disso, também temos camisas e canecas personalizadas do Noticiário Paralímpico.

 

O Time

O Portal Noticiário Paralímpico conta com 09 colaboradores, todos voluntários. São eles: Alessandra Pinheiro, Annelize Demani, Gabrielly Alves, João Vitor, José Augusto, Maria Malafaia, Kleber Pizão, Nataniel Souza e Taiana Lopes.

Os Jogos Paralímpicos

Há pelo menos 100 anos, o esporte tem disputas entre atletas com algum tipo de deficiência física. Em 1888, Berlim, na Alemanha, já contava com clubes que promoviam a participação de surdos nos esportes. Mas foi somente depois da Segunda Guerra Mundial (1939-1945) que as competições entre aqueles que depois seriam chamados de atletas paraolímpicos ganharam força mundialmente. E com o propósito, justamente, de acolher o grande número de soldados feridos nos combates. 

Em 1944, a pedido do governo britânico, o médico Ludwig Guttmann abriu um centro especializado em lesões na coluna, no Stoke Mandeville Hospital, onde a reabilitação por meio do esporte evoluiu de recreacional para competitiva. Em 29 de julho de 1948, na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Londres, Guttmann organizou a primeira competição em cadeiras de rodas, à qual chamou de Jogos de Stoke Mandeville. Os primeiros Jogos Paraolímpicos, sob esse nome, foram realizados em Roma, na Itália, em 1960.

Noticiário Paralímpico na Mídia

Neste período em que está no ar, o Noticiário Paralímpico tem sido pauta em grandes meios de comunicação do Rio de Janeiro e Brasil. Acesse os links a seguir e acompanhe as matérias em que o Noticiário Paralímpico foi notícia.

Jornal O Globo: http://oglobo.globo.com/rio/bairros/morador-do-alemao-cria-site-especializado-em-esportes-paralimpicos-18313931

Jornal Voz das Comunidades: http://www.vozdascomunidades.com.br/complexo-do-alemao/morador-do-alemao-cria-primeiro-portal-paralimpico-do-pais/

Programa Estúdio i, Globo News: http://g1.globo.com/globo-news/estudio-i/videos/v/morador-do-alemao-cria-portal-sobre-esporte-paralimpico/4823381/

Portal Torcedores.com: http://torcedores.com/noticias/2016/02/exclusivo-conheca-nataniel-souza-o-criador-do-noticiario-paralimpico

Programa radiofônico Stadium, da Rádio Nacional: http://radios.ebc.com.br/stadium/edicao/2016-03/estudante-de-jornalismo-cria-portal-sobre-esportes-paralimpicos

Nataniel Gomes de Souza ainda não publicou nenhuma notícia.

O Noticiário Paralímpico

Depois de um ano de vida, o Portal Noticiário Paralímpico precisa de você para poder cobrir os Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro. Queremos que cada vez mais pessoas possam ver e torcer por nossos atletas. Queremos que todo o preconceito contra as pessoas com deficiência deixe de existir. Queremos dar voz para os atletas paralímpicos brasileiros.

Criado em junho de 2015 por alunos de Jornalismo, o Portal Noticiário Paralímpico é o único site de notícias do Brasil que faz a cobertura dos esportes paralímpicos na internet. O Noticiário Paralímpico foi criado para transmitir informação sobre os esportes paralímpicos brasileiros, contribuindo para o desenvolvimento das modalidades. Buscamos ser um site referencial no que diz respeito aos esportes paralímpicos brasileiros e um lugar de inclusão social e de representação dos atletas com deficiência.

O Noticiário Paralímpico não é feito somento para os atletas paralímpicos, é feito também por eles. Nossa colaboradora Taiana Lopes é atleta de natação paralímpica e estudante de jornalismo, e sonha ver o esporte adaptado brasileiro num lugar de destaque na mídia nacional.

Por que apoiar a cobertura dos Jogos Paralímpicos?

