PANIDROM |

PANIDROM

Com 10 atores, 6 músicos, 1 carro e 1 bicicleta, Panidrom é uma peça teatral itinerante

Projeto por: Panidrom
R$ 17.368,00
arrecadado
meta R$ 15.000,00

230 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.

POR

Panidrom

Panidrom
R$ 10
Apoiando com R$ 10,00 ou mais
28 benfeitores apoiando
Alegrias!!! Agora seu nome estará na página de agradecimentos do nosso site;
R$ 10
Contribuindo com qualquer valor
Seja o primeiro a apoiar!
Você não recebe recompensa, mas ajuda o projeto a ganhar vida!
R$ 25
Apoiando com R$ 25,00 ou mais
69 benfeitores apoiando
Oba! Além do nome no site, enviaremos um cartaz exclusivíssimo da peça, feito especialmente para os colaboradores do benfeitoria;
R$ 50
Apoiando com R$ 50,00 ou mais
39 benfeitores apoiando
Eita coisa boa! Todas as recompensas anteriores + Um almanaque virtual com o texto da peça com todas as referências que nos guiaram no processo e comentários da equipe;
R$ 55
Apoiando com R$ 55,00 ou mais
31 benfeitores apoiando
PROMOÇÃO RELÂMPAGO Essa é para parar o quarteirão e abalar os corações!!! Todas as recompensas anteriores + Um vídeo de uma das criaturas da peça fazendo uma serenata de amor com o seu nome ou o de quem você quiser! É uma declaração de amor imperdível e pra lá de especial com uma vinheta musical composta especialmente pra você! (limitada para as 30 primeiras pessoas que apoiarem)
R$ 75
Apoiando com R$ 75,00 ou mais
16 benfeitores apoiando
Isso aqui tá ficando bom demais! Todas as recompensas anteriores + DVD com a filmagem da peça e making of com trechos dos ensaios, e depoimentos da equipe sobre o processo de criação (Este item não inclui a recompensa relâmpago)
R$ 100
Apoiando com R$ 100,00 ou mais
24 benfeitores apoiando
Como é que eu posso dizer? INCRÍVEL! Todas as recompensas anteriores + Oficina do nosso método de criação, conduzida pelo diretor da peça. A oficina será realizada na cidade do Rio de Janeiro, em 1 dia de final de semana, com 4 horas de duração, para todos os apoiadores desta faixa.(Este item não inclui a recompensa relâmpago)
R$ 150
Apoiando com R$ 150,00 ou mais
18 benfeitores apoiando
AAAAAAAHH!!!! Todas as recompensas anteriores + Livro Panidrom: uma compilação do texto, desenhos e imagens da peça, carinhosamente encadernados por nós para vocês;(Este item não inclui a recompensa relâmpago)
R$ 250
Apoiando com R$ 250,00 ou mais
11 benfeitores apoiando
Arrasou demais!!! Todas as recompensas anteriores + Você como convidado especial em um ensaio da peça, seguido de uma roda de conversa com a equipe;(Este item não inclui a recompensa relâmpago)
R$ 500
Apoiando com R$ 500,00 ou mais
4 benfeitores apoiando
Estamos emocionados, gente! Todas as recompensas anteriores + Um quadro inspirado em Panidrom, feito exclusivamente para você, por um dos artistas visuais da nossa equipe;(Este item não inclui a recompensa relâmpago)
R$ 1.000
Apoiando com R$ 1.000,00 ou mais
Seja o primeiro a apoiar!
Panidrom está em festa! Essa é imperdível! Todas as recompensas anteriores + Um incrível jantar com as criaturas, acompanhadas pela trilha da peça tocada ao vivo pelos Músicos de Panidrom e você desfrutando muito dessa noite!(Este item não inclui a recompensa relâmpago)

PANIDROM

A peça nasceu na Universidade Federal do Rio de Janeiro, recebendo um apoio institucional para a sua criação e estreia na faculdade. Motivados pelo encontro dos artistas envolvidos e pela recepção calorosa do público nos três dias de apresentações, o grupo decidiu continuar circulando com o espetáculo. Para concretizar essa vontade, não possuindo mais o apoio da universidade, encontramos no financiamento colaborativo uma forma possível de produzir a estrutura mínima necessária para a circulação da peça.

