Reformas populares - Arquitetas Nômades |

Reformas populares - Arquitetas Nômades

Arquitetas Nômades é um negócio de impacto social cujo propósito é transformar a realidade habitacional brasileira.

Projeto por: AMANDA ALMEIDA CARVALHO
R$ 25.783,00
arrecadado
meta R$ 15.314,00

193 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.

POR

AMANDA ALMEIDA CARVALHO

AMANDA ALMEIDA CARVALHO

Arquiteta e Urbanista com experiência nacional e internacional. Acredita que através da arquitetura e da tecnologia pode impactar positivamente a vida de milhares de pessoas.

R$ 25
Muito obrigado!
62 benfeitores apoiando
Ao contribuir com esse valor você receberá um agradecimento especial nas nossas redes sociais; (Facebook e Instagram).
R$ 50
Combo 2
44 benfeitores apoiando
Ao contribuir com esse valor você receberá: - Cartão virtual de agradecimento personalizado por e-mail; - Adesivo personalizado da Arquitetas Nômades para colar onde quiser; - Agradecimento especial nas nossas redes sociais; (Facebook e Instagram);
R$ 100
Combo 3
41 benfeitores apoiando
Ao contribuir com esse valor você receberá: - Newsletter semanal com acompanhamento do andamento até a finalização das obras; - Webnário: Empreendedorismo social; Vem com a gente!; - Cartão virtual personalizado por e-mail; - Adesivo personalizado da Arquitetas Nômades para colar onde quiser; - Agradecimento especial nas nossas redes sociais; (Facebook e Instagram);
R$ 200
Combo 4
17 benfeitores apoiando
Ao contribuir com esse valor você receberá: - 1 Camisa personalizada da Arquitetas Nômades; - Newsletter semanal com acompanhamento do andamento até a finalização das obras; - Webnário: Empreendedorismo social; Vem com a gente!; - Cartão virtual personalizado por e-mail; - Adesivo personalizado da Arquitetas Nômades para colar onde quiser; - Agradecimento especial nas nossas redes sociais; (Facebook e Instagram);

13 disponíveis.
R$ 500
Combo 5
3 benfeitores apoiando
Ao contribuir com esse valor você receberá: - Pessoas Físicas: Agradecimento especial em nosso site; - Empresas: Agradecimento especial com o nome e logo em nosso site; - Agradecimento na foto da família nas redes sociais; - 1 Camisa personalizada da Arquitetas Nômades; - Newsletter semanal com acompanhamento do andamento até a finalização das obras; - Webnário: Empreendedorismo social; Vem com a gente!; - Cartão virtual personalizado por e-mail; - Adesivo personalizado da Arquitetas Nômades para colar onde quiser;

2 disponíveis.
R$ 1.000
Combo 6
3 benfeitores apoiando
Ao contribuir com esse valor você receberá: - 1 Vídeo com os resultados de reforma ao final das obras com agradecimento especial no final; - Pessoas Físicas: Agradecimento especial em nosso site; - Empresas: Agradecimento especial com o nome e logo em nosso site; - Agradecimento na foto da família nas redes sociais; - 1 Camisa personalizada da Arquitetas Nômades; - Newsletter semanal com acompanhamento do andamento até a finalização das obras; - Webnário: Empreendedorismo social; Vem com a gente!; - Cartão virtual personalizado por e-mail; - Adesivo personalizado da Arquitetas Nômades para colar onde quiser;

indisponível.

                         Nossa proposta de valor é contribuir para que habitações precárias se tornem moradias dignas e lares felizes. Queremos unir a arquitetura ao propósito social.  


                         Antes de contar nossa trajetória profissional e desafios, gostaríamos de compartilhar a história de uma família residente em Minas Gerais.

                         Dona Vanir mora com outros cinco familiares em uma pequena residência no bairro de Matozinhos, em São João Del Rey. A família que possui uma renda mensal de R$ 1800,00  não conseguia dar início a sua necessária reforma residencial e dividiam, diariamente, o único banheiro da casa.


