10 anos de Patuá + 5 anos de Patuscada - Livraria, Bar e Café |

10 anos de Patuá + 5 anos de Patuscada - Livraria, Bar e Café

Campanha de apoio para manter a Editora Patuá dos 10 aos 11 anos e a Livraria Patuscada dos 5 aos 6 anos!

Projeto por: Editora Patuá
R$ 58.234,00
arrecadado
meta R$ 40.000,00

329 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.

POR

Eduardo Lacerda

editorapatua@gmail.com

Editora Patuá
R$ 20
Quero apoiar!
14 benfeitores apoiando
Você tem seu nome na área de agradecimentos das versões impressa e digital da Antologia Patuscada II (composta de textos de diversos autores contemporâneos) e no banner de agradecimento que será afixado no espaço físico do Patuscada. Além disso, recebe em seu e-mail a versão digital da obra para ler à vontade!
R$ 30
Cupom Patuscada
26 benfeitores apoiando
Você recebe um cupom de R$30,00 em seu e-mail e poderá utilizar esse valor no espaço como achar melhor (o cupom, que terá validade até a festa de 11 anos da Editora Patuá em 2022 poderá ser utilizado, por exemplo, para compra de livros, brindes, bebidas, comidinhas). Você tem seu nome na área de agradecimentos das versões impressa e digital da Antologia Patuscada II (composta de textos de diversos autores contemporâneos) e no banner de agradecimento que será afixado no espaço físico do Patuscada. Além disso, recebe em seu e-mail a versão digital da obra para ler à vontade! *O cupom também é valido em nosso site pelo mesmo período indicado acima e você recebe ele no seu e-mail, no término da campanha.
R$ 40
Levo a Patuá para passear!
48 benfeitores apoiando
Você recebe uma ecobag comemorativa dos 10 anos da Editora Patuá e da Patuscada, um livro surpresa e tem seu nome na área de agradecimentos das versões impressa e digital da Antologia Patuscada II (composta de textos de diversos autores contemporâneos) e no banner de agradecimento que será afixado no espaço físico do Patuscada. Além disso, recebe em seu e-mail a versão digital da obra para ler à vontade!
R$ 60
Um gole de literatura! (cerveja SP)
15 benfeitores apoiando
Você é recompensado com uma cerveja comemorativa da Patuá/Patuscada, recebe uma ecobag comemorativa dos 10 anos da Editora Patuá e da Patuscada, recebe um livro surpresa e tem seu nome na área de agradecimentos das versões impressa e digital da Antologia Patuscada II (composta de textos de diversos autores contemporâneos) e no banner de agradecimento que será afixado no espaço físico do Patuscada. Além disso, recebe em seu e-mail a versão digital da obra para ler à vontade! *ATENÇÃO: Esta recompensa é válida apenas para São Paulo, capital, com entrega realizada por motoboy.

85 disponíveis.
R$ 70
Um gole de literatura (caneca SP)
21 benfeitores apoiando
Você é recompensado com uma caneca de porcelana comemorativa dos 10 anos da Editora Patuá, recebe uma ecobag comemorativa dos 10 anos da Editora Patuá e da Patuscada, um livro surpresa e tem seu nome na área de agradecimentos das versões impressa e digital da Antologia Patuscada II (composta de textos de diversos autores contemporâneos) e no banner de agradecimento que será afixado no espaço físico do Patuscada. Além disso, recebe em seu e-mail a versão digital da obra para ler à vontade!

79 disponíveis.
R$ 75
Levo a Patuá para passear PLUS
27 benfeitores apoiando
Você é recompensado com um cupom online de R$ 75 para usar na compra de livros que deseja, um bloquinho comemorativo + uma ecobag comemorativa dos 10 anos da Editora Patuá e da Patuscada e tem seu nome na área de agradecimentos das versões impressa e digital da Antologia Patuscada II (composta de textos de diversos autores contemporâneos) e no banner de agradecimento que será afixado no espaço físico do Patuscada. Além disso, recebe em seu e-mail a versão digital da obra para ler à vontade!
R$ 100
Patuás de olhos fechados!
53 benfeitores apoiando
Você é recompensado com 5 livros surpresa da Editora Patuá, recebe uma ecobag comemorativa dos 10 anos da Editora Patuá e da Patuscada e tem seu nome na área de agradecimentos das versões impressa e digital da Antologia Patuscada II (composta de textos de diversos autores contemporâneos) e no banner de agradecimento que será afixado no espaço físico do Patuscada. Além disso, recebe em seu e-mail a versão digital da obra para ler à vontade!
R$ 150
Quero um kit comemorativo!
14 benfeitores apoiando
Você é recompensado com um kit especial da comemoração dos 10 anos da Editora Patuá e da Patuscada com: uma caneca de polímero comemorativa dos 10 anos da Editora, um cupom online no valor de R$ 50,00 para usar em livros que deseja, um exemplar impresso da Antologia Patuscada II, um bloco de anotações comemorativo dos 10 anos da Editora, recebe uma ecobag comemorativa dos 10 anos da Editora Patuá e da Patuscada e tem seu nome na área de agradecimentos das versões impressa e digital da Antologia Patuscada II (composta de textos de diversos autores contemporâneos) e no banner de agradecimento que será afixado no espaço físico do Patuscada. Além disso, recebe em seu e-mail a versão digital da obra para ler à vontade!

86 disponíveis.
R$ 200
Quero ser autor(a) na Antologia!
69 benfeitores apoiando
Você é recompensado com a publicação de seus textos (poesia ou prosa) na Antologia Patuscada II (até duas páginas da antologia, respeitando os parâmetros de projeto gráfico), ganha uma versão impressa da obra, recebe uma ecobag comemorativa dos 10 anos da Editora Patuá e da Patuscada, um livro surpresa e tem seu nome na área de agradecimentos das versões impressa e digital da Antologia Patuscada II (composta de textos de diversos autores contemporâneos) e no banner de agradecimento que será afixado no espaço físico do Patuscada. Além disso, recebe em seu e-mail a versão digital da obra para ler à vontade! *Após sua colaboração envie o texto para antologiapatua@gmail.com com o assunto: Antologia Patuscada II.

