OFICINA ATHIS -PEABIRU- Florianópolis/SC |

OFICINA ATHIS -PEABIRU- Florianópolis/SC

Ajude o IAB-SC na implementação da assistência técnica gratuita de serviços de arquitetura para habitação social.

Projeto por: Instituto de Arquitetos do Brasil – Depto de Santa Catarina
R$ 33.935,00
arrecadado
meta R$ 21.275,00

120 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.

POR

Instituto de Arquitetos do Brasil – Depto de Santa Catarina

Instituto de Arquitetos do Brasil – Depto de Santa Catarina

Instituto de Arquitetos do Brasil - SC

R$ 15
Faça parte dessa causa!
23 benfeitores apoiando
Nome do Apoiador na descrição do vídeo da Oficina.
R$ 35
Seja mentor.
13 benfeitores apoiando
Adesivo da causa + Nome do Apoiador na descrição do vídeo da Oficina.
R$ 50
Todos Juntos!
14 benfeitores apoiando
Adesivo da causa + Postais dos croquis que serão desenvolvido durante à oficina + Nome do Apoiador na descrição do vídeo da Oficina.
R$ 60
Vista esta camisa!
20 benfeitores apoiando
Uma camiseta da causa + Nome do Apoiador na descrição do vídeo da Oficina.
R$ 70
Lembre da gente.
8 benfeitores apoiando
Caneca temática + Adesivo da causa + Postais dos croquis que serão desenvolvido durante à oficina + Nome do Apoiador na descrição do vídeo da Oficina.
R$ 100
Desenhe você também.
16 benfeitores apoiando
Caderno de Desenho + borracha estilizada + caneca temática + Adesivo da causa + Postais dos croquis que serão desenvolvido durante à oficina + Nome do Apoiador na descrição do vídeo da Oficina
R$ 250
Vista essa camisa.
5 benfeitores apoiando
Camiseta + Caderno de Desenho + borracha estilizada + caneca temática + Adesivo da causa + Postais dos croquis que serão desenvolvido durante à oficina + Nome do Apoiador na descrição do vídeo da Oficina
R$ 500
Junte-se à nós - NOVAS VAGAS!
1 benfeitor apoiando
VAGA NO CURSO + Camiseta + Caderno de Desenho + borracha estilizada + caneca temática + Adesivo da causa + Postais dos croquis que serão desenvolvido durante à oficina + Nome do Apoiador na descrição do vídeo da Oficina

indisponível.
R$ 500
Junte-se à nós - NOVAS VAGAS!
1 benfeitor apoiando
VAGA NO CURSO + Camiseta + Caderno de Desenho + borracha estilizada + caneca temática + Adesivo da causa + Postais dos croquis que serão desenvolvido durante à oficina + Nome do Apoiador na descrição do vídeo da Oficina

indisponível.
R$ 1.000
Construa com a gente
1 benfeitor apoiando
Marca do Apoiador no vídeo da oficina + uma postagem de agradecimento ao apoiador no facebook do evento.
R$ 2.500
Seja Visto
Seja o primeiro a apoiar!
Marca do apoiador no site do IAB-SC por 1 ano + Marca do apoiador no vídeo da oficina + Postagem de agradecimento ao apoiador no Facebook do evento

3 disponíveis.
R$ 10.000
Seja Parceiro Institucional
2 benfeitores apoiando
Instituição vinculada a todas as Ações do GT-Habitação do IAB-SC por um período de 3 anos.

Não encontrou o que queria?

Apoie com qualquer valor

Saiu no ArchDaily Brasil um texto sobre a Lei da Assistência Técnica 11.888/08 e o nosso projeto para Florianópolis!!! Confere aí: 

http://www.archdaily.com.br/br/802978/a-lei-da-assistencia-tecnica-e-a-importancia-social-da-arquitetura-camilla-ghisleni?utm_medium=email&utm_source=ArchDaily%20Brasil

 

 NOVIDADE!!!

 

Já viu as CAMISETAS da campanha? Estão LINDAS!

E você pode ter uma por R$ 60,00!  Corre  lá, estamos na RETA FINAL!!! 

 

 

POR QUE O CURSO?

Projetos de arquitetura, visitas de acompanhamento à obra, registros de responsabilidade técnica, são produtos bastante distantes da realidade das camadas mais carentes da população.