Você deve estar curioso para saber mais informações sobre a Dona Vanir. Então, antes de continuar essa história vamos compartilhar algumas informações alarmantes: 

Segundo dados do déficit habitacional da Fundação João Pinheiro (2013-2014), 11,275 milhões de domicílios urbanos são carentes de pelo menos um tipo de serviço de infraestrutura, o correspondente a 19,5% dos domicílios particulares permanentes urbanos do país. Na região Sudeste, esse número é de 2,092 milhões habitações. Porém, as residências que possuem água, luz, esgoto, coleta de lixo e banheiro exclusivo, mas que se encontram em péssimo estado (assim como desta residência)  são consideradas ADEQUADAS à moradia. Sendo assim, estima-se que no Brasil existam mais de 15 MILHÕES de tetos que se passam por lares.  
                                Diante desta problemática, você pode estar se perguntando: “ Por que estas famílias não conseguem reformar suas casas? ” Para solucionar esta questão, fomos justamente, atrás dessas famílias. 
                               Percebemos então, que muitas delas não possuem acesso ao crédito, geralmente trabalham informalmente e não conseguem comprovar renda. Apesar das baixas condições financeiras, elas não desistem do sonho da reforma e da moradia digna e costumam comprar os materiais de construção aos poucos, mas o desenrolar das reformas, associados à autogestão e à falta de assistência técnica, faz com que as obras iniciadas nunca cheguem ao fim, gerando desperdícios, prejuízos e decaimento da qualidade de vida. Para piorar, as iniciativas habitacionais do governo são voltadas à construções do zero. 
                               Diante disso, nos perguntamos, como contribuir com moradias mais dignas sem depender de subsídios governamentais e grande capital monetário?  
                               A arquitetura é vista pelas classes mais baixas como um serviço direcionado à elite. Nós, como equipe multidisciplinar, não concordamos com isso e acreditamos que a arquitetura possui outro viés diante da sociedade. 
                               


 

                              Somos um negócio social, voltado a reformas populares de questões urgentes, que atende famílias de baixa renda. Nós, da Arquitetas nômades, não nos conformamos com o atual cenário de déficit habitacional e, hoje, transformamos habitações precárias em lares felizes!  
Tivemos o imenso prazer de concluir a reforma do banheiro da família da Dona Vanir. O lar, a comunidade e as Arquitetas Nômades, ganharam uma nova experiência para compartilhar. 

O que nos move, é a transformação que a reforma proporciona na vida dessas pessoas. Ela não possui apenas caráter físico, mas também social e emocional.  


                                Realizamos reformas por etapas a preços acessíveis, de acordo com a condição financeira do cliente. Nosso foco são reformas de baixa complexidade, que podem custar até R$5.000,00. O pagamento pode ser realizado em até 36 vezes, para que assim, o contemplado tenha todo o suporte e acesso ao pagamento da reforma. 
                               Como o nosso pouco tempo de operação contemplamos famílias em São João Del Rei com a pretensão de expandir para outras cidades do interior de Minas Gerais, sendo a próxima Iturama. 
                               Para essa expansão contaremos com uma rede de profissionais técnicos parceiros que se identificaram com a nossa causa e se propuseram a trabalhar para a população de baixa renda à preços acessíveis, sendo possível assim, escalar o negócio.  


                                Uma palavra que define nossa equipe e projeto, é COMPARTILHAR EXPERIÊNCIA. 

Sabendo disso, gostaríamos de contar mais uma, OPA, algumas histórias para vocês:  

                                Estamos nos planejando para reformar três moradias. Vamos conhecer um pouquinho de cada uma delas: 

1. Família da D. Maria do Espírito Santo 

Renda familiar: R$ 2.000,00 - 6 pessoas 

O que será feito e principais problemas a serem resolvidos: 

- Banheiro: parede com trincas estruturais grandes, será necessário reforçar a estrutura; corrigir a infiltração e umidade, trocar todo o revestimento que está destacando. 