31 disponíveis.
R$ 360
Quero apoiar minha casa editorial!
37 benfeitores apoiando
Você é recompensado com 10 exemplares do seu próprio livro + a publicação de seus textos na Antologia Patuscada II (até duas páginas da antologia, respeitando os parâmetros de projeto gráfico), ganha uma versão impressa da obra, recebe uma ecobag comemorativa dos 10 anos da Editora Patuá e da Patuscada e tem seu nome na área de agradecimentos das versões impressa e digital da Antologia Patuscada II (composta de textos de diversos autores contemporâneos) e no banner de agradecimento que será afixado no espaço físico do Patuscada. Além disso, recebe em seu e-mail a versão digital da obra para ler à vontade! *Válido apenas para livros publicados até 2020. *Após sua colaboração envie o texto para antologiapatua@gmail.com com o assunto: Antologia Patuscada II.

63 disponíveis.
R$ 512
Sou fã de carteirinha! Clube Poesia
Seja o primeiro a apoiar!
Você é recompensado com um ano do nosso Clube de assinaturas de Poesia (no qual você receberá mensalmente um livro de poesia, brindes exclusivos, cupom de desconto de 40% para comprar qualquer livro em nosso site), recebe uma caneca de polímero comemorativa dos 10 anos da Editora Patuá, um exemplar impresso da Antologia Patuscada II, um bloco de anotações comemorativo dos 10 anos da Editora, uma ecobag comemorativa dos 10 anos da Editora Patuá e da Patuscada e tem seu nome na área de agradecimentos das versões impressa e digital da Antologia Patuscada II (composta de textos de diversos autores contemporâneos) e no banner de agradecimento que será afixado no espaço físico do Patuscada. Além disso, recebe em seu e-mail a versão digital da obra para ler à vontade!

20 disponíveis.
R$ 512
Sou fã de carteirinha! Clube Prosa
2 benfeitores apoiando
Você é recompensado com um ano do nosso Clube de Assinaturas de Prosa (no qual você receberá mensalmente um livro de prosa, brindes exclusivos, cupom de desconto de 40% para comprar qualquer livro em nosso site), recebe uma caneca de polímero comemorativa dos 10 anos da Editora, um exemplar impresso da Antologia Patuscada II, um bloco de anotações comemorativo dos 10 anos da Editora Patuá, uma ecobag comemorativa dos 10 anos da Editora Patuá e da Patuscada e tem seu nome na área de agradecimentos das versões impressa e digital da Antologia Patuscada II (composta de textos de diversos autores contemporâneos) e no banner de agradecimento que será afixado no espaço físico do Patuscada. Além disso, recebe em seu e-mail a versão digital da obra para ler à vontade!

18 disponíveis.
R$ 600
Patuá dos 10 aos 11!
5 benfeitores apoiando
Você é recompensado com um kit no qual recebe um livro por mês até o próximo aniversário da editora. São 12 livros de livre escolha. Recebe uma caneca de polímero comemorativa dos 10 anos da Editora, um exemplar impresso da Antologia Patuscada II, um bloco de anotações comemorativo dos 10 anos da Editora, uma ecobag comemorativa dos 10 anos da Editora Patuá e da Patuscada e tem seu nome na área de agradecimentos das versões impressa e digital da Antologia Patuscada II (composta de textos de diversos autores contemporâneos) e no banner de agradecimento que será afixado no espaço físico do Patuscada. Além disso, recebe em seu e-mail a versão digital da obra para ler à vontade!

15 disponíveis.
R$ 720
Sou fã de carteirinha! ClubeProsa+Poesia
Seja o primeiro a apoiar!
Você é recompensado com um ano do nosso Clube de Assinaturas de Prosa+Poesia (no qual você receberá mensalmente um livro de poesia e um livro de prosa, brindes exclusivos, cupom de desconto de 40% para utilizar em qualquer livro em nosso site), recebe uma caneca de polímero comemorativa dos 10 anos da Editora, um exemplar impresso da Antologia Patuscada II, um bloco de anotações comemorativo dos 10 anos da Editora, uma ecobag comemorativa dos 10 anos da Editora Patuá e da Patuscada e tem seu nome na área de agradecimentos das versões impressa e digital da Antologia Patuscada II (composta de textos de diversos autores contemporâneos) e no banner de agradecimento que será afixado no espaço físico do Patuscada. Além disso, recebe em seu e-mail a versão digital da obra para ler à vontade!

20 disponíveis.
R$ 1.150
Patuás até 2022 e assino embaixo!
Seja o primeiro a apoiar!
Você é recompensado com um kit no qual recebe dois livros por mês até o próximo aniversário da editora (são 24 livros de livre escolha) terá um azulejo personalizado no qual seu nome será grafado, e que irá compor um mural de agradecimentos fixo, a ser instalado no espaço físico do Patuscada. Recebe uma caneca de polímero comemorativa dos 10 anos da Editora, um exemplar impresso da Antologia Patuscada II, um bloco de anotações comemorativo dos 10 anos da Editora, uma ecobag comemorativa dos 10 anos da Editora Patuá e da Patuscada e tem seu nome na área de agradecimentos das versões impressa e digital da Antologia Patuscada II (composta de textos de diversos autores contemporâneos) e no banner de agradecimento que será afixado no espaço físico do Patuscada. Além disso, recebe em seu e-mail a versão digital da obra para ler à vontade!

