[RJ] Promovendo o Agora |

[RJ] Promovendo o Agora

Colabore para o trabalho de quem precisa, proteção para os insubstituíveis e alimento verde para quem necessita.

Projeto por: Instituto de Estudos, Pesquisas e Ações Socioambientais
R$ 3.840,00
arrecadado
meta R$ 29.800,00

5
benfeitores

12%
arrecadado

17
dias restantes

PARCELE SEU PAGAMENTO EM ATÉ 6 VEZES

Ajude-nos a bater nossa meta até 14/06/2020 - 23:59


POR

Instituto de Estudos, Pesquisas e Ações Socioambientais

Instituto de Estudos, Pesquisas e Ações Socioambientais
R$ 10
Cartão virtual de agradecimento
Seja o primeiro a apoiar!
Iremos enviar um cartão de agradecimento personalizado para cada doador.
R$ 30
Cartão virtual + Marcador virtual
Seja o primeiro a apoiar!
Iremos entregar por e-mail um cartão virtual e um marcador de livro do projeto personalizado.
R$ 50
Kit – reconstruindo o agora
1 benfeitor apoiando
Um kit com 1 máscara reutilizável, um marcador de livro personalizado (físico) e o cartão de agradecimento personalizado (físico)

99 disponíveis.
R$ 100
Kit – reconstruindo o agora
Seja o primeiro a apoiar!
Um kit com 3 máscaras reutilizáveis, um marcador de livro personalizado (físico) e o cartão de agradecimento personalizado (físico)

100 disponíveis.
R$ 200
Apoiar essa campanha com R$ 200
Seja o primeiro a apoiar!
R$ 300
Apoiar essa campanha com R$ 300
Seja o primeiro a apoiar!
R$ 500
Apoiar essa campanha com R$ 500
Seja o primeiro a apoiar!
R$ 1.000
Apoiar essa campanha com R$ 1000
Seja o primeiro a apoiar!
R$ 3.000
Apoiar essa campanha com R$ 3000
Seja o primeiro a apoiar!

Não encontrou o que queria?

Outro valor

Nosso projeto tem três frentes de trabalho. A produção de máscaras, a proteção dos agricultores e seus familiares de pequeno porte e a distribuição de cestas básicas verdes (legumes, frutas, verduras e produtos de limpeza). Contrataremos um coletivo de mulheres em condições de vulnerabilidade social do bairro FIscher para confeccionar 4000 máscaras, colaborando com a geração de renda e diminuindo sua necessidade de procurar trabalho nesse período de pandemia. Cada costureira possui sua própria máquina de costurar e elas receberão os materiais por delivery. Posteriormente, as máscaras serão lavadas, embaladas em sacos plásticos individuais.

As máscaras reutilizáveis serão doadas para agricultores, seus familiares e transportadores de pequeno porte. Atualmente, tais caminhões são desinfectados pela prefeitura na saída do município. As máscaras estarão disponíveis para serem entregues nesse momento.

O projeto não para por aí, porque compraremos 50 cestas básicas de uma cooperativa rural que serão distribuídos para famílias necessitadas cadastradas em Teresópolis durante 3 meses.

A Inepas (Instituto de Estudos, Pesquisas e Ações Socioambientais) surgiu a partir dos movimentos sociais do município. Atuamos nas discussões de políticas públicas e
colaborando nas ações de planejamento social e ambiental. Nossa experiência tem sido com projetos de reciclagem de resíduos e com promoção de cidadania.

As experiências individuais da ong, com advogados, administradores e lideranças das comunidades nos permitiu entender os problemas fundamentais das  comunidades vulneráveis e pensar em formas de ajuda.

As comunidades carentes do município sofrem de problemas estruturais que a pobreza os submete. Casas pequenas, poucos recursos e a necessidade de arrumar algum dinheiro pela manhã para poder se alimentar. Nosso município acabou de decretar Lockdown (medida já esperada, pois estamos com 100% dos leitos de UTI ocupados) o que dificulta ainda mais esse tipo de trabalho. As condições sanitárias também não ajudam. Apenas a circulação para conseguir água e a intensa necessidade de pedir ou doar alimento entre os comunitários aumenta o contato entre as pessoas.

