EP Outras Manhãs, Alessandra Terribili |

EP Outras Manhãs, Alessandra Terribili

Gravação, finalização e circulação do novo EP da cantora e compositora Alessandra Terribili, Outras Manhãs.

Projeto por: Alessandra Terribili
R$ 15.100,00
arrecadado
meta R$ 15.000,00

86 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.

POR

Alessandra Terribili

Alessandra Terribili

Cantora, compositora e escritora

R$ 20
QUERO PARTICIPAR!
10 benfeitores apoiando
Agradecimento nas redes sociais, no videoclipe e uma música (formato MP3) por e-mail.
R$ 35
O EP
25 benfeitores apoiando
Agradecimento nas redes sociais, no videoclipe e duas músicas (formato MP3) por e-mail. O EP físico, via correios, na sua casa!
R$ 70
O EP E O LIVRO
18 benfeitores apoiando
Agradecimento nas redes sociais, no videoclipe e duas músicas (formato MP3) por e-mail. O EP físico e um exemplar autografado do livro A ESTRADA E A POETISA, de Alessandra Terribili, via correios, na sua casa!
R$ 100
SHOW!
28 benfeitores apoiando
Agradecimento nas redes sociais, no videoclipe e duas músicas (formato MP3) por e-mail. O EP físico, via correios, na sua casa! Um par de ingressos para o show de lançamento (Brasília, São Paulo, Porto Alegre, Salvador, Fortaleza).
R$ 150
VESTIR POESIA
19 benfeitores apoiando
Agradecimento nas redes sociais, no videoclipe e duas músicas (formato MP3) por e-mail. O EP físico e um exemplar autografado do livro A ESTRADA E A POETISA, de Alessandra Terribili, via correios, na sua casa! Um par de ingressos para o show de lançamento (Brasília, São Paulo, Porto Alegre, Salvador, Fortaleza). Camiseta poética exclusiva!
R$ 300
QUERO MAIS POESIA!
6 benfeitores apoiando
Agradecimento nas redes sociais, no videoclipe e todas as músicas (formato MP3) por e-mail. Dois EPs físicos e dois exemplares autografados do livro A ESTRADA E A POETISA, de Alessandra Terribili, via correios, na sua casa! Para quem você quiser presentear! Um par de ingressos para o show de lançamento (Brasília, São Paulo, Porto Alegre, Salvador, Fortaleza). Duas camisetas poéticas exclusivas!
R$ 500
POCKET-SHOW
7 benfeitores apoiando
Agradecimento nas redes sociais, no videoclipe e todas as músicas (formato MP3) por e-mail. Dois EPs físicos, via correios, na sua casa! Um par de ingressos para o show de lançamento (Brasília, São Paulo, Porto Alegre, Salvador, Fortaleza). Uma camiseta poética exclusiva! Pocket-show de 30 minutos, voz e violão. (Equipamento de som por conta do contratante. Quando fora de Brasília, o contratante arcará com custos com passagens e hospedagem.)
R$ 1.500
TRIO LEGAL
1 benfeitor apoiando
Agradecimento nas redes sociais, no videoclipe e todas as músicas (formato MP3) por e-mail. Cinco EPs físicos, via correios, na sua casa! Dois pares de ingressos para o show de lançamento (Brasília, São Paulo, Porto Alegre, Salvador, Fortaleza). Duas camisetas poéticas exclusivas! Show de uma hora, em formato trio. (Equipamento de som por conta do contratante. Quando fora de Brasília, o contratante arcará com custos com passagens e hospedagem.)
R$ 5.000
EMPRESA PARCEIRA
Seja o primeiro a apoiar!
Todas as músicas (formato MP3) por e-mail. Dez EPs físicos, via correios, na sua casa! Dois pares de ingressos para o show de lançamento (Brasília, São Paulo, Porto Alegre, Salvador, Fortaleza). Duas camisetas poéticas exclusivas! Show de encerramento de ano para sua empresa, família ou grupo de amigos! Formato quarteto e duração de uma hora e meia. (Equipamento de som por conta do contratante. Quando fora de Brasília, o contratante arcará com custos com passagens e hospedagem.) Sua marca como apoiadora do projeto nas redes sociais, nos materiais de divulgação dos shows de lançamento e na contracapa do EP.

