Rede Iaô de Economia Criativa |

Rede Iaô de Economia Criativa

Em 2022, a Rede Iaô dará continuidade às ações de geração de renda para microempreendedores individuais e não formais de Salvador. Seja um parceiro!

Projeto por: Anderson Bispo
R$ 9.225,00
arrecadado
meta R$ 90.000,00

28
benfeitores

10%
arrecadado

10
dias restantes

PARCELE SEU PAGAMENTO EM ATÉ 6 VEZES

É tudo ou nada! Precisamos bater a meta até 31/01/2022 - 23:59


POR

Anderson Bispo

Anderson Bispo
R$ 15
Eu apoio!
10 benfeitores apoiando
Colaborando com R$15,00 você se torna um importante parceiro da Rede Iaô. Como recompensa, você receberá uma carta digital com nossos agradecimentos.
R$ 35
Eu sou um parceiro!
4 benfeitores apoiando
Apoiando com R$35,00 você se torna um parceiro da economia criativa e solidária de Salvador. Como recompensa, enviaremos um bloco de notas com arte do projeto.

96 disponíveis.
R$ 70
Eu visto a camisa!
3 benfeitores apoiando
Com R$70,00 você está disposto a vestir a camisa para realização desse projeto potente. Enviaremos para você uma Camiseta com arte da Rede Iaô.

47 disponíveis.
R$ 100
Eu ajudo a acontecer!
3 benfeitores apoiando
Contribuindo com R$100,00 você mostra que compreende a importância da colaboração para a construção de realidades mais justas. Como agradecimento, oferecemos a você o link exclusivo para live pocket show voz e violão de Margareth Menezes.

95 disponíveis.
R$ 1.000
Eu realizo!
Seja o primeiro a apoiar!
Investindo R$1.000,00 você está tornando realidade o propósito da Rede Iaô de Economia Criativa. Como agradecimento, enviaremos para você uma peça de Artesanato da Rede Iaô + Link exclusivo para live pocket show voz e violão de Margareth Menezes.

20 disponíveis.
R$ 2.000
Vamos juntos!
Seja o primeiro a apoiar!
Parabéns! Você é um grande parceiro da economia criativa e solidária. Em agradecimento, oferecemos uma peça de Artesanato da Rede Iaô + link exclusivo para live pocket show voz e violão de Margareth Menezes + camiseta com arte da Rede Iaô.

10 disponíveis.

Não encontrou o que queria?

Apoie com qualquer valor

Em 17 anos de trabalho, a Fábrica Cultural, organização social de Salvador, através de seus projetos, como a Rede Iaô, já qualificou para o trabalho mais de 500 jovens, mulheres e grupos produtivos, e criou mais de 1000 espaços temporários de escoamento da produção de artesãos da Península de Itapagipe, ações que contribuíram com formação e fortalecimento de negócios, conquista de emprego e geração de renda.

 

Em 2021, qualificamos mais de 80 microempreendedores individuais e não formais de Salvador, preparando-lhes para lidar com o mercado, aumentando a chance de sobrevivência e crescimento de seus negócios.

 

Para dar continuidade a esse trabalho potente, precisamos de você. Este financiamento coletivo vai permitir a realização de diversas ações de fortalecimento da Rede Iaô, como a construção de um catálogo digital de apresentação dos serviços e produtos dos empreendedores, construção de uma página exclusiva para o projeto no site da Fábrica Cultural, mentorias e curadoria de produtos dos empreendedores para 2 ações de comercialização em 2022, gerando renda para esses atores da economia criativa. Fortaleça essa ação, seja um parceiro!

 

 

yxI85gj.png

 

Com o valor arrecadado, realizaremos uma série de ações de fortalecimento da Rede Iaô, rede formada por microempreendedores criativos atendidos pela Fábrica Cultural.