- Telhado: colocar nova cobertura e impermeabilizar a laje para corrigir infiltração.  

   Banheiro atual: 


 

Como o banheiro ficará após a reforma:

 

2. Família da D. Regiane 

                          Renda familiar: R$ 800,00 + rena não informada do filho menor aprendiz - 6 pessoas 

O que será feito e principais problemas a serem resolvidos: 

- Mudança de layout: há um cômodo inutilizado no centro da casa, vamos transformá-lo em cozinha, dessa forma será possível aumentar o único quarto dos 4 filhos, além de melhorar a ventilação e iluminação natural que é precária. Com o espaço otimizado será possível fazer uma pequena área de serviço no local. 

- Será necessário assentar piso e/ou revestimentos na cozinha e quarto; além de nivelar o os cômodos da casa;

Ambientes como estão hoje: 

Como ficarão após reforma: 

 

3. Família da Ana Paula 

      Renda familiar: R$ 2.200,00 - 4 pessoas 

O que será feito e principais problemas a serem resolvidos: 

- Nessa família há uma pessoa com transtorno mental e outra com paralisia cerebral e dificuldade de mobilidade; será necessário adaptar o banheiro à acessibilidade e reformá-lo por inteiro, já que encontra-se precário.  

- Será necessário impermeabilizar e reformar a laje para corrigir a infiltração e suportar o peso da caixa d’água; 

- A cozinha está no contrapiso e muito desnivelada, vamos regularizar, assentar pisos e revestimentos;  

- Será necessário fazer alguns reforços estruturais; 

Ambientes como estão hoje:  

Como ficarão após reforma: 

Veja outras imagens e saiba mais sobre a situação de cada família neste link. Todas as casas estão carentes de mais reformas, para este ciclo, selecionamos as intervenções mais urgentes e necessárias; 


  

Como iremos investir todo esse dinheiro do financiamento coletivo?

Para sermos o mais transparente e esclarecedor possível, criamos uma planilha para sanar todos os questionamentos e dúvidas. Acesse através deste link.

Para conseguir solucionar por completo as questões mais urgentes das casas, além do dinheiro arrecadado através da plataforma precisaremos também de cerca de R$6300,00  em doação de materiais que serão repassados diretamente às famílias. Quer saber outros meios de colaborar? entre em contato através do e-mail: contato@arquitetasnomades.com.br ou através do telefone: (32) 98887-6391 e (31) 97328-9727.

O Financiamento Coletivo é uma ferramenta muito utilizada para viabilizar produtos e projetos de diversos segmentos por meio de um contato direto entre os criadores e os colaboradores interessados. E é aí que você pode colaborar conosco! Você escolhe um valor, contribui com o projeto e, em troca, recebe uma recompensa! As recompensas foram organizadas com muito carinho e queremos que você saiba o quanto sua colaboração é importante e o quanto estamos agradecidos por ter você fazendo parte da nossa jornada. 
Para facilitar o entendimento de como é o processo de doação, exemplificamos na imagem abaixo:  

 


Quer saber como pode colaborar e se informar mais sobre a iniciativa?

Acesse nosso site: www.arquitetasnomades.com.br   e nos acompanhe em nossas redes sociais: Facebook: Arquitetas Nômades / Instagram: @arquitetasnomades

                         Nossa proposta de valor é contribuir para que habitações precárias se tornem moradias dignas e lares felizes. Queremos unir a arquitetura ao propósito social.  


                         Antes de contar nossa trajetória profissional e desafios, gostaríamos de compartilhar a história de uma família residente em Minas Gerais.

                         Dona Vanir mora com outros cinco familiares em uma pequena residência no bairro de Matozinhos, em São João Del Rey. A família que possui uma renda mensal de R$ 1800,00  não conseguia dar início a sua necessária reforma residencial e dividiam, diariamente, o único banheiro da casa.