A PEÇA

Com 10 atores, 6 músicos, 1 carro e 1 bicicleta, Panidrom é uma peça itinerante que desenvolve uma trajetória de 1 km por jardins, praças e espaços da cidade.

Panidrom nasceu a partir de percepções e proposições acerca da palavra “terra” e suas articulações com o contexto socio-político da cidade do Rio de Janeiro. Com a criação de uma cidade-evento, seu território tem sido palco para o maior número de remoções e desapropriações de sua história. Favelas são postas abaixo, moradias familiares viram hotéis de luxo, aldeias indígenas são transformadas em ruínas cercadas e policiadas, imóveis por toda parte são mega valorizados e atingem preços impraticáveis para o cidadão “comum’’. O fluxo de pessoas e automóveis é reordenado e desconfigurado a cada dia, tudo isso somado às características básicas de um país com um dos maiores índices de desigualdade social do planeta.

Os personagens desta fábula geofilosófica vagam pelo mundo em busca da terra nova, de um lugar físico e ideal que está por vir, são movidos por esse desejo do novo. Para onde estamos indo? O que estamos buscando? Quem somos nós nessa cidade e nesse espaço tão disputado?

O espetáculo discute questões como pertencimento e apropriação do espaço. Colocar uma lente de aumento sobre esse problema político e social nos moveu a construir a peça, justamente por entender que reinventar a sociedade em que se vive é um desafio instigante. A peça aborda a temática da fixação à terra, seja ela física, mental, emocional ou espiritual. Buscamos compreender novas formas de pertencer ao mundo de hoje, formas outras de nos relacionar com o espaço.

Panidrom é um convite à experimentação, uma vivência no espaço, na cidade e em nós mesmos.

HISTÓRICO

Panidrom nasceu dentro da Escola de Comunicação da UFRJ, como trabalho de conclusão do curso de Direção Teatral do diretor e formando João Pedro Orban. Sob orientação de Adriana Schneider, o processo criativo uniu artistas das mais variadas linguagens para além do teatro. Cinema, artes visuais, música e dança se integraram durante a criação com duração de três meses. A peça estreiou no Campus da Praia Vermelha, dentro da programação da XIV Mostra de Teatro da UFRJ, levando à rua nos três dias de apresentação mais de 500 espectadores.

Nosso projeto, assim como o financiamento proposto, é colaborativo. Alcançar a meta nos possibilita a alcançar outros espaços, pessoas e cidades.

Contamos com a colaboração de vocês!

Vamos continuar essa história juntos!

Vamos todos! Panidrom!

 

FICHA TÉCNICA:

com Cassia Lyrio, Deo Luiz, Gaya Rachel, Julio Castro, Lucas Nascimento, Manu Libman,

Michele Lima Pereira, Padu, Victor Newlands e Victor Seixas

direção: João Pedro Orban

assistência de direção: Gabriel Bellas

orientação: Adriana Schneider 

dramaturgia criada em processo colaborativo por Clarice Lissovsky e Tomás Braune 

direção de arte: Luna Jatobá

assistência de figurino: Juan Romar

orientação de figurino: Desirée Bastos 

cenografia: Fabiana Mimura

efeitos e cenotécnica: Guilherme Najar

direção musical: Renan Montuno 

músicos, pesquisa, arranjos e criação musical: Gabriel Miranda Turner, Guilherme da Mata,

Hugo Rocha, Miguel Mermelstein e Renan Montuno.

corpo e movimento: Gabriel Bellas 

colaboração em preparação corporal: Bruna Gouvea 

iluminação: Bruno Parisoto e Nina Balbi

registro audiovisual: Maíra Barillo

gifs: Brenno de Castro 

desenhos e material gráfico: Vidi Descaves

produção executiva: Isabel Sanche, Yan Chi e Yves Baeta

assistência de produção: Kate Vimercati

colaboração artística: Nina Balbi e Pedro Pedruzzi

Mais informações 

www.panidrom.wix.com/site
www.facebook.com/panidrom

Panidrom ainda não publicou nenhuma notícia.

PANIDROM

A peça nasceu na Universidade Federal do Rio de Janeiro, recebendo um apoio institucional para a sua criação e estreia na faculdade. Motivados pelo encontro dos artistas envolvidos e pela recepção calorosa do público nos três dias de apresentações, o grupo decidiu continuar circulando com o espetáculo. Para concretizar essa vontade, não possuindo mais o apoio da universidade, encontramos no financiamento colaborativo uma forma possível de produzir a estrutura mínima necessária para a circulação da peça.