 

Catálogo de produtos: construção de um catálogo virtual contendo informações sobre os empreendedores, facilitando o acesso de potenciais clientes aos seus produtos e serviços. O catálogo também será uma ferramenta para que a Rede Iaô apresente os empreendedores a feiras e outros projetos de comercialização de produtos da economia criativa, possibilitando outras fontes de geração de renda;

 

Página para o projeto: criação de uma página no site da Fábrica Cultural, onde disponibilizaremos os vídeos das aulas realizadas em 2021, como primeira meta do projeto, possibilitando a formação de outros públicos interessados. A página conterá outras informações importantes sobre o projeto;

 

Mentorias: realização periódica de aconselhamento aos empreendedores atenditos pela Rede Iaô, a fim de promover uma formação continuada, garantindo o aumento da qualidade dos serviços prestados pelos empreendedores e a promoção de boas práticas na gestão de seus negócios;

 

Escoamento da produção: garantia de participação dos empreendedores em duas ações de comercialização de seus produtos. Será composto o espaço Rede Iaô, que terá uma temporada na loja do Artesanato da Bahia, em shopping de Salvador, e no Mercado Iaô, grande projeto de Economia Criativa, com programação artística e grande circulação de pessoas, promovendo a divulgação dos empreendimentos e a geração de renda por meio da venda a diversos públicos. Para participação nas ações, serão realizadas curadorias de produtos.

 

 

M6uasbt.png

 

Para dar continuidade ao trabalho da Rede Iaô, contamos com a parceria da Benfeitoria e Fundação Tide Setúbal no Matchfunding, uma modalidade de financiamento coletivo combinado. A cada 1 real doado, a Fundação Tide Setubal investirá mais 2 reais. Se ao final da campanha alcançarmos 100% da meta, receberemos o dinheiro arrecadado e entregaremos as recompensas para os doadores. Caso a campanha não atinja o valor necessário, o dinheiro volta para os colaboradores. Ou seja, é tudo ou nada!

 

ELWVYfB.png

 

R$15,00 – Colaborando com R$15,00 você se torna um importante parceiro da Rede Iaô. Como recompensa, você receberá uma carta digital com nossos agradecimentos.

 

R$35,00 – Apoiando com R$35,00 você se torna um parceiro da economia criativa e solidária de Salvador. Como recompensa, enviaremos um bloco de notas com arte do projeto.

 

R$70,00 – Com R$70,00 você está disposto a vestir a camisa para realização desse projeto potente. Enviaremos para você uma Camiseta com arte da Rede Iaô.

 

R$100,00 – Contribuindo com R$100,00 você mostra que compreende a importância da colaboração para a construção de realidades mais justas. Como agradecimento, oferecemos a você o link exclusivo para live pocket show voz e violão de Margareth Menezes.

 

R$1.000,00 - Investindo R$1.000,00 você está tornando realidade o propósito da Rede Iaô de Economia Criativa. Como agradecimento, enviaremos para você uma peça de Artesanato da Rede Iaô + Link exclusivo para live pocket show voz e violão de Margareth Menezes.

 

R$2.000,00 ou mais – Parabéns! Você é um grande parceiro da economia criativa e solidária. Em agradecimento, oferecemos uma peça de Artesanato da Rede Iaô + link exclusivo para live pocket show voz e violão de Margareth Menezes + camiseta com arte da Rede Iaô.

 

 

BSDoOEQ.png

 

Criada em 2004, a Fábrica Cultural nasce do desejo de Margareth Menezes de contribuir com o desenvolvimento de seu local de origem, a Península de Itapagipe, periferia de Salvador. No passado, polo industrial da capital baiana, a Península de Itapagipe contou, por muito tempo, com forte presença da indústria têxtil, abrigando grandes fábricas que em seus anos áureos empregou um índice significativo de pessoas, e contribuiu com o aumento populacional do Território.

 

Com a diminuição do potencial econômico e o abandono de prédios residenciais e industriais – cujas ruínas foram precariamente transformadas em abrigos –, a Península é relegada a um processo de degradação. É nesse lugar de belezas naturais e de carências sociais, que a Fábrica Cultural desenvolve o seu trabalho há 17 anos, tendo atendido mais de 10 mil pessoas em projetos de educação, cultura e desenvolvimento sustentável.

 

Enxergando a riqueza criativa do território e o potencial de geração de negócios, renda e postos de trabalho da Economia Criativa, bem como as limitações mercadológicas enfrentadas pelos empreendedores deste segmento de arte e cultura, e os grandes desafios para garantir a competitividade e sustentabilidade desses negócios, a Fábrica Cultural desenvolve a Rede Iaô de Economia Criativa.