20 disponíveis.
R$ 1.300
Curso de Edição Public.Inc + Clube
4 benfeitores apoiando
Você é recompensado com um curso de edição da Public.Inc. - Incubadora de editoras independentes, com turma reduzida e ministrado por Eduardo Lacerda - o curso dará suporte completo na criação ou manutenção de sua própria editora, com um ano do nosso Clube de Assinaturas de Prosa ou de Poesia e um azulejo personalizado no qual seu nome será grafado, e que irá compor um mural de agradecimentos fixo, a ser instalado no espaço físico do Patuscada. Recebe uma caneca de polímero comemorativa dos 10 anos da Editora, um exemplar impresso da Antologia Patuscada II, um bloco de anotações comemorativo dos 10 anos da Editora, uma ecobag comemorativa dos 10 anos da Editora Patuá e da Patuscada e tem seu nome na área de agradecimentos das versões impressa e digital da Antologia Patuscada II (composta de textos de diversos autores contemporâneos) e no banner de agradecimento que será afixado no espaço físico do Patuscada. Além disso, recebe em seu e-mail a versão digital da obra para ler à vontade!

01 disponível.
R$ 3.300
Publique seu livro!
2 benfeitores apoiando
Você é recompensado com a edição e publicação de seu livro pela Editora Patuá (livro com até 100 pag., 14x21, miolo P&B, revisado, 100 exemplares cedidos ao autor + 10 ex. de divulgação + exemplares à venda em nosso site + festa de lançamento - assim que possível) + marcadores de página. Recebe um azulejo personalizado no qual seu nome será grafado e que irá compor um mural de agradecimentos fixo, a ser instalado no espaço físico do Patuscada. Recebe uma caneca de polímero comemorativa dos 10 anos da Editora, um exemplar impresso da Antologia Patuscada II, um bloco de anotações comemorativo dos 10 anos da Editora, uma ecobag comemorativa dos 10 anos da Editora Patuá e da Patuscada e tem seu nome na área de agradecimentos das versões impressa e digital da Antologia Patuscada II (composta de textos de diversos autores contemporâneos) e no banner de agradecimento que será afixado no espaço físico do Patuscada. Além disso, recebe em seu e-mail a versão digital da obra para ler à vontade!

3 disponíveis.
R$ 5.000
Recompensa personalizada
Seja o primeiro a apoiar!
Personalize sua recompensa. Por exemplo, em "Publique seu livro!", é possível aumentar a quantidade de exemplares cedidos ao autor. Envie sua proposta de apoio para o e-mail editorapatua@gmail.com antes da contribuição.

Assim como todas as pessoas e empresas, também a Editora Patuá e a Patuscada - Livraria, bar e café, foram impactadas pela pandemia do coronavírus. Para a Editora Patuá, ainda foi possível manter parte do trabalho funcionando com as vendas online, mesmo assim, o número de exemplares vendidos de alguns dos títulos lançados não foi suficiente para manter nosso trabalho. Já a Patuscada, como espaço público de encontros, está fechada desde março de 2020. Mesmo com uma redução de 30% do aluguel, concedida pelo proprietário, pagar todos os custos de um imóvel fechado (que é em média de R$7 mil por mês) não foi fácil e comprometeu também o trabalho da Patuá.

 

Por isso, para passar por essa fase difícil para todos e todas e manter nosso trabalho, iniciamos a campanha de financiamento coletivo para a Patuá dos 10 aos 11 anos e para a Patuscada dos 5 aos 6 anos.

 

Antes de falar de nossa campanha, de como é possível colaborar e ainda receber recompensas incríveis, vamos contar um pouco de nossa história para que você saiba o que já fizemos pela literatura e pelos livros e o que ainda faremos com o seu apoio.

 

Editora Patuá foi criada em fevereiro de 2011 com o objetivo de ser uma alternativa aos escritores e escritoras no mercado editorial brasileiro.

 

Nossa proposta era (e é) a de publicar autores e autoras (publicar com equidade homens e mulheres sempre foi um dos nossos objetivos) de todo o país (também sempre tivemos o objetivo de sair do eixo sudeste, publicando autores e autoras de todo o país) de forma gratuita (após quase 1200 títulos publicados, podemos afirmar que a editora se responsabilizou pelos custos de produção de mais de 95% dos títulos editados) e com excelência de qualidade gráfica e editorial (ótimas capas e ilustrações, papéis, acabamentos, trabalho de divulgação e distribuição). 

 

Com essa proposta, em pouco tempo a Patuá se tornou uma referência tanto para jovens escritores e escritoras como um modelo de negócio que foi replicado por outras pequenas editoras de todo o país (e, é claro, não inventamos a roda e é impossível esquecer das editoras e editores que iniciaram trabalhamos antes de nós e também aqueles que renovam o que é uma editora todos os dias).

 

Com os objetivos bem definidos, aos poucos a Editora Patuá, que sempre continuou publicando jovens autores e autoras estreantes (alguns e algumas a partir dos 14 anos e outras e outros até os 90), foi também recebendo livros de escritores e escritoras experientes e reconhecidos, como o poeta e professor Marco Lucchesi, presidente da ABL - Academia Brasileira de Letras, Glauco Mattoso e Eric Nepomuceno, escritor e tradutor de, entre outros, Gabriel García Márquez e Eduardo Galeano.

 

Esse trabalho coerente, dedicado e apaixonado nos trouxe muitos resultados e alegrias, mas é sempre perigoso falar dos resultados como vitórias, algumas pessoas entendem que aqueles que não ganharam ou não venceram prêmios - e como o número de prêmios é limitado, nem todos os receberão, mesmo com livros incríveis - teriam um valor menor ou maior. E não é isso que sentimos. Cada um e cada uma dos mais de mil autores e autoras que publicamos é especial e nos ajudou a construir nossa história.

 

Podemos, claro, falar que a editora ganhou  (as autoras ganharam o prêmio, mas a editora tem lá seu charme e importância) duas vezes o Prêmio São Paulo de Literatura, em 2013 e 2015, com os livros Desnorteio, da Paula Fábrio (2013) e nossa Teresa - vida e morte de uma santa suicida, de Micheliny Verunschk e também esteve finalista desse mesmo prêmio uma dezena de outras vezes, com livros incríveis como Todos os abismos convidam para um mergulho, da Cinthia Kriemler (a quem devemos uma boa parte dos grandes livros publicados e do apoio para a editora continuar); que ganhamos o Prêmio Jabuti três vezes, sendo um terceiro lugar na categoria poesia em 2014 com o livro A Comedia de Alissia Bloom, de Manoel Herzog, também conhecido como Germano Quaresma (e a quem também devemos outros grandes livros e apoio e que hoje está publicando seus romances por uma grande editora como a Companhia das Letras, mas continua conosco para os livros de contos e poemas); em 2015 um terceiro lugar com o livro de contos Eles não moram mais aqui, de Ronaldo Cagiano e em 2018 o primeiro lugar na categoria contos com o livro Enfim, imperatriz, de Maria Fernanda Elias Maglio, autora que também recebeu o Prêmio Biblioteca Nacional por seu livro de poemas 179. resistência. Podemos falar que recebemos 3 vezes o Prêmio Guavira, com os livros Alarido, poemas de Bruno Molinero (um autor que publicamos pela primeira vez aos 16 anos, no jornal O casulo, muito antes antes da Patuá existir); Cidadania da bomba, contos de Pádua Fernandes (que também esteve finalista do Prêmio Jabuti com seu livro de poemas O desvio das gentes e que eu conheci há quase 15 anos quando cursava letras) e Pétalas secretas, lindo livro de poemas de Janet Zimmermmann. Que também recebemos o Prêmio Casa de las américas, de Cuba, com o livro Por cima do mar, de Deborah Dornellas (também amiga querida parte do Coletivo Martelinho de Ouro, a quem devemos tanto amor e apoio). Estivemos finalistas em todos os anos e ganhamos o Prêmio Guarulhos em 2020 (categoria escritor do ano) com o livro As dez Marias, de Viviane Santiago. Também estivemos mais de uma dezena de vezes semifinalistas e finalistas do Prêmio Oceano, antigo Portugal Telecom, com autores como Marcela Dantés, Ruy Proença, Cinthia Kriemler, Pedro Mohallen, Guilherme Gontijo Flores, Tiago D. Oliveira, Ana Vargas, Alexei Bueno, entre outros. Em alguns anos a Patuá representou mais de 10% das inscrições nesse prêmio e também 10% dos indicados como semifinalistas. Não é pouco e não é só quantidade. Recebemos também o Prêmio Açorianos, de poesia e de livro do ano, de Leonardo Antunes, pelo livro João e Maria - Dúplice Coroa de Sonetos Fúnebres, livro também contemplado com o Prêmio AGES - Associação Gaúcha de Escritores. Também recebemos o prêmio AGES pelo livro Em nossa cidade amarelinha era sapata, da escritora Marina Monteiro. Recebemos também o Prêmio “Vânia Souto Carvalho” da Academia Pernambucana de Letras em 2019 como melhor livrio de contos do ano pelo livro Quebranto, de André Balaio. Estivemos também finalistas com o livro Perifobia, da querida Lilia Guerra, do Prêmio Rio de Literatura. Além dos prêmios, temos alegrias como um livro como Uhiri - Nossa terra, Nossa floresta, do Professor Devair Fiorotti, com ilustrações do artista Jaider Esbell, ter sido adotado como leitura para o vestibular da UFRR - Universidade Federal de Roraima e ser lido por centenas de alunos de todo o país? (outros de nossos livros ou textos, trechos, de nossos autores e autoras fazem parte nesse momento de vestibulares ou apostilas de todo o país). Ou falar de uma autora como a Ana Suy, autora de três livros pela Patuá: Não pise no meu vazioAs cabanas que o amor faz em nós e A corda que sai do útero com livros lindos e que também são lidos por milhares de leitores e leitoras por todo o país.

 

Poderíamos passar horas escrevendo sobre os prêmios, as matérias, as resenhas, os destaques, os estudos sobre as obras, os livros que vendem muito bem, que aos olhos dos ingênuos podem parecer mais importantes. Mas como podemos construir uma editora sem também (e principalmente) os afetos, as amizades, as conversas em bares, os saraus, os lançamentos? Cada um dos e das mil autores e autoras é um universo único e incrível. Em 10 anos vimos autores e autoras tendo filhos, casando, separando, mudando de cidade, estado ou país, se aposentando, entrando na faculdade, concluindo um mestrado. E morrendo. E, na Patuá, cada autor é um amigo, uma amiga e sua partida uma tristeza. Por isso lembro e cito os amigos Wilson Caritta; Edson Bueno de Camargo; Marco Aqueiva e Devair Fiorotti. Gostaria também de poder contar a história com cada autor e autora, como esse texto - por uma questão de espaço - não nos permite isso, vamos todos os dias até o fim da campanha postar fotos, vídeos e comentários sobre cada autor e autora, sobre cada livro publicado.

 

Eu (e escrevo, apesar das recomendações dessa plataforma, em primeira pessoa) me lembro de cada pessoa, de cada livro, de cada poema, de cada romance, de cada conto publicado. Me lembro do primeiro e-mail trocado, de quando o original foi recebido, de porque e como decidimos publicar, de cada decisão sobre capa e projeto gráfico, de cada lançamento. Estive em quase todos os lançamentos, embalei quase todos os livros vendidos, inscrevi cada um dos livros em prêmios, enviei todos para jornalistas e críticos. Sempre afirmo que o maior desafio de um editor, além de tornar público o que é publicado, é o de não deixar um livro morrer em seu catálogo. Um livro não pode ser esquecido e substituído por outro mais novo. Em literatura a novidade não apaga a importância do que já foi publicado. É uma alegria ainda ter boa parte do catálogo ativo, mesmo que alguns livros passem anos sem conseguirmos vender um único exemplar. Em algum momento um leitor vai se interessar, o livro vai renascer, vai recomeçar sua história. É uma luta diária, como escreveu Drummond (uma das paixões da minha vida)  "Lutar com palavras / é a luta mais vã. / Entanto lutamos / mal rompe a manhã. / São muitas, eu pouco. / Algumas, tão fortes / como um javali. / Não me julgo louco. / Se o fosse, teria / poder de encantá-las. / Mas lúcido e frio / apareço e tento / apanhar algumas / para meu sustento / num dia de vida.".