Três anos depois de seu primeiro EP, Curto Pavio, financiado coletivamente através da Benfeitoria, a cantora e compositora Alessandra Terribili voltará ao estúdio para registrar novas canções inéditas, num novo momento de sua carreira e sob influências mais densas e diversas. Veja o que ela tem a dizer:

"Parece pouco, mas em três anos muita coisa muda em nós e nos nossos caminhos! Trabalhar o EP Curto Pavio foi um desafio extremamente motivador, porque se trata de me apresentar através de mim mesma, minhas músicas, minhas letras, minha abordagem. É diferente e instigante! De lá pra cá, meu repertório se ampliou, eu me encantei definitivamente com a música produzida em Brasília, a versatilidade e talento dos músicos, a criatividade bela dos compositores, a originalidade e a vontade de todo mundo de se superar. Aprendi (e aprendo) muito, e chegou a hora de registrar esse aprendizado na minha música".

Com os recursos captados via este projeto, vamos gravar, finalizar, prensar e distribuir o EP. Além disso, são previstos shows de lançamento para apresentar o trabalho a todo mundo que quiser conhecer. Participe! Queremos você nessa história!

 

Três anos depois de seu primeiro EP, Curto Pavio, financiado coletivamente através da Benfeitoria, a cantora e compositora Alessandra Terribili voltará ao estúdio para registrar novas canções inéditas, num novo momento de sua carreira e sob influências mais densas e diversas. Veja o que ela tem a dizer:

"Parece pouco, mas em três anos muita coisa muda em nós e nos nossos caminhos! Trabalhar o EP Curto Pavio foi um desafio extremamente motivador, porque se trata de me apresentar através de mim mesma, minhas músicas, minhas letras, minha abordagem. É diferente e instigante! De lá pra cá, meu repertório se ampliou, eu me encantei definitivamente com a música produzida em Brasília, a versatilidade e talento dos músicos, a criatividade bela dos compositores, a originalidade e a vontade de todo mundo de se superar. Aprendi (e aprendo) muito, e chegou a hora de registrar esse aprendizado na minha música".

Com os recursos captados via este projeto, vamos gravar, finalizar, prensar e distribuir o EP. Além disso, são previstos shows de lançamento para apresentar o trabalho a todo mundo que quiser conhecer. Participe! Queremos você nessa história!

 

Essa mulher merece um samba

Em: 11/09/2018 17:59

O Jacaré (ilustre Gérson Athayde) é assim mesmo: ele faz música toda hora na cabeça dele. Samba-canção, partido-alto, marchinha. A inspiração pode ser desde uma notícia que ele ouviu no rádio até uma história de amor, passando pelo Carnaval. Fizemos juntos o Pagode Caboclo, que foi classificada para a segunda fase do Festival de Música da Rádio Nacional em 2015.

Um dia, ele estava na minha casa, com um grupo de amigos, e ao me ouvir contar desventuras e despejar reclamações da vida, ele, entre risos, comentou: "essa mulher merece um samba"! Todos lhe dissemos que esse verso sim dava samba, e imediatamente ele começou a cantar a música.

O diacho é que ninguém gravou, e o Jaca esquece um monte das músicas que compõe desse jeito... Mas o comecinho ficou registrado na memória: "Essa mulher merece um samba"... Se eu soubesse assoviar, teria assoviado esse pequeno trechinho por toda a viagem que fiz à Bahia logo em seguida. 

A coisa ficou tão na minha cabeça, que eu tive que desenvolver. Mas agora o mote era outro. A mulher que merece um samba não sou eu não, mas sim, uma compositora, talvez integrante de alguma velha guarda, que visita o mar todos os dias para jogar flores para o tempo que passou e colher inspiração em troca.

E para ouvi-la de verdade, eu conto com vocês! "Essa mulher merece um samba" é uma das faixas do EP Outras Manhãs, que só vai existir se vocês me ajudarem a atingir a meta. E são os últimos dias! 