 

A Rede Iaô reúne microempreendedores individuais e/ou não formais, que viram na criatividade uma forma de gerar renda e garantir a sua sobrevivência em um mercado de trabalho cada vez menos acolhedor. Esse público tem na rede Iaô a possibilidade de qualificação, o fomento do trabalho em rede, troca de experiências, assim como o acompanhamento e a divulgação de seus negócios para o grande público, uma demanda constante dos artesãos, pequenos produtores de alimentos e demais empreendedores criativos assistidos pela Organização.

 

Ao longo dos anos, a rede Iaô já qualificou mais de 500 jovens, mulheres e grupos produtivos, e criou mais de 1000 espaços temporários de escoamento da produção de artesãos da Península de Itapagipe, ações que contribuíram com formação e fortalecimento de negócios, conquista de emprego e geração de renda. Junto com a Benfeitoria, a Fundação Tide Setúbal e Você, através do Matchfunding Enfrente, realizamos o primeiro ano de ações que contemplam microempreendedores das periferias de Salvador, e contamos com a sua parceria para dar continuidade a esse trabalho potente pelos próximos dois anos.

 

Anderson Bispo ainda não publicou nenhuma notícia.

Em 17 anos de trabalho, a Fábrica Cultural, organização social de Salvador, através de seus projetos, como a Rede Iaô, já qualificou para o trabalho mais de 500 jovens, mulheres e grupos produtivos, e criou mais de 1000 espaços temporários de escoamento da produção de artesãos da Península de Itapagipe, ações que contribuíram com formação e fortalecimento de negócios, conquista de emprego e geração de renda.

 

Em 2021, qualificamos mais de 80 microempreendedores individuais e não formais de Salvador, preparando-lhes para lidar com o mercado, aumentando a chance de sobrevivência e crescimento de seus negócios.

 

Para dar continuidade a esse trabalho potente, precisamos de você. Este financiamento coletivo vai permitir a realização de diversas ações de fortalecimento da Rede Iaô, como a construção de um catálogo digital de apresentação dos serviços e produtos dos empreendedores, construção de uma página exclusiva para o projeto no site da Fábrica Cultural, mentorias e curadoria de produtos dos empreendedores para 2 ações de comercialização em 2022, gerando renda para esses atores da economia criativa. Fortaleça essa ação, seja um parceiro!

 

 

yxI85gj.png

 

Com o valor arrecadado, realizaremos uma série de ações de fortalecimento da Rede Iaô, rede formada por microempreendedores criativos atendidos pela Fábrica Cultural.

 

Catálogo de produtos: construção de um catálogo virtual contendo informações sobre os empreendedores, facilitando o acesso de potenciais clientes aos seus produtos e serviços. O catálogo também será uma ferramenta para que a Rede Iaô apresente os empreendedores a feiras e outros projetos de comercialização de produtos da economia criativa, possibilitando outras fontes de geração de renda;

 

Página para o projeto: criação de uma página no site da Fábrica Cultural, onde disponibilizaremos os vídeos das aulas realizadas em 2021, como primeira meta do projeto, possibilitando a formação de outros públicos interessados. A página conterá outras informações importantes sobre o projeto;

 

Mentorias: realização periódica de aconselhamento aos empreendedores atenditos pela Rede Iaô, a fim de promover uma formação continuada, garantindo o aumento da qualidade dos serviços prestados pelos empreendedores e a promoção de boas práticas na gestão de seus negócios;

 

Escoamento da produção: garantia de participação dos empreendedores em duas ações de comercialização de seus produtos. Será composto o espaço Rede Iaô, que terá uma temporada na loja do Artesanato da Bahia, em shopping de Salvador, e no Mercado Iaô, grande projeto de Economia Criativa, com programação artística e grande circulação de pessoas, promovendo a divulgação dos empreendimentos e a geração de renda por meio da venda a diversos públicos. Para participação nas ações, serão realizadas curadorias de produtos.

