Exposição: Permanências do reencontro |

Exposição: Permanências do reencontro

O objetivo desse financiamento é viabilizar a exposição fotográfica "Permanências do reencontro" que acontecerá no Museu da Escola Catarinense.

Projeto por: Rafael Schultz
R$ 2.395,00
arrecadado
meta R$ 2.000,00

35 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.

POR

Rafael Schultz

Rafael Schultz

Artista Visual. Doutorando em Artes Visuais.

R$ 15
Um agrado!
4 benfeitores apoiando
Eba, um bom começo! Com essa recompensa você ganha nosso carinho e seu nome na nossa lista de agradecimentos na página do evento.
R$ 25
Uma lembrança valiosa!
8 benfeitores apoiando
Ver para recordar! Além do nosso agradecimento, com essa ajuda você recebe uma fotografia impressa no tamanho 10x15 cm. A escolha é sua, o envio é nosso! Seu nome constará em nossa lista de agradecimentos na página do evento!
R$ 35
Uma fotografia um pouco maior!
5 benfeitores apoiando
Mais detalhes! Com essa ajuda você recebe uma fotografia impressa no tamanho 20x30 cm. A escolha é sua, o envio é nosso! Seu nome constará em nossa lista de agradecimentos na página do evento!
R$ 50
Grande foto!
8 benfeitores apoiando
Muitos detalhes! Com essa ajuda você recebe uma fotografia impressa no tamanho 30x40 cm. A escolha da imagem é sua, o envio é nosso! As imagens elegíveis para impressão estão disponíveis na página do evento. Nessa recompensa seu nome constará em nossa lista de agradecimentos na página do evento!
R$ 100
Sua obra na nossa exposição!
4 benfeitores apoiando
Uma obra pode ser sua! Com essa recompensa você terá direito a uma das ampliações fotográficas que comporão a exposição, sendo ela na dimensão 30x40 cm. Fotografia exclusiva, assinada e exposta no evento oficial. Que honra! Além do mais, seu nome constará em nossa lista de agradecimentos na exposição e na página do evento! Recompensa será entregue pessoalmente na cidade de Florianópolis ou enviada por correio com taxa a combinar.

16 disponíveis.
R$ 150
Quero a maior ampliação da exposição!
2 benfeitores apoiando
Sim, a maior ampliação! Com essa recompensa você terá direito a uma das ampliações fotográficas que comporão a exposição, sendo ela na dimensão 50x60 cm. Fotografia exclusiva, assinada e exposta no evento oficial. Incrível! Além do mais, seu nome constará em nossa lista de agradecimentos na exposição e na página do evento! Recompensa será entregue pessoalmente na cidade de Florianópolis ou enviada por correio com taxa a combinar.

5 disponíveis.
R$ 200
Também quero fotografar!
1 benfeitor apoiando
Para os interessados em conhecer e fotografar! Essa recompensa é exclusiva e limitada! Você terá direito a uma visita guiada com o artista e, no mesmo dia, uma oficina prática de imersão nos processos fotográficos usados no trabalho. Isso mesmo, você irá fotografar com a máquina artesanal construída exclusivamente para a exposição e revelará sua própria fotografia no laboratório portátil. Uau! Além do mais, seu nome constará em nossa lista de agradecimentos na exposição e na página do evento!

9 disponíveis.
R$ 300
Para recordar e folear a exposição!
1 benfeitor apoiando
Sua prateleira de livros não pode ficar sem esse exemplar. Você terá direito ao catálogo exclusivo da exposição, encadernado manualmente pelo artista. Além do mais, seu nome constará em nossa lista de agradecimentos na exposição, no catálogo e na página do evento! Recompensa será entregue pessoalmente na cidade de Florianópolis ou enviada por correio com taxa a combinar.

14 disponíveis.
R$ 500
Seja um apoiador oficial da exposição!
Seja o primeiro a apoiar!
Seria incrível! Essa recompensa te oferece a oportunidade de ser um apoiador oficial da exposição, com direito a logo ou nome no plotter da exposição e na página virtual do evento. Demais!

5 disponíveis.

Olá! Sou Rafael Schultz e gostaria de te apresentar um projeto. Esta proposta constitui minha pesquisa de Doutorado em Artes Visuais, fruto de práticas participativas junto a pessoas com deficiência nas comunidades onde vivem. Por meio de um laboratório de experimentações fotográficas - adaptado e portátil - busquei possibilitar ao sujeito com deficiência elaborar seu próprio discurso, estimulando diálogos e a produção de imagens, articulando o desenquadramento e a precariedade como gesto. Contudo, os objetivos principais desse financiamento são três: arrecadar fundos para a ampliação de setenta e quatro fotografias por nós produzidas, enviar cópias das imagens para os participantes do projeto e efetuar a montagem da exposição Permanências do reencontro, que acontecerá durante o mês de julho deste ano, no Museu da Escola Catarinense.  


Construção dos equipamentos

Baseado na minha experiência ao trabalhar técnicas fotográficas com os alunos de uma instituição de educação especial na cidade de Curitiba, refleti sobre o interesse que essa atividade pode despertar nos participantes e quais as formas de expandir essa prática. A partir dessas considerações, iniciei as experimentações e estudos para o desenvolvimento de uma câmera fotográfica artesanal e de um laboratório portátil de revelação.