 

Falei muito e ainda não cheguei no Patuscada (e nem passamos por uma pequena parte do universo da Patuá).

 

Após 5 anos de Editora Patuá, com mais de 400 lançamentos, quase todos realizados em bares, cafés e espaços culturais, tivemos o desejo de ter um espaço da própria editora com um bar e café e também com uma livraria. Em 2015, com o apoio, ajuda, empenho, amor, amizade e profissionalismo dos queridos Ricardo Escudeiro e Leonardo Mathias (responsáveis pela campanha de abertura, identidade visual - mas falarei sobre cada um deles em breve) começamos a estruturar esse projeto.

 

A campanha de financiamento coletivo para abertura do Patuscada foi um sucesso, conseguimos quase 400 apoiadores e foi possível abrir nosso bar, livraria e café em dezembro de 2015 (com a inauguração oficial em março de 2016 em uma festa incrível com a presença de muitos - muitos mesmo - amigos).

 

Nesses últimos 5 anos realizamos centenas e centenas de eventos em nosso espaço. Lançamentos, da própria Patuá e de dezenas de editoras. Lançamentos de autores e autoras independentes. Saraus, recitais, cursos, performances, oficinas, pequenas exposições. Mais lançamentos, cada um deles reunindo dezenas ou centenas de pessoas. Escritores de todo o país passaram por lá. Escritores de outros países.

 

Se fosse possível, escreveria por horas (mas preciso parar e ler originais, editar livros, embalar livros, pagar boletos), mas preciso terminar com alguns agradecimentos.


Citei alguns autores e autoras e acredito que todos os mais de 1000 autores e autoras sabem de nossa história pessoal, que não é um número. Agradeço a vocês, escritores e escritoras, não só pelos livros com a Patuá, mas pelos livros, pela literatura e amizade. Sem escritores e escritoras não existe nenhuma editora. Também sempre repito que a a maior ou única riqueza de um editor é o seu catálogo e o catálogo são seus autores e autoras. 

 

Além dos autores e autoras, os profissionais que trabalharam ou trabalham na Patuá. Alguns se tornaram mais que profissionais e são amigos queridos. E mais do que amigos, são a própria editora.

 

Não posso deixar de agradecer ao Leonardo Mathias, que começou a trabalhar livros comigo há 10 anos, no sexto livro editado, e hoje acumula mais de 900 capas e projetos gráficos com a Patuá, comigo. A minha vida e a vida da Patuá se confundem com o Leonardo, sua identidade visual, suas ilustrações, seus projetos gráficos, sua disposição a criar algumas loucuras junto comigo (inventamos acabamentos especiais em diversos livros, ilustrações, projetos inusitados). Sua amizade, Léo, é muito importante, você é.

 

Agradecer ao Ricardo Escudeiro, amigo de todas as horas e profissional editor excelente. O Ricardo se aproximou da editora ainda em 2013, começou frequentando nossos lançamentos, se tornou autor da editora, organizou com o Leonardo a campanha de financiamento do Patuscada e me acompanhou na visita de dezenas de imóveis até escolhermos o que seria o Patuscada. Em 2016, algumas semanas antes da minha internação em uma UTI ele começou a trabalhar na Patuá como editor e logo teve que assumir a editora sozinho enquanto estive doente. Obrigado, Rics. Você é um poeta e um ser humano incrível.

 

Agradeço muito ao querido Alessandro Romio, que também se aproximou aos poucos, primeiro como leitor (e leitores são tão raros), depois como autor e, agora, é responsável pelas ilustrações e projetos gráficos de ótimos livros e é também um amigo querido, com quem adoro dividir algumas cervejas. Sinto falta de nossas brigas no Patuscada, você sempre querendo pagar a mais a conta e eu sempre querendo cobrar a menos.

 

Agradeço a Sheila Gomes, responsável pela organização de nossos livros, por sua alegria, amizade e profissionalismo e também pelo trabalho de limpeza de nosso espaço e no atendimento em muitos eventos.

 

Agradeço a Luyse Costa, designer e ilustradora de muitos de nossos livros e também uma amiga querida.

 

Agradeço ao Jozz (que fez os 4 primeiros livros da Patuá), Rodrigo Sommer, Henrique Lourenço, Mila Bottura, Bia Villar que trabalharam diversos livros com a Patuá; Sara Trajano, que por um ano estagiou na editora; e Luci Savassa, que ficou apenas por um mês e fez um ótimo trabalho que esperamos que continue.

 

Agradeço ao Flávio Rodrigues, meu irmão. Passamos quase 15 anos sem nos falarmos e o Patuscada nos aproximou novamente. 

 

E, por fim e sempre mais importante, a Pricila Gunutzmann. Você é uma mulher, uma pessoa, uma profissional, uma companheira, uma esposa e tudo que é possível incrível, coloca amor, alegria, dedicação, entusiasmo, competência e energia em tudo. Amo você!

 

Agora que você conhece a nossa história, nossos sonhos e realizações, pedimos seu apoio (e em troca oferecemos recompensas incríveis) para manter o trabalho da Patuá dos 10 aos 11 anos e o trabalho do Patuscada dos 5 aos 6 anos. Juntos construímos uma história maravilhosa e de sucesso e juntos vamos passar por essa fase difícil.

 

 

Um abraço,

 

 

Eduardo

 

 

Capa da Antologia Patuscada

• Título: em até 2 linhas com no máximo 35 caracteres (com espaços) por linha.
• Texto: até 900 caracteres (com espaços) por página, em até 19 linhas.

 

 

 

 

 

Agradecimento e recompensas

Em: 22/04/2021 09:59

Querido colaborador,

Estamos passando para agradecer pelo seu apoio, que vai possibilitar a existência da patuscada até junho deste ano.

Sabemos que o período tem sido difícil para todos e agradecemos muito por seu apoio!

Aproveitamos para informar que as recompensas serão enviadas a partir do próximo mês, já que recebemos o valor arrecadado na última semana.

Os cupons online já serão liberados a partir de amanhã e se você participou da antologia e ainda não enviou o seu texto, envie até dia 26/04 para o email: antologiapatua@gmail.com

Juntos somos mais fortes, sempre.

Um abraço afetuoso,

Editora Patuá

www.editorapatua.com.br


Reta final

Em: 17/03/2021 15:48

Amigas e amigos


A Patuá atingiu a primeira meta, que manterá nosso bar-livraria até junho deste ano, e isso só foi possível porque você colaborou com nosso sonho <3 

Nestes dias finais pedimos mais uma vez seu apoio para divulgar a campanha para sua rede de amigos. Vale facebook, instagram, whatsapp, telegram... 

Enviamos aqui um card para você enviar para todos que podem contribuir e manter a Patuscada por mais tempo.





Muito obrigado por tudo!

Um abraço,

Editora Patuá


Assim como todas as pessoas e empresas, também a Editora Patuá e a Patuscada - Livraria, bar e café, foram impactadas pela pandemia do coronavírus. Para a Editora Patuá, ainda foi possível manter parte do trabalho funcionando com as vendas online, mesmo assim, o número de exemplares vendidos de alguns dos títulos lançados não foi suficiente para manter nosso trabalho. Já a Patuscada, como espaço público de encontros, está fechada desde março de 2020. Mesmo com uma redução de 30% do aluguel, concedida pelo proprietário, pagar todos os custos de um imóvel fechado (que é em média de R$7 mil por mês) não foi fácil e comprometeu também o trabalho da Patuá.

 

Por isso, para passar por essa fase difícil para todos e todas e manter nosso trabalho, iniciamos a campanha de financiamento coletivo para a Patuá dos 10 aos 11 anos e para a Patuscada dos 5 aos 6 anos.

 

Antes de falar de nossa campanha, de como é possível colaborar e ainda receber recompensas incríveis, vamos contar um pouco de nossa história para que você saiba o que já fizemos pela literatura e pelos livros e o que ainda faremos com o seu apoio.

 

Editora Patuá foi criada em fevereiro de 2011 com o objetivo de ser uma alternativa aos escritores e escritoras no mercado editorial brasileiro.

 

Nossa proposta era (e é) a de publicar autores e autoras (publicar com equidade homens e mulheres sempre foi um dos nossos objetivos) de todo o país (também sempre tivemos o objetivo de sair do eixo sudeste, publicando autores e autoras de todo o país) de forma gratuita (após quase 1200 títulos publicados, podemos afirmar que a editora se responsabilizou pelos custos de produção de mais de 95% dos títulos editados) e com excelência de qualidade gráfica e editorial (ótimas capas e ilustrações, papéis, acabamentos, trabalho de divulgação e distribuição). 

 

Com essa proposta, em pouco tempo a Patuá se tornou uma referência tanto para jovens escritores e escritoras como um modelo de negócio que foi replicado por outras pequenas editoras de todo o país (e, é claro, não inventamos a roda e é impossível esquecer das editoras e editores que iniciaram trabalhamos antes de nós e também aqueles que renovam o que é uma editora todos os dias).

 

Com os objetivos bem definidos, aos poucos a Editora Patuá, que sempre continuou publicando jovens autores e autoras estreantes (alguns e algumas a partir dos 14 anos e outras e outros até os 90), foi também recebendo livros de escritores e escritoras experientes e reconhecidos, como o poeta e professor Marco Lucchesi, presidente da ABL - Academia Brasileira de Letras, Glauco Mattoso e Eric Nepomuceno, escritor e tradutor de, entre outros, Gabriel García Márquez e Eduardo Galeano.

 

Esse trabalho coerente, dedicado e apaixonado nos trouxe muitos resultados e alegrias, mas é sempre perigoso falar dos resultados como vitórias, algumas pessoas entendem que aqueles que não ganharam ou não venceram prêmios - e como o número de prêmios é limitado, nem todos os receberão, mesmo com livros incríveis - teriam um valor menor ou maior. E não é isso que sentimos. Cada um e cada uma dos mais de mil autores e autoras que publicamos é especial e nos ajudou a construir nossa história.

 

Podemos, claro, falar que a editora ganhou  (as autoras ganharam o prêmio, mas a editora tem lá seu charme e importância) duas vezes o Prêmio São Paulo de Literatura, em 2013 e 2015, com os livros Desnorteio, da Paula Fábrio (2013) e nossa Teresa - vida e morte de uma santa suicida, de Micheliny Verunschk e também esteve finalista desse mesmo prêmio uma dezena de outras vezes, com livros incríveis como Todos os abismos convidam para um mergulho, da Cinthia Kriemler (a quem devemos uma boa parte dos grandes livros publicados e do apoio para a editora continuar); que ganhamos o Prêmio Jabuti três vezes, sendo um terceiro lugar na categoria poesia em 2014 com o livro A Comedia de Alissia Bloom, de Manoel Herzog, também conhecido como Germano Quaresma (e a quem também devemos outros grandes livros e apoio e que hoje está publicando seus romances por uma grande editora como a Companhia das Letras, mas continua conosco para os livros de contos e poemas); em 2015 um terceiro lugar com o livro de contos Eles não moram mais aqui, de Ronaldo Cagiano e em 2018 o primeiro lugar na categoria contos com o livro Enfim, imperatriz, de Maria Fernanda Elias Maglio, autora que também recebeu o Prêmio Biblioteca Nacional por seu livro de poemas 179. resistência. Podemos falar que recebemos 3 vezes o Prêmio Guavira, com os livros Alarido, poemas de Bruno Molinero (um autor que publicamos pela primeira vez aos 16 anos, no jornal O casulo, muito antes antes da Patuá existir); Cidadania da bomba, contos de Pádua Fernandes (que também esteve finalista do Prêmio Jabuti com seu livro de poemas O desvio das gentes e que eu conheci há quase 15 anos quando cursava letras) e Pétalas secretas, lindo livro de poemas de Janet Zimmermmann. Que também recebemos o Prêmio Casa de las américas, de Cuba, com o livro Por cima do mar, de Deborah Dornellas (também amiga querida parte do Coletivo Martelinho de Ouro, a quem devemos tanto amor e apoio). Estivemos finalistas em todos os anos e ganhamos o Prêmio Guarulhos em 2020 (categoria escritor do ano) com o livro As dez Marias, de Viviane Santiago. Também estivemos mais de uma dezena de vezes semifinalistas e finalistas do Prêmio Oceano, antigo Portugal Telecom, com autores como Marcela Dantés, Ruy Proença, Cinthia Kriemler, Pedro Mohallen, Guilherme Gontijo Flores, Tiago D. Oliveira, Ana Vargas, Alexei Bueno, entre outros. Em alguns anos a Patuá representou mais de 10% das inscrições nesse prêmio e também 10% dos indicados como semifinalistas. Não é pouco e não é só quantidade. Recebemos também o Prêmio Açorianos, de poesia e de livro do ano, de Leonardo Antunes, pelo livro João e Maria - Dúplice Coroa de Sonetos Fúnebres, livro também contemplado com o Prêmio AGES - Associação Gaúcha de Escritores. Também recebemos o prêmio AGES pelo livro Em nossa cidade amarelinha era sapata, da escritora Marina Monteiro. Recebemos também o Prêmio “Vânia Souto Carvalho” da Academia Pernambucana de Letras em 2019 como melhor livrio de contos do ano pelo livro Quebranto, de André Balaio. Estivemos também finalistas com o livro Perifobia, da querida Lilia Guerra, do Prêmio Rio de Literatura. Além dos prêmios, temos alegrias como um livro como Uhiri - Nossa terra, Nossa floresta, do Professor Devair Fiorotti, com ilustrações do artista Jaider Esbell, ter sido adotado como leitura para o vestibular da UFRR - Universidade Federal de Roraima e ser lido por centenas de alunos de todo o país? (outros de nossos livros ou textos, trechos, de nossos autores e autoras fazem parte nesse momento de vestibulares ou apostilas de todo o país). Ou falar de uma autora como a Ana Suy, autora de três livros pela Patuá: Não pise no meu vazioAs cabanas que o amor faz em nós e A corda que sai do útero com livros lindos e que também são lidos por milhares de leitores e leitoras por todo o país.

 

Poderíamos passar horas escrevendo sobre os prêmios, as matérias, as resenhas, os destaques, os estudos sobre as obras, os livros que vendem muito bem, que aos olhos dos ingênuos podem parecer mais importantes. Mas como podemos construir uma editora sem também (e principalmente) os afetos, as amizades, as conversas em bares, os saraus, os lançamentos? Cada um dos e das mil autores e autoras é um universo único e incrível. Em 10 anos vimos autores e autoras tendo filhos, casando, separando, mudando de cidade, estado ou país, se aposentando, entrando na faculdade, concluindo um mestrado. E morrendo. E, na Patuá, cada autor é um amigo, uma amiga e sua partida uma tristeza. Por isso lembro e cito os amigos Wilson Caritta; Edson Bueno de Camargo; Marco Aqueiva e Devair Fiorotti. Gostaria também de poder contar a história com cada autor e autora, como esse texto - por uma questão de espaço - não nos permite isso, vamos todos os dias até o fim da campanha postar fotos, vídeos e comentários sobre cada autor e autora, sobre cada livro publicado.

 

Eu (e escrevo, apesar das recomendações dessa plataforma, em primeira pessoa) me lembro de cada pessoa, de cada livro, de cada poema, de cada romance, de cada conto publicado. Me lembro do primeiro e-mail trocado, de quando o original foi recebido, de porque e como decidimos publicar, de cada decisão sobre capa e projeto gráfico, de cada lançamento. Estive em quase todos os lançamentos, embalei quase todos os livros vendidos, inscrevi cada um dos livros em prêmios, enviei todos para jornalistas e críticos. Sempre afirmo que o maior desafio de um editor, além de tornar público o que é publicado, é o de não deixar um livro morrer em seu catálogo. Um livro não pode ser esquecido e substituído por outro mais novo. Em literatura a novidade não apaga a importância do que já foi publicado. É uma alegria ainda ter boa parte do catálogo ativo, mesmo que alguns livros passem anos sem conseguirmos vender um único exemplar. Em algum momento um leitor vai se interessar, o livro vai renascer, vai recomeçar sua história. É uma luta diária, como escreveu Drummond (uma das paixões da minha vida)  "Lutar com palavras / é a luta mais vã. / Entanto lutamos / mal rompe a manhã. / São muitas, eu pouco. / Algumas, tão fortes / como um javali. / Não me julgo louco. / Se o fosse, teria / poder de encantá-las. / Mas lúcido e frio / apareço e tento / apanhar algumas / para meu sustento / num dia de vida.".

 

Falei muito e ainda não cheguei no Patuscada (e nem passamos por uma pequena parte do universo da Patuá).

 

Após 5 anos de Editora Patuá, com mais de 400 lançamentos, quase todos realizados em bares, cafés e espaços culturais, tivemos o desejo de ter um espaço da própria editora com um bar e café e também com uma livraria. Em 2015, com o apoio, ajuda, empenho, amor, amizade e profissionalismo dos queridos Ricardo Escudeiro e Leonardo Mathias (responsáveis pela campanha de abertura, identidade visual - mas falarei sobre cada um deles em breve) começamos a estruturar esse projeto.

 

A campanha de financiamento coletivo para abertura do Patuscada foi um sucesso, conseguimos quase 400 apoiadores e foi possível abrir nosso bar, livraria e café em dezembro de 2015 (com a inauguração oficial em março de 2016 em uma festa incrível com a presença de muitos - muitos mesmo - amigos).