A vulnerabilidade da habitação popular se agrava pela falta de apoio técnico, sem o necessário trabalho de profissionais a construção residencial de baixo custo se apresenta inadequada, atrasada e compromete o bem-estar das pessoas, sob todos os aspectos.

A LEI DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA

A lei 11.888/08 aprovada em 24 de dezembro de 2008 assegura o direito das famílias de baixa renda à assistência técnica pública e gratuita para o projeto e a construção de habitação de interesse social, como parte integrante do direito social à moradia previsto no art.6.o da Constituição Federal.

Podendo ser considerada o “SUS da Arquitetura”, esta lei quando aplicada, ampliará o mercado de trabalho dos Arquitetos e Urbanistas, além de levar a arquitetura a toda sociedade, o que servirá de instrumento de divulgação dos benefícios que a arquitetura pode trazer à qualidade de vida das pessoas e à organização das cidades.

Também no caso dos desastres climáticos, cada vez mais recorrentes no nosso estado, a assistência técnica tem papel imprescindível para a orientação da reconstrução adequada às condições geográficas, à economia dos locais e à segurança e integridade das pessoas.

O artigo 2.o da lei 11.888/08 é o resumo de seus objetivos:

2o Além de assegurar o direito à moradia, a assistência técnica de que trata este artigo objetiva:

I – otimizar e qualificar o uso e o aproveitamento racional do espaço edificado e de seu entorno, bem como dos recursos humanos, técnicos e econômicos empregados no projeto e na construção da habitação;

II – formalizar o processo de edificação, reforma ou ampliação da habitação perante o poder público municipal e outros órgãos públicos;

III – evitar a ocupação de áreas de risco e de interesse ambiental;

IV – propiciar e qualificar a ocupação do sítio urbano em consonância com a legislação urbanística e ambiental.

O artigo 2.o da lei 11.888/08 é o resumo de seus objetivos:

A OFICINA

Será realizada uma oficina com a participação de 45 pessoas de diversas áreas profissionais e sociais, sob a responsabilidade da ONG Peabiru, de reconhecida experiência nesta área.

Uma comunidade parceira nos arredores da Universidade Federal de Santa Catarina será o espaço urbano estudado de comum acordo com as lideranças locais.

A Oficina será conduzida por 04 profissionais da Peabiru, e consistirá em visita à comunidade Parceira e posterior desenvolvimento de estudos sobre os problemas encontrados, com a definição de diretrizes de atuação e propostas bem como definição de uma agenda para Assistência Técnica.

 

E O IAB-SC?

 

Com este projeto o IAB-SC, através do GT-Habitação, visa iniciar o ciclo de capacitação necessária para o trabalho de Assistência Técnica em Habitação de Interesse Social, visando a formação de profissionais aptos a integrarem os Escritórios de Assistência Técnica que serão implantados no Estado de Santa Catarina.

 

FINANCIAMENTO COLETIVO

Com o Financiamento Coletivo o projeto pode sair do papel através da colaboração financeira de todos que acreditam na ideia e que juntos, podem fazer a diferença.

A plataforma é segura, transparente e democratizadora do acesso à recursos financeiros para projetos de interesses comuns. Com ela, o benfeitor tem a segurança de que sua doação fará a diferença para a concretização de uma ideia positiva. Caso as metas não sejam atingidas, as doações são devolvidas aos benfeitores, o que garante a disponibilização de recursos apenas para projetos com condições reais de execução.

PORCENTEGEM DOS CUSTOS DA OFICINA

A cima, segue a discriminação dos valores a serem gastos para que aconteça a Oficina Peabiru em Florianópolis.

 

ACESSE

www.facebook.com/oficinapeabiru

iab-sc.org.br

amaufsc.wordpress.com/

www.athis.org.br

 

 

 

 

Saiu no ArchDaily Brasil um texto sobre a Lei da Assistência Técnica 11.888/08 e o nosso projeto para Florianópolis!!! Confere aí: 

http://www.archdaily.com.br/br/802978/a-lei-da-assistencia-tecnica-e-a-importancia-social-da-arquitetura-camilla-ghisleni?utm_medium=email&utm_source=ArchDaily%20Brasil

 

 NOVIDADE!!!