 


Sobre o processo

O trabalho é constituído pelo movimento de retorno às pessoas e comunidades com as quais já trabalhei como voluntário, na cidade de Itaiópolis, e como professor de Artes, em Curitiba. Após nosso reencontro, passei alguns dias com cada membro do projeto afim de ensinar os procedimentos fotográficos analógicos, o funcionamento dos equipamentos, a explicação da proposta e, finalmente, a elaboração de um roteiro fotográfico livre, baseado em uma autoapresentação e regida pelos interesses pessoais de cada membro. Através do processo poético, busquei estimular o diálogo com a comunidade e a produção de imagens a partir das escolhas temáticas individuais de cada integrante do projeto. A exposição que proponho é justamente a apresentação desses resultados.

 


As fotografias e as recompensas!

Colaborando com este projeto, você proporciona a exibição das imagens produzidas em nossas investidas fotográficas e, dependendo da recompensa escolhida, você pode possuir algumas dessas fotografias. Sim! As recompensas variam entre as pequenas impressões fotográficas até mesmo as obras originais da exposição. Você também pode ter, junto aos seus livros, o catálogo exclusivo da mostra, encadernado a mão.

Para os interessados em conhecer mais sobre o processo fotográfico e fotografar, há uma opção de recompensa que se trata de uma visita guiada com o artista à exposição e, no mesmo dia, uma oficina prática de imersão nos processos fotográficos usados no trabalho. Isso mesmo, você irá fotografar com a máquina artesanal construída exclusivamente para o projeto e de quebra revelará sua própria fotografia no laboratório portátil.

Mas lembre-se! Esse financiamento é tudo ou nada! Se a meta inicial for atingida, todos ganham! Se não chegarmos à meta, os benfeitores recebem o estorno de suas contribuições. Por isso, nos ajude a divulgar essa campanha, escolha sua recompensa e colabore também!

 

Estas são algumas fotografias entre as 74 que comporão a exposição:  

 


 


 


Orçamento

Como seu investimento será aplicado.

Metas

1ª 2.000

2ª 3.500

Links

https://www.facebook.com/desenquadramentos/

https://www.rafaelschultz.com.br/permanencias-do-reencontro

Olá! Sou Rafael Schultz e gostaria de te apresentar um projeto. Esta proposta constitui minha pesquisa de Doutorado em Artes Visuais, fruto de práticas participativas junto a pessoas com deficiência nas comunidades onde vivem. Por meio de um laboratório de experimentações fotográficas - adaptado e portátil - busquei possibilitar ao sujeito com deficiência elaborar seu próprio discurso, estimulando diálogos e a produção de imagens, articulando o desenquadramento e a precariedade como gesto. Contudo, os objetivos principais desse financiamento são três: arrecadar fundos para a ampliação de setenta e quatro fotografias por nós produzidas, enviar cópias das imagens para os participantes do projeto e efetuar a montagem da exposição Permanências do reencontro, que acontecerá durante o mês de julho deste ano, no Museu da Escola Catarinense.  


Construção dos equipamentos

Baseado na minha experiência ao trabalhar técnicas fotográficas com os alunos de uma instituição de educação especial na cidade de Curitiba, refleti sobre o interesse que essa atividade pode despertar nos participantes e quais as formas de expandir essa prática. A partir dessas considerações, iniciei as experimentações e estudos para o desenvolvimento de uma câmera fotográfica artesanal e de um laboratório portátil de revelação.

 


Sobre o processo

O trabalho é constituído pelo movimento de retorno às pessoas e comunidades com as quais já trabalhei como voluntário, na cidade de Itaiópolis, e como professor de Artes, em Curitiba. Após nosso reencontro, passei alguns dias com cada membro do projeto afim de ensinar os procedimentos fotográficos analógicos, o funcionamento dos equipamentos, a explicação da proposta e, finalmente, a elaboração de um roteiro fotográfico livre, baseado em uma autoapresentação e regida pelos interesses pessoais de cada membro. Através do processo poético, busquei estimular o diálogo com a comunidade e a produção de imagens a partir das escolhas temáticas individuais de cada integrante do projeto. A exposição que proponho é justamente a apresentação desses resultados.

 


As fotografias e as recompensas!

Colaborando com este projeto, você proporciona a exibição das imagens produzidas em nossas investidas fotográficas e, dependendo da recompensa escolhida, você pode possuir algumas dessas fotografias. Sim! As recompensas variam entre as pequenas impressões fotográficas até mesmo as obras originais da exposição. Você também pode ter, junto aos seus livros, o catálogo exclusivo da mostra, encadernado a mão.

Para os interessados em conhecer mais sobre o processo fotográfico e fotografar, há uma opção de recompensa que se trata de uma visita guiada com o artista à exposição e, no mesmo dia, uma oficina prática de imersão nos processos fotográficos usados no trabalho. Isso mesmo, você irá fotografar com a máquina artesanal construída exclusivamente para o projeto e de quebra revelará sua própria fotografia no laboratório portátil.

Mas lembre-se! Esse financiamento é tudo ou nada! Se a meta inicial for atingida, todos ganham! Se não chegarmos à meta, os benfeitores recebem o estorno de suas contribuições. Por isso, nos ajude a divulgar essa campanha, escolha sua recompensa e colabore também!

 

Estas são algumas fotografias entre as 74 que comporão a exposição:  

 


 


 


Orçamento

Como seu investimento será aplicado.

Metas

1ª 2.000

2ª 3.500

Links

https://www.facebook.com/desenquadramentos/

https://www.rafaelschultz.com.br/permanencias-do-reencontro

Rafael Schultz ainda não publicou nenhuma notícia.