Você deve estar curioso para saber mais informações sobre a Dona Vanir. Então, antes de continuar essa história vamos compartilhar algumas informações alarmantes: 

Segundo dados do déficit habitacional da Fundação João Pinheiro (2013-2014), 11,275 milhões de domicílios urbanos são carentes de pelo menos um tipo de serviço de infraestrutura, o correspondente a 19,5% dos domicílios particulares permanentes urbanos do país. Na região Sudeste, esse número é de 2,092 milhões habitações. Porém, as residências que possuem água, luz, esgoto, coleta de lixo e banheiro exclusivo, mas que se encontram em péssimo estado (assim como desta residência)  são consideradas ADEQUADAS à moradia. Sendo assim, estima-se que no Brasil existam mais de 15 MILHÕES de tetos que se passam por lares.  
                                Diante desta problemática, você pode estar se perguntando: “ Por que estas famílias não conseguem reformar suas casas? ” Para solucionar esta questão, fomos justamente, atrás dessas famílias. 
                               Percebemos então, que muitas delas não possuem acesso ao crédito, geralmente trabalham informalmente e não conseguem comprovar renda. Apesar das baixas condições financeiras, elas não desistem do sonho da reforma e da moradia digna e costumam comprar os materiais de construção aos poucos, mas o desenrolar das reformas, associados à autogestão e à falta de assistência técnica, faz com que as obras iniciadas nunca cheguem ao fim, gerando desperdícios, prejuízos e decaimento da qualidade de vida. Para piorar, as iniciativas habitacionais do governo são voltadas à construções do zero. 
                               Diante disso, nos perguntamos, como contribuir com moradias mais dignas sem depender de subsídios governamentais e grande capital monetário?  
                               A arquitetura é vista pelas classes mais baixas como um serviço direcionado à elite. Nós, como equipe multidisciplinar, não concordamos com isso e acreditamos que a arquitetura possui outro viés diante da sociedade. 
                               


 

                              Somos um negócio social, voltado a reformas populares de questões urgentes, que atende famílias de baixa renda. Nós, da Arquitetas nômades, não nos conformamos com o atual cenário de déficit habitacional e, hoje, transformamos habitações precárias em lares felizes!  
Tivemos o imenso prazer de concluir a reforma do banheiro da família da Dona Vanir. O lar, a comunidade e as Arquitetas Nômades, ganharam uma nova experiência para compartilhar. 

O que nos move, é a transformação que a reforma proporciona na vida dessas pessoas. Ela não possui apenas caráter físico, mas também social e emocional.  


                                Realizamos reformas por etapas a preços acessíveis, de acordo com a condição financeira do cliente. Nosso foco são reformas de baixa complexidade, que podem custar até R$5.000,00. O pagamento pode ser realizado em até 36 vezes, para que assim, o contemplado tenha todo o suporte e acesso ao pagamento da reforma. 
                               Como o nosso pouco tempo de operação contemplamos famílias em São João Del Rei com a pretensão de expandir para outras cidades do interior de Minas Gerais, sendo a próxima Iturama. 
                               Para essa expansão contaremos com uma rede de profissionais técnicos parceiros que se identificaram com a nossa causa e se propuseram a trabalhar para a população de baixa renda à preços acessíveis, sendo possível assim, escalar o negócio.  


                                Uma palavra que define nossa equipe e projeto, é COMPARTILHAR EXPERIÊNCIA. 

Sabendo disso, gostaríamos de contar mais uma, OPA, algumas histórias para vocês:  

                                Estamos nos planejando para reformar três moradias. Vamos conhecer um pouquinho de cada uma delas: 

1. Família da D. Maria do Espírito Santo 

Renda familiar: R$ 2.000,00 - 6 pessoas 

O que será feito e principais problemas a serem resolvidos: 

- Banheiro: parede com trincas estruturais grandes, será necessário reforçar a estrutura; corrigir a infiltração e umidade, trocar todo o revestimento que está destacando. 

- Telhado: colocar nova cobertura e impermeabilizar a laje para corrigir infiltração.  