A PEÇA

Com 10 atores, 6 músicos, 1 carro e 1 bicicleta, Panidrom é uma peça itinerante que desenvolve uma trajetória de 1 km por jardins, praças e espaços da cidade.

Panidrom nasceu a partir de percepções e proposições acerca da palavra “terra” e suas articulações com o contexto socio-político da cidade do Rio de Janeiro. Com a criação de uma cidade-evento, seu território tem sido palco para o maior número de remoções e desapropriações de sua história. Favelas são postas abaixo, moradias familiares viram hotéis de luxo, aldeias indígenas são transformadas em ruínas cercadas e policiadas, imóveis por toda parte são mega valorizados e atingem preços impraticáveis para o cidadão “comum’’. O fluxo de pessoas e automóveis é reordenado e desconfigurado a cada dia, tudo isso somado às características básicas de um país com um dos maiores índices de desigualdade social do planeta.

Os personagens desta fábula geofilosófica vagam pelo mundo em busca da terra nova, de um lugar físico e ideal que está por vir, são movidos por esse desejo do novo. Para onde estamos indo? O que estamos buscando? Quem somos nós nessa cidade e nesse espaço tão disputado?

O espetáculo discute questões como pertencimento e apropriação do espaço. Colocar uma lente de aumento sobre esse problema político e social nos moveu a construir a peça, justamente por entender que reinventar a sociedade em que se vive é um desafio instigante. A peça aborda a temática da fixação à terra, seja ela física, mental, emocional ou espiritual. Buscamos compreender novas formas de pertencer ao mundo de hoje, formas outras de nos relacionar com o espaço.

Panidrom é um convite à experimentação, uma vivência no espaço, na cidade e em nós mesmos.

HISTÓRICO

Panidrom nasceu dentro da Escola de Comunicação da UFRJ, como trabalho de conclusão do curso de Direção Teatral do diretor e formando João Pedro Orban. Sob orientação de Adriana Schneider, o processo criativo uniu artistas das mais variadas linguagens para além do teatro. Cinema, artes visuais, música e dança se integraram durante a criação com duração de três meses. A peça estreiou no Campus da Praia Vermelha, dentro da programação da XIV Mostra de Teatro da UFRJ, levando à rua nos três dias de apresentação mais de 500 espectadores.

Nosso projeto, assim como o financiamento proposto, é colaborativo. Alcançar a meta nos possibilita a alcançar outros espaços, pessoas e cidades.

Contamos com a colaboração de vocês!

Vamos continuar essa história juntos!

Vamos todos! Panidrom!

 

FICHA TÉCNICA:

com Cassia Lyrio, Deo Luiz, Gaya Rachel, Julio Castro, Lucas Nascimento, Manu Libman,

Michele Lima Pereira, Padu, Victor Newlands e Victor Seixas

direção: João Pedro Orban

assistência de direção: Gabriel Bellas

orientação: Adriana Schneider 

dramaturgia criada em processo colaborativo por Clarice Lissovsky e Tomás Braune 

direção de arte: Luna Jatobá

assistência de figurino: Juan Romar

orientação de figurino: Desirée Bastos 

cenografia: Fabiana Mimura

efeitos e cenotécnica: Guilherme Najar

direção musical: Renan Montuno 

músicos, pesquisa, arranjos e criação musical: Gabriel Miranda Turner, Guilherme da Mata,

Hugo Rocha, Miguel Mermelstein e Renan Montuno.

corpo e movimento: Gabriel Bellas 

colaboração em preparação corporal: Bruna Gouvea 

iluminação: Bruno Parisoto e Nina Balbi

registro audiovisual: Maíra Barillo

gifs: Brenno de Castro 

desenhos e material gráfico: Vidi Descaves

produção executiva: Isabel Sanche, Yan Chi e Yves Baeta

assistência de produção: Kate Vimercati

colaboração artística: Nina Balbi e Pedro Pedruzzi

Mais informações 

www.panidrom.wix.com/site
www.facebook.com/panidrom

Panidrom ainda não publicou nenhuma notícia.