As cidades

Em: 06/09/2018 16:20

Dentre as recompensas previstas para você que apoia nosso projeto, uma é bem especial: ingressos para os shows de lançamento.

Eu já adoro fazer show, imagina sendo um show para lançar um EP produzido com tanto carinho e dedicação e com apoio de tanta gente!

E é especial também porque vem no plural... Isso mesmo! Além de Brasília, que abriga a produção e a inspiração do disco, você de São Paulo, Porto Alegre, Salvador e Fortaleza também poderão conhecer de perto o show Outras Manhãs!

E digo mais... o Rio não está na lista oficial, mas queremos pousar em solo carioca também!

Além das músicas do EP e algumas outras minhas, também apresentarei canções de compositores maravilhosos que são referência para o meu trabalho. Já podem imaginar?

Então, todo mundo dessas cidades, ajuda a gente a chegar aí! Contribua para a realização do EP Outras Manhãs e confira de pertinho o resultado!

Voando alto

Em: 27/08/2018 16:10

Eu tinha acabado de chegar a Brasília. Dirigia meu carro pela região central da cidade ouvindo Rádio Nacional FM, quando uma música linda e leve entrou no meu dia e não saiu mais da minha ideia. Cheguei ao meu destino, mas não desci do carro até que a radialista falasse o nome da música e do compositor. Era Voando Alto, de Marcus Moraes, interpretada pelo grupo Marambaia.

Na mesma noite, fui atrás daquela música. Havia apenas uma gravação de celular postada no youtube. Encontrei a página do grupo no soundcloud e registrei meu protesto: cadê a música Voando Alto aqui? Agora tem lá. :)

Encontrei Marcus Moraes no facebook, e hoje ele é o Marquinhos, esse músico lindo e essa pessoa leve com quem tenho a honra de dividir o palco, algumas mesas de bar, e agora, terei a honra de chamar de parceiro.

Sim, porque atrevida que sou, fiz uma letra para aquela beleza de música. Sou dessas mesmo: se a coisa mexe no meu coração, eu preciso escrever. E, nessa letra, procurei extravasar todos os sentimentos bons que a música me traz: um voo de alegria, leveza, sensibilidade, amor. A certeza de que a vida é melhor quando a gente não tem medo de manter o peito aberto.

Aliás, esse é o recado principal do EP Outras Manhãs...

Mas para o EP existir, com Voando Alto entre suas canções, eu preciso da ajuda de vocês! Vamos nessa? Se tudo der certo - e eu sei que vai dar certo! - em breve, você resgatará as recompensas referentes à sua participação.

E, inclusive, você vai ver que a melhor das recompensas é voar na música...


Um compositor incrível

Em: 23/08/2018 17:21

Desde que eu cheguei a Brasília, todo mundo que eu gosto falava isso: "você precisa conhecer o trabalho do Cacá Pereira". Quis o destino, esse fanfarrão, que eu o conhecesse justamente quando ele tinha acabado de deixar o cerrado rumo ao Rio de Janeiro.

Eu lembro bem. Estávamos no samba do Setor Comercial Sul, projeto #DoTrabalhoProSamba, e ele foi dar uma canja. Cantou "Clareira". Naquela ocasião, a roda de samba da Tapera estava - como estamos de novo agora - sem casa. Aquela música tocou no meu coração e eu me emocionei. "Bloco na rua, samba de quadra sem quadra / Sem teto, o samba volta ao lume do luar". 

Depois, em janeiro/2017, eu fui a um lindo show dele e conheci mais músicas, inclusive algumas que nunca foram gravadas. Encantei-me com uma que, desde então, passou a integrar meu repertório. Encantei-me com outra, que também peguei pra mim. Estou aprendendo a cantar "Eu vou", que adooooro.

E, com muita felicidade, o EP Outras Manhãs contará com uma linda música desse compositor que tanto admiro, e que tenho a alegria de chamar de amigo. Uma parceria dele com Lucas Tibúrcio, uma preciosidade à qual terei a honra de dar a voz.

Quer dizer... o EP contará se o EP existir! Para isso, nós que contamos com vocês!


Quem sou eu?

