[SP] ReExistência é Viver |

[SP] ReExistência é Viver

Nos ajude a levar informação, alimentos, produtos de higiene pessoal e limpeza à 100 famílias da favela da Matinha no Parque Oziel, em Campinas por 3 meses.

Projeto por: Andrea Aparecida Jesus mendes
R$ 30.354,00
arrecadado
meta R$ 30.000,00

47 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.


POR

Andrea Aparecida Jesus mendes

Andrea Aparecida Jesus mendes
R$ 10
Apoie com 10 reais!
Seja o primeiro a apoiar!
Você ajuda 1 família com kit limpeza (1 água sanitária, detergente e 1 sabão em pó)

100 disponíveis.
R$ 25
Apoie com 25 reais!
3 benfeitores apoiando
Você ajuda 1 família com kit limpeza e higiene (água sanitária, desinfetante, detergente, sabão pó, sabão em barra, creme dental, papel higiênico e sabonete)

77 disponíveis.
R$ 50
Apoie com 50 reais!
5 benfeitores apoiando
Você ajuda 2 famílias com kit limpeza e higiene (água sanitária, desinfetante, detergente, sabão pó, sabão em barra, creme dental, papel higiênico e sabonete)

55 disponíveis.
R$ 100
Apoie com 100 reais!
2 benfeitores apoiando
Você ajuda 4 famílias com kit limpeza e higiene, além de máscaras de tecido para cada membro da família (água sanitária, desinfetante, detergente, sabão pó, sabão em barra, creme dental, papel higiênico e sabonete)

38 disponíveis.
R$ 250
Apoie com 250 reais!
5 benfeitores apoiando
Você ajuda 10 famílias com kit limpeza e higiene, além de máscaras de tecido para cada membro da família

15 disponíveis.
R$ 500
Apoie com 500 reais!
2 benfeitores apoiando
Você ajuda 20 famílias com kit limpeza e higiene, além de máscaras de tecido para cada membro da família

8 disponíveis.
R$ 1.000
APOIE COM 1000 REAIS!
1 benfeitor apoiando
Você ajuda diretamente 13 famílias com kits de limpeza e higiene, além de máscaras de tecido para cada membro da família. Também impacta indiretamente na vida de outras centenas de famílias com 3 outdoors informativos sobre higiene para evitar a contaminação do COVID-19. Também faremos um agradecimento nas redes sociais e divulgação no outdoor.

4 disponíveis.
R$ 5.000
Apoie com 5000 reais!
Seja o primeiro a apoiar!
Você ajuda diretamente 50 famílias com kits de limpeza e higiene, além de máscaras de tecido para cada membro da família. Também impacta indiretamente na vida de outras centenas de famílias com 3 outdoors informativos sobre higiene para evitar a contaminação do COVID-19. Também faremos um agradecimento nas redes sociais e divulgação no outdoor.

01 disponