[SP] Periferia Viva |

[SP] Periferia Viva

A favela pede ajuda, para juntos coibirmos a proliferação dessa pandemia.

Projeto por: Claudia Martins Rocha de Araujo Mello
R$ 13.320,00
arrecadado
meta R$ 12.400,00

26 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.


POR

Claudia Martins Rocha de Araujo Mello

Claudia Martins Rocha de Araujo Mello
R$ 20
Apoiar essa campanha com R$ 20
4 benfeitores apoiando
Obrigada pela sua colaboração!
R$ 50
Apoiar essa campanha com R$ 50
2 benfeitores apoiando
Obrigada pela sua colaboração!
R$ 80
Apoiar essa campanha com R$ 80
Seja o primeiro a apoiar!
Obrigada pela sua colaboração!
R$ 100
Apoiar essa campanha com R$ 100
Seja o primeiro a apoiar!
Obrigada pela sua colaboração!
R$ 200
Apoiar essa campanha com R$ 200
1 benfeitor apoiando
Obrigada pela sua colaboração!
R$ 300
Apoiar essa campanha com R$ 300
1 benfeitor apoiando
Obrigada pela sua colaboração!
R$ 500
Apoiar essa campanha com R$ 500
Seja o primeiro a apoiar!
Obrigada pela sua colaboração!
R$ 1.000
Apoiar essa campanha com R$ 1000
Seja o primeiro a apoiar!
Obrigada pela sua colaboração!
R$ 3.000
Apoiar essa campanha com R$ 3000
Seja o primeiro a apoiar!
Obrigada pela sua colaboração!

O dinheiro arrecadado será revertido em beneficio para a comunidade, serão confeccionadas máscaras e distribuídas nas favelas. As entregas serão feitas por etapas. Por ex.:  em grupo com até 3 pessoas, iremos falar previamente do projeto com a comunidade, falando da importância do uso da máscara. Causa e efeito!

Estaremos usando os EPI´S, nos mantendo protegidos de acordo com as normas estabelecidas dos órgãos de saúde.

Somos pessoas engajadas, acreditamos no projeto social e seus efeitos. Sou cria da periferia conheço nossas dores, sei a real necessidade da favela. Filha de pais pretos, com todas as dificuldades que a grande maioria do povo conhece.

Minha formação acadêmica em Serviço Social me fez ainda mais atuante e consciente. A informação é uma ferramenta fundamental principalmente nesse momento.

No CCA, centro para crianças e adolescentes ocupava a função de gerente. Percebi a carência de crianças e jovens em muitos aspectos, contudo quando conectados com as atividades obtive resultados fantásticos que vou carregar por toda vida. E isso me faz estar a frente de um projeto como esse, pois acredito no poder de se reinventar do meu povo, e sairemos dessa muito mais forte e determinados.

Brasilândia – nosso maior desafio será atingir essas famílias, conscientizando as pessoas da importância do uso das máscaras, que esse ato pode impactar diretamente na longevidade da comunidade. Todos nós sabemos pela impressa em geral e  mídias sociais, que temos o maior números de mortos registrados do que em qualquer outra região. A realidade dessa comunidade vem mudando, pois, a letalidade dessa pandemia na região é algo assustador e precisamos o quanto antes coibir essa proliferação.

Match-funding é como uma vaquinha turbinada: uma nova modalidade de fomento, que mistura o financiamento coletivo (ou crowd-funding) com aporte de parceiros, que multiplicam a arrecadação. Para cada R$ 1 arrecadado pelos projetos selecionados por intermédio da plataforma da Benfeitoria, o Fundo Colaborativo Enfrente contribui com mais R$ 2, até que o valor de R$30.000 seja alcançado.

O Fundo Colaborativo Enfrente, composto pela Fundação Tide Setubal e demais parceiros (vide aba “Parceiros” em benfeitoria.com/enfrente) poderá aportar o total de mais R$ 4.000.000,00 (quatro milhões de reais) para triplicar a arrecadação de campanhas de financiamento coletivo de iniciativas que enfrentem os efeitos do Coronavírus nas periferias urbanas brasileiras. Por se tratar de um Fundo Colaborativo e aberto a novos parceiros, o montante destinado a triplicação dos projetos pode ainda aumentar, possibilitando um número maior de iniciativas contempladas.

Juntos somos mais forte.

Em: 21/05/2020 22:30

As noticias ainda não são boas, o indice de mortos continua aumentanto na Vila Brasilandia.

Doe contribua, faça sua parte.

Obrigada.

Claudia Martins Rocha de Araujo Mello

 


O dinheiro arrecadado será revertido em beneficio para a comunidade, serão confeccionadas máscaras e distribuídas nas favelas. As entregas serão feitas por etapas. Por ex.:  em grupo com até 3 pessoas, iremos falar previamente do projeto com a comunidade, falando da importância do uso da máscara. Causa e efeito!

Estaremos usando os EPI´S, nos mantendo protegidos de acordo com as normas estabelecidas dos órgãos de saúde.

Somos pessoas engajadas, acreditamos no projeto social e seus efeitos. Sou cria da periferia conheço nossas dores, sei a real necessidade da favela. Filha de pais pretos, com todas as dificuldades que a grande maioria do povo conhece.

Minha formação acadêmica em Serviço Social me fez ainda mais atuante e consciente. A informação é uma ferramenta fundamental principalmente nesse momento.

No CCA, centro para crianças e adolescentes ocupava a função de gerente. Percebi a carência de crianças e jovens em muitos aspectos, contudo quando conectados com as atividades obtive resultados fantásticos que vou carregar por toda vida. E isso me faz estar a frente de um projeto como esse, pois acredito no poder de se reinventar do meu povo, e sairemos dessa muito mais forte e determinados.

Brasilândia – nosso maior desafio será atingir essas famílias, conscientizando as pessoas da importância do uso das máscaras, que esse ato pode impactar diretamente na longevidade da comunidade. Todos nós sabemos pela impressa em geral e  mídias sociais, que temos o maior números de mortos registrados do que em qualquer outra região. A realidade dessa comunidade vem mudando, pois, a letalidade dessa pandemia na região é algo assustador e precisamos o quanto antes coibir essa proliferação.

Match-funding é como uma vaquinha turbinada: uma nova modalidade de fomento, que mistura o financiamento coletivo (ou crowd-funding) com aporte de parceiros, que multiplicam a arrecadação. Para cada R$ 1 arrecadado pelos projetos selecionados por intermédio da plataforma da Benfeitoria, o Fundo Colaborativo Enfrente contribui com mais R$ 2, até que o valor de R$30.000 seja alcançado.

O Fundo Colaborativo Enfrente, composto pela Fundação Tide Setubal e demais parceiros (vide aba “Parceiros” em benfeitoria.com/enfrente) poderá aportar o total de mais R$ 4.000.000,00 (quatro milhões de reais) para triplicar a arrecadação de campanhas de financiamento coletivo de iniciativas que enfrentem os efeitos do Coronavírus nas periferias urbanas brasileiras. Por se tratar de um Fundo Colaborativo e aberto a novos parceiros, o montante destinado a triplicação dos projetos pode ainda aumentar, possibilitando um número maior de iniciativas contempladas.

Juntos somos mais forte.

Em: 21/05/2020 22:30

As noticias ainda não são boas, o indice de mortos continua aumentanto na Vila Brasilandia.

Doe contribua, faça sua parte.

Obrigada.

Claudia Martins Rocha de Araujo Mello