 

Já viu as CAMISETAS da campanha? Estão LINDAS!

E você pode ter uma por R$ 60,00!  Corre  lá, estamos na RETA FINAL!!! 

 

 

POR QUE O CURSO?

Projetos de arquitetura, visitas de acompanhamento à obra, registros de responsabilidade técnica, são produtos bastante distantes da realidade das camadas mais carentes da população.

A vulnerabilidade da habitação popular se agrava pela falta de apoio técnico, sem o necessário trabalho de profissionais a construção residencial de baixo custo se apresenta inadequada, atrasada e compromete o bem-estar das pessoas, sob todos os aspectos.

A LEI DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA

A lei 11.888/08 aprovada em 24 de dezembro de 2008 assegura o direito das famílias de baixa renda à assistência técnica pública e gratuita para o projeto e a construção de habitação de interesse social, como parte integrante do direito social à moradia previsto no art.6.o da Constituição Federal.

Podendo ser considerada o “SUS da Arquitetura”, esta lei quando aplicada, ampliará o mercado de trabalho dos Arquitetos e Urbanistas, além de levar a arquitetura a toda sociedade, o que servirá de instrumento de divulgação dos benefícios que a arquitetura pode trazer à qualidade de vida das pessoas e à organização das cidades.

Também no caso dos desastres climáticos, cada vez mais recorrentes no nosso estado, a assistência técnica tem papel imprescindível para a orientação da reconstrução adequada às condições geográficas, à economia dos locais e à segurança e integridade das pessoas.

O artigo 2.o da lei 11.888/08 é o resumo de seus objetivos:

2o Além de assegurar o direito à moradia, a assistência técnica de que trata este artigo objetiva:

I – otimizar e qualificar o uso e o aproveitamento racional do espaço edificado e de seu entorno, bem como dos recursos humanos, técnicos e econômicos empregados no projeto e na construção da habitação;

II – formalizar o processo de edificação, reforma ou ampliação da habitação perante o poder público municipal e outros órgãos públicos;

III – evitar a ocupação de áreas de risco e de interesse ambiental;

IV – propiciar e qualificar a ocupação do sítio urbano em consonância com a legislação urbanística e ambiental.

O artigo 2.o da lei 11.888/08 é o resumo de seus objetivos:

A OFICINA

Será realizada uma oficina com a participação de 45 pessoas de diversas áreas profissionais e sociais, sob a responsabilidade da ONG Peabiru, de reconhecida experiência nesta área.

Uma comunidade parceira nos arredores da Universidade Federal de Santa Catarina será o espaço urbano estudado de comum acordo com as lideranças locais.

A Oficina será conduzida por 04 profissionais da Peabiru, e consistirá em visita à comunidade Parceira e posterior desenvolvimento de estudos sobre os problemas encontrados, com a definição de diretrizes de atuação e propostas bem como definição de uma agenda para Assistência Técnica.

 

E O IAB-SC?

 

Com este projeto o IAB-SC, através do GT-Habitação, visa iniciar o ciclo de capacitação necessária para o trabalho de Assistência Técnica em Habitação de Interesse Social, visando a formação de profissionais aptos a integrarem os Escritórios de Assistência Técnica que serão implantados no Estado de Santa Catarina.

 

FINANCIAMENTO COLETIVO

Com o Financiamento Coletivo o projeto pode sair do papel através da colaboração financeira de todos que acreditam na ideia e que juntos, podem fazer a diferença.

A plataforma é segura, transparente e democratizadora do acesso à recursos financeiros para projetos de interesses comuns. Com ela, o benfeitor tem a segurança de que sua doação fará a diferença para a concretização de uma ideia positiva. Caso as metas não sejam atingidas, as doações são devolvidas aos benfeitores, o que garante a disponibilização de recursos apenas para projetos com condições reais de execução.

PORCENTEGEM DOS CUSTOS DA OFICINA

A cima, segue a discriminação dos valores a serem gastos para que aconteça a Oficina Peabiru em Florianópolis.

 

ACESSE

www.facebook.com/oficinapeabiru

iab-sc.org.br

amaufsc.wordpress.com/

www.athis.org.br

 

 

 

 

Instituto de Arquitetos do Brasil – Depto de Santa Catarina ainda não publicou nenhuma notícia.