Match-funding é como uma vaquinha turbinada: uma nova modalidade de fomento, que mistura o financiamento coletivo (ou crowd-funding) com aporte de parceiros, que multiplicam a arrecadação. Para cada R$ 1 arrecadado pelos projetos selecionados por intermédio da plataforma da Benfeitoria, o Fundo Colaborativo Enfrente contribui com mais R$ 2, até que o valor de R$30.000 seja alcançado.

O Fundo Colaborativo Enfrente, composto pela Fundação Tide Setubal e demais parceiros (vide aba “Parceiros” em benfeitoria.com/enfrente) poderá aportar o total de mais R$ 4.000.000,00 (quatro milhões de reais) para triplicar a arrecadação de campanhas de financiamento coletivo de iniciativas que enfrentem os efeitos do Coronavírus nas periferias urbanas brasileiras. Por se tratar de um Fundo Colaborativo e aberto a novos parceiros, o montante destinado a triplicação dos projetos pode ainda aumentar, possibilitando um número maior de iniciativas contempladas.

 

Instituto de Estudos, Pesquisas e Ações Socioambientais ainda não publicou nenhuma notícia.

Nosso projeto tem três frentes de trabalho. A produção de máscaras, a proteção dos agricultores e seus familiares de pequeno porte e a distribuição de cestas básicas verdes (legumes, frutas, verduras e produtos de limpeza). Contrataremos um coletivo de mulheres em condições de vulnerabilidade social do bairro FIscher para confeccionar 4000 máscaras, colaborando com a geração de renda e diminuindo sua necessidade de procurar trabalho nesse período de pandemia. Cada costureira possui sua própria máquina de costurar e elas receberão os materiais por delivery. Posteriormente, as máscaras serão lavadas, embaladas em sacos plásticos individuais.

As máscaras reutilizáveis serão doadas para agricultores, seus familiares e transportadores de pequeno porte. Atualmente, tais caminhões são desinfectados pela prefeitura na saída do município. As máscaras estarão disponíveis para serem entregues nesse momento.

O projeto não para por aí, porque compraremos 50 cestas básicas de uma cooperativa rural que serão distribuídos para famílias necessitadas cadastradas em Teresópolis durante 3 meses.

A Inepas (Instituto de Estudos, Pesquisas e Ações Socioambientais) surgiu a partir dos movimentos sociais do município. Atuamos nas discussões de políticas públicas e
colaborando nas ações de planejamento social e ambiental. Nossa experiência tem sido com projetos de reciclagem de resíduos e com promoção de cidadania.

As experiências individuais da ong, com advogados, administradores e lideranças das comunidades nos permitiu entender os problemas fundamentais das  comunidades vulneráveis e pensar em formas de ajuda.

As comunidades carentes do município sofrem de problemas estruturais que a pobreza os submete. Casas pequenas, poucos recursos e a necessidade de arrumar algum dinheiro pela manhã para poder se alimentar. Nosso município acabou de decretar Lockdown (medida já esperada, pois estamos com 100% dos leitos de UTI ocupados) o que dificulta ainda mais esse tipo de trabalho. As condições sanitárias também não ajudam. Apenas a circulação para conseguir água e a intensa necessidade de pedir ou doar alimento entre os comunitários aumenta o contato entre as pessoas.

Match-funding é como uma vaquinha turbinada: uma nova modalidade de fomento, que mistura o financiamento coletivo (ou crowd-funding) com aporte de parceiros, que multiplicam a arrecadação. Para cada R$ 1 arrecadado pelos projetos selecionados por intermédio da plataforma da Benfeitoria, o Fundo Colaborativo Enfrente contribui com mais R$ 2, até que o valor de R$30.000 seja alcançado.

O Fundo Colaborativo Enfrente, composto pela Fundação Tide Setubal e demais parceiros (vide aba “Parceiros” em benfeitoria.com/enfrente) poderá aportar o total de mais R$ 4.000.000,00 (quatro milhões de reais) para triplicar a arrecadação de campanhas de financiamento coletivo de iniciativas que enfrentem os efeitos do Coronavírus nas periferias urbanas brasileiras. Por se tratar de um Fundo Colaborativo e aberto a novos parceiros, o montante destinado a triplicação dos projetos pode ainda aumentar, possibilitando um número maior de iniciativas contempladas.

 

Instituto de Estudos, Pesquisas e Ações Socioambientais ainda não publicou nenhuma notícia.