   Banheiro atual: 


 

Como o banheiro ficará após a reforma:

 

2. Família da D. Regiane 

                          Renda familiar: R$ 800,00 + rena não informada do filho menor aprendiz - 6 pessoas 

O que será feito e principais problemas a serem resolvidos: 

- Mudança de layout: há um cômodo inutilizado no centro da casa, vamos transformá-lo em cozinha, dessa forma será possível aumentar o único quarto dos 4 filhos, além de melhorar a ventilação e iluminação natural que é precária. Com o espaço otimizado será possível fazer uma pequena área de serviço no local. 

- Será necessário assentar piso e/ou revestimentos na cozinha e quarto; além de nivelar o os cômodos da casa;

Ambientes como estão hoje: 

Como ficarão após reforma: 

 

3. Família da Ana Paula 

      Renda familiar: R$ 2.200,00 - 4 pessoas 

O que será feito e principais problemas a serem resolvidos: 

- Nessa família há uma pessoa com transtorno mental e outra com paralisia cerebral e dificuldade de mobilidade; será necessário adaptar o banheiro à acessibilidade e reformá-lo por inteiro, já que encontra-se precário.  

- Será necessário impermeabilizar e reformar a laje para corrigir a infiltração e suportar o peso da caixa d’água; 

- A cozinha está no contrapiso e muito desnivelada, vamos regularizar, assentar pisos e revestimentos;  

- Será necessário fazer alguns reforços estruturais; 

Ambientes como estão hoje:  

Como ficarão após reforma: 

Veja outras imagens e saiba mais sobre a situação de cada família neste link. Todas as casas estão carentes de mais reformas, para este ciclo, selecionamos as intervenções mais urgentes e necessárias; 


  

Como iremos investir todo esse dinheiro do financiamento coletivo?

Para sermos o mais transparente e esclarecedor possível, criamos uma planilha para sanar todos os questionamentos e dúvidas. Acesse através deste link.

Para conseguir solucionar por completo as questões mais urgentes das casas, além do dinheiro arrecadado através da plataforma precisaremos também de cerca de R$6300,00  em doação de materiais que serão repassados diretamente às famílias. Quer saber outros meios de colaborar? entre em contato através do e-mail: contato@arquitetasnomades.com.br ou através do telefone: (32) 98887-6391 e (31) 97328-9727.

O Financiamento Coletivo é uma ferramenta muito utilizada para viabilizar produtos e projetos de diversos segmentos por meio de um contato direto entre os criadores e os colaboradores interessados. E é aí que você pode colaborar conosco! Você escolhe um valor, contribui com o projeto e, em troca, recebe uma recompensa! As recompensas foram organizadas com muito carinho e queremos que você saiba o quanto sua colaboração é importante e o quanto estamos agradecidos por ter você fazendo parte da nossa jornada. 
Para facilitar o entendimento de como é o processo de doação, exemplificamos na imagem abaixo:  

 


Quer saber como pode colaborar e se informar mais sobre a iniciativa?

Acesse nosso site: www.arquitetasnomades.com.br   e nos acompanhe em nossas redes sociais: Facebook: Arquitetas Nômades / Instagram: @arquitetasnomades

Últimas novidades

Em: 20/07/2018 19:22

Concluímos a reforma da casa da Ana Paula e estamos muito orgulhosas do nosso trabalho. Diante de muitos desafios, cumprimos mais uma vez nossa proposta de tornar a casa um ambiente mais salubre e seguro. A cozinha tinha vários problemas e precisou de correções estruturais. O banheiro estava em péssimas condições, com infiltração e sem acessibilidade para portadores de necessidades especiais, o foco da reforma como um todo foi trazer acessibilidade, permitindo o deslocamento livre de obstáculos pelos principais ambientes da casa.

BORA VER O ANTES E DEPOIS?
 

COZINHA ANTES E DEPOIS DA REFORMA

 

 

BANHEIRO ANTES E DEPOIS DA REFORMA

Continue nos acompanhando!

Para mais informações acesse nosso site.

Até logo!