 

 

M6uasbt.png

 

Para dar continuidade ao trabalho da Rede Iaô, contamos com a parceria da Benfeitoria e Fundação Tide Setúbal no Matchfunding, uma modalidade de financiamento coletivo combinado. A cada 1 real doado, a Fundação Tide Setubal investirá mais 2 reais. Se ao final da campanha alcançarmos 100% da meta, receberemos o dinheiro arrecadado e entregaremos as recompensas para os doadores. Caso a campanha não atinja o valor necessário, o dinheiro volta para os colaboradores. Ou seja, é tudo ou nada!

 

ELWVYfB.png

 

R$15,00 – Colaborando com R$15,00 você se torna um importante parceiro da Rede Iaô. Como recompensa, você receberá uma carta digital com nossos agradecimentos.

 

R$35,00 – Apoiando com R$35,00 você se torna um parceiro da economia criativa e solidária de Salvador. Como recompensa, enviaremos um bloco de notas com arte do projeto.

 

R$70,00 – Com R$70,00 você está disposto a vestir a camisa para realização desse projeto potente. Enviaremos para você uma Camiseta com arte da Rede Iaô.

 

R$100,00 – Contribuindo com R$100,00 você mostra que compreende a importância da colaboração para a construção de realidades mais justas. Como agradecimento, oferecemos a você o link exclusivo para live pocket show voz e violão de Margareth Menezes.

 

R$1.000,00 - Investindo R$1.000,00 você está tornando realidade o propósito da Rede Iaô de Economia Criativa. Como agradecimento, enviaremos para você uma peça de Artesanato da Rede Iaô + Link exclusivo para live pocket show voz e violão de Margareth Menezes.

 

R$2.000,00 ou mais – Parabéns! Você é um grande parceiro da economia criativa e solidária. Em agradecimento, oferecemos uma peça de Artesanato da Rede Iaô + link exclusivo para live pocket show voz e violão de Margareth Menezes + camiseta com arte da Rede Iaô.

 

 

BSDoOEQ.png

 

Criada em 2004, a Fábrica Cultural nasce do desejo de Margareth Menezes de contribuir com o desenvolvimento de seu local de origem, a Península de Itapagipe, periferia de Salvador. No passado, polo industrial da capital baiana, a Península de Itapagipe contou, por muito tempo, com forte presença da indústria têxtil, abrigando grandes fábricas que em seus anos áureos empregou um índice significativo de pessoas, e contribuiu com o aumento populacional do Território.

 

Com a diminuição do potencial econômico e o abandono de prédios residenciais e industriais – cujas ruínas foram precariamente transformadas em abrigos –, a Península é relegada a um processo de degradação. É nesse lugar de belezas naturais e de carências sociais, que a Fábrica Cultural desenvolve o seu trabalho há 17 anos, tendo atendido mais de 10 mil pessoas em projetos de educação, cultura e desenvolvimento sustentável.

 

Enxergando a riqueza criativa do território e o potencial de geração de negócios, renda e postos de trabalho da Economia Criativa, bem como as limitações mercadológicas enfrentadas pelos empreendedores deste segmento de arte e cultura, e os grandes desafios para garantir a competitividade e sustentabilidade desses negócios, a Fábrica Cultural desenvolve a Rede Iaô de Economia Criativa.

 

A Rede Iaô reúne microempreendedores individuais e/ou não formais, que viram na criatividade uma forma de gerar renda e garantir a sua sobrevivência em um mercado de trabalho cada vez menos acolhedor. Esse público tem na rede Iaô a possibilidade de qualificação, o fomento do trabalho em rede, troca de experiências, assim como o acompanhamento e a divulgação de seus negócios para o grande público, uma demanda constante dos artesãos, pequenos produtores de alimentos e demais empreendedores criativos assistidos pela Organização.

 

Ao longo dos anos, a rede Iaô já qualificou mais de 500 jovens, mulheres e grupos produtivos, e criou mais de 1000 espaços temporários de escoamento da produção de artesãos da Península de Itapagipe, ações que contribuíram com formação e fortalecimento de negócios, conquista de emprego e geração de renda. Junto com a Benfeitoria, a Fundação Tide Setúbal e Você, através do Matchfunding Enfrente, realizamos o primeiro ano de ações que contemplam microempreendedores das periferias de Salvador, e contamos com a sua parceria para dar continuidade a esse trabalho potente pelos próximos dois anos.

 

Anderson Bispo ainda não publicou nenhuma notícia.