 

Nesses últimos 5 anos realizamos centenas e centenas de eventos em nosso espaço. Lançamentos, da própria Patuá e de dezenas de editoras. Lançamentos de autores e autoras independentes. Saraus, recitais, cursos, performances, oficinas, pequenas exposições. Mais lançamentos, cada um deles reunindo dezenas ou centenas de pessoas. Escritores de todo o país passaram por lá. Escritores de outros países.

 

Se fosse possível, escreveria por horas (mas preciso parar e ler originais, editar livros, embalar livros, pagar boletos), mas preciso terminar com alguns agradecimentos.


Citei alguns autores e autoras e acredito que todos os mais de 1000 autores e autoras sabem de nossa história pessoal, que não é um número. Agradeço a vocês, escritores e escritoras, não só pelos livros com a Patuá, mas pelos livros, pela literatura e amizade. Sem escritores e escritoras não existe nenhuma editora. Também sempre repito que a a maior ou única riqueza de um editor é o seu catálogo e o catálogo são seus autores e autoras. 

 

Além dos autores e autoras, os profissionais que trabalharam ou trabalham na Patuá. Alguns se tornaram mais que profissionais e são amigos queridos. E mais do que amigos, são a própria editora.

 

Não posso deixar de agradecer ao Leonardo Mathias, que começou a trabalhar livros comigo há 10 anos, no sexto livro editado, e hoje acumula mais de 900 capas e projetos gráficos com a Patuá, comigo. A minha vida e a vida da Patuá se confundem com o Leonardo, sua identidade visual, suas ilustrações, seus projetos gráficos, sua disposição a criar algumas loucuras junto comigo (inventamos acabamentos especiais em diversos livros, ilustrações, projetos inusitados). Sua amizade, Léo, é muito importante, você é.

 

Agradecer ao Ricardo Escudeiro, amigo de todas as horas e profissional editor excelente. O Ricardo se aproximou da editora ainda em 2013, começou frequentando nossos lançamentos, se tornou autor da editora, organizou com o Leonardo a campanha de financiamento do Patuscada e me acompanhou na visita de dezenas de imóveis até escolhermos o que seria o Patuscada. Em 2016, algumas semanas antes da minha internação em uma UTI ele começou a trabalhar na Patuá como editor e logo teve que assumir a editora sozinho enquanto estive doente. Obrigado, Rics. Você é um poeta e um ser humano incrível.

 

Agradeço muito ao querido Alessandro Romio, que também se aproximou aos poucos, primeiro como leitor (e leitores são tão raros), depois como autor e, agora, é responsável pelas ilustrações e projetos gráficos de ótimos livros e é também um amigo querido, com quem adoro dividir algumas cervejas. Sinto falta de nossas brigas no Patuscada, você sempre querendo pagar a mais a conta e eu sempre querendo cobrar a menos.

 

Agradeço a Sheila Gomes, responsável pela organização de nossos livros, por sua alegria, amizade e profissionalismo e também pelo trabalho de limpeza de nosso espaço e no atendimento em muitos eventos.

 

Agradeço a Luyse Costa, designer e ilustradora de muitos de nossos livros e também uma amiga querida.

 

Agradeço ao Jozz (que fez os 4 primeiros livros da Patuá), Rodrigo Sommer, Henrique Lourenço, Mila Bottura, Bia Villar que trabalharam diversos livros com a Patuá; Sara Trajano, que por um ano estagiou na editora; e Luci Savassa, que ficou apenas por um mês e fez um ótimo trabalho que esperamos que continue.

 

Agradeço ao Flávio Rodrigues, meu irmão. Passamos quase 15 anos sem nos falarmos e o Patuscada nos aproximou novamente. 

 

E, por fim e sempre mais importante, a Pricila Gunutzmann. Você é uma mulher, uma pessoa, uma profissional, uma companheira, uma esposa e tudo que é possível incrível, coloca amor, alegria, dedicação, entusiasmo, competência e energia em tudo. Amo você!

 

Agora que você conhece a nossa história, nossos sonhos e realizações, pedimos seu apoio (e em troca oferecemos recompensas incríveis) para manter o trabalho da Patuá dos 10 aos 11 anos e o trabalho do Patuscada dos 5 aos 6 anos. Juntos construímos uma história maravilhosa e de sucesso e juntos vamos passar por essa fase difícil.

 

 

Um abraço,

 

 

Eduardo

 

 

Capa da Antologia Patuscada

• Título: em até 2 linhas com no máximo 35 caracteres (com espaços) por linha.
• Texto: até 900 caracteres (com espaços) por página, em até 19 linhas.

 

 

 

 

 

Agradecimento e recompensas

Em: 22/04/2021 09:59

Querido colaborador,

Estamos passando para agradecer pelo seu apoio, que vai possibilitar a existência da patuscada até junho deste ano.

Sabemos que o período tem sido difícil para todos e agradecemos muito por seu apoio!

Aproveitamos para informar que as recompensas serão enviadas a partir do próximo mês, já que recebemos o valor arrecadado na última semana.

Os cupons online já serão liberados a partir de amanhã e se você participou da antologia e ainda não enviou o seu texto, envie até dia 26/04 para o email: antologiapatua@gmail.com

Juntos somos mais fortes, sempre.

Um abraço afetuoso,

Editora Patuá

www.editorapatua.com.br


Reta final

Em: 17/03/2021 15:48

Amigas e amigos


A Patuá atingiu a primeira meta, que manterá nosso bar-livraria até junho deste ano, e isso só foi possível porque você colaborou com nosso sonho <3 

Nestes dias finais pedimos mais uma vez seu apoio para divulgar a campanha para sua rede de amigos. Vale facebook, instagram, whatsapp, telegram... 

Enviamos aqui um card para você enviar para todos que podem contribuir e manter a Patuscada por mais tempo.





Muito obrigado por tudo!

Um abraço,

Editora Patuá