Em: 21/08/2018 11:48

Cantar, eu canto desde que nasci mesmo. Desligava o som para poder cantar as músicas que eu gostava, quando o tom original delas não me permitia. Músicas infantis, as músicas que estavam na velha fita cassete que me levava a viajar pelas curvas da estrada de Santos, os discos que havia lá em casa, o tanto de artista maravilhoso que eu conheci fuçando nas coisas dos meus pais. Trilhas sonoras de filmes e de novelas - e até de propagandas na TV!

Mas foi quando eu mergulhei no universo de Clara Nunes é que me joguei na música de forma diferente. Foi Clara Nunes quem me convidou a fazer música. Embora muita gente a conheça como sambista, Clara gravou a música brasileira inteira. Diversos gêneros, os compositores (as) mais encantadores (as), as histórias do povo, a espiritualidade, o amor, a esperança e as dúvidas também - por que não?

E foi assim que cheguei a um palco pela primeira vez, naquele não tão longínquo agosto de 2011: levada pela música de Clara Nunes.

Muita coisa aconteceu desde então. Aprendi muito, muito mesmo, ao longo desses anos. Não é força de expressão nem chavão não. Me orgulho muito do tanto que aprendi e do tanto que meus horizontes se expandiram graças aos músicos maravilhosos com quem tive o prazer de trabalhar, ou que tive o prazer de acompanhar por aí, de olhos brilhando e ouvido atento. Nos nomes dos meus parceiros Aquiles DiasLeonel Costa e Vinicius Ferrão, pessoas especialíssimas na minha trajetória, eu agradeço ao Rio Grande do Sul por ter me instigado a cantar profissionalmente. Sou muito mais feliz hoje, depois de ter aceitado esse desafio.

Quando decidi me mudar para Brasília, eu sabia que o céu do Planalto Central seria um sedutor convite para voar. Ainda que às vezes falte umidade ao ar da cidade, nunca me faltou o calor dos abraços amigos - os que eu já tinha e os que eu ganhei. E o aconchego único que só a música brasiliense é capaz de oferecer.

Vou completar cinco anos de cerrado. Fiz e faço muita coisa de que me orgulho. Integrar o roda de samba da Tapera é uma delas. Ter participado do Festival de Música da Rádio Nacional, apresentando uma parceria minha com meu amigo Jacaré (Gerson Athayde) é outra. Há dois anos, canto mensalmente no Feitiço Mineiro, essa casa pela qual tenho o maior carinho e respeito (obrigada pela confiança de sempre, querido Jerson Alvim); e estou sempre na Galeria Mundo Vivo, aquele lugar de música boa e energia cintilante. Ter passado por diversas casas, tendo sido recebida com muito carinho! Ter estreado no Clube do Choro com lotação esgotada. Cantar ao lado de um monte de gente de quem sou fã! Sem palavras!

O EP Outras Manhãs quer vir aí para ser uma celebração de tudo isso. A sequência daquele caminho no qual embarquei em 2011, com mais flores, mais espinhos, mais aromas, mais sabores, mais cores, mais vontade, mais esperança. Mais caminho! O peito sempre aberto, pois outras manhãs hão de vir.

Ao longo desta semana, vou contar mais para vocês sobre o EP. As músicas que vamos gravar, os/as artistas envolvidos (as), as sonoridades, o processo de criação. Estará tudo no evento: https://www.facebook.com/events/755084471489324/?ti=icl.

Mas infelizmente, fazer música não é fácil... Sendo assim, para meu segundo EP existir, eu preciso de vocês! Sim! Tenho menos de um mês para reunir os recursos necessários para realizar esse trabalho, e depois, com muito amor, apresentá-lo para vocês. Temos um novo projeto de financiamento coletivo na plataforma Benfeitoria: as contribuições são a partir de R$20, e a cada faixa de contribuição corresponde um grupo de recompensas (o EP físico, meu livro de poesias, uma camiseta poética - texto meu e ilustração de Vitor Flynn -, ingressos para o lançamento do EP em diversas cidades, shows exclusivos).

Conto com vocês para dar mais esse passo! Vai ser boniiiito! ♥?