Acreditamos que os meios de comunicação têm um papel fundamental na luta contra o preconceito, através da influência que exerce na sociedade. Então, buscamos, através da informação, mostrar os valores das pessoas com deficiência no Brasil. Todos nós do Portal Noticiário Paralímpico somos estudantes de Jornalismo. Nada melhor do que jovens que estão começando a carreira já com esse sentimento e preocupação. Apoiando o nosso projeto de cobrir os Jogos Paralímpicos, você vai estar alimentando esse sonho de cada um de nós.

Os Jogos Paralímpicos são o segundo maior evento esportivo do mundo, ficando atrás, apenas, das Olimpíadas. O Brasil é uma grande potência nesses esportes. Na Paralimpíada de Londres, em 2012, o Brasil terminou sua participação no sétimo lugar no ranking. Para os Jogos do Rio de Janeiro, o Comitê Paralímpico Brasileiro espera que o Brasil salte para a quinta colocação no quadro de medalhas.

Mesmo sendo essa grande potência, o esporte adaptado ainda carece de espaço na mídia brasileira. Foi neste intuito divulgar o paradesporto nacional que o Noticiário Paralímpico foi criado.

Faça parte dessa história

O Noticicário Paralímpico não tem nenhuma fonte de renda, então sua contribuição vai financiar (durante os dez dias dos Jogos Paralímpicos) as despesas com passagens e alimentação dos nossos colaboradores, além da compra de equipamentos fotográficos para a cobertura das modalidades.

Contribuindo para o Noticiário Paralímpico você receberá, desde vídeo da nossa equipe te agradecendo, até anúncio em nosso site. Além disso, também temos camisas e canecas personalizadas do Noticiário Paralímpico.

 

O Time

O Portal Noticiário Paralímpico conta com 09 colaboradores, todos voluntários. São eles: Alessandra Pinheiro, Annelize Demani, Gabrielly Alves, João Vitor, José Augusto, Maria Malafaia, Kleber Pizão, Nataniel Souza e Taiana Lopes.

Os Jogos Paralímpicos

Há pelo menos 100 anos, o esporte tem disputas entre atletas com algum tipo de deficiência física. Em 1888, Berlim, na Alemanha, já contava com clubes que promoviam a participação de surdos nos esportes. Mas foi somente depois da Segunda Guerra Mundial (1939-1945) que as competições entre aqueles que depois seriam chamados de atletas paraolímpicos ganharam força mundialmente. E com o propósito, justamente, de acolher o grande número de soldados feridos nos combates. 

Em 1944, a pedido do governo britânico, o médico Ludwig Guttmann abriu um centro especializado em lesões na coluna, no Stoke Mandeville Hospital, onde a reabilitação por meio do esporte evoluiu de recreacional para competitiva. Em 29 de julho de 1948, na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Londres, Guttmann organizou a primeira competição em cadeiras de rodas, à qual chamou de Jogos de Stoke Mandeville. Os primeiros Jogos Paraolímpicos, sob esse nome, foram realizados em Roma, na Itália, em 1960.

Noticiário Paralímpico na Mídia

Neste período em que está no ar, o Noticiário Paralímpico tem sido pauta em grandes meios de comunicação do Rio de Janeiro e Brasil. Acesse os links a seguir e acompanhe as matérias em que o Noticiário Paralímpico foi notícia.

Jornal O Globo: http://oglobo.globo.com/rio/bairros/morador-do-alemao-cria-site-especializado-em-esportes-paralimpicos-18313931

Jornal Voz das Comunidades: http://www.vozdascomunidades.com.br/complexo-do-alemao/morador-do-alemao-cria-primeiro-portal-paralimpico-do-pais/

Programa Estúdio i, Globo News: http://g1.globo.com/globo-news/estudio-i/videos/v/morador-do-alemao-cria-portal-sobre-esporte-paralimpico/4823381/

Portal Torcedores.com: http://torcedores.com/noticias/2016/02/exclusivo-conheca-nataniel-souza-o-criador-do-noticiario-paralimpico

Programa radiofônico Stadium, da Rádio Nacional: http://radios.ebc.com.br/stadium/edicao/2016-03/estudante-de-jornalismo-cria-portal-sobre-esportes-paralimpicos

Nataniel Gomes de Souza ainda não publicou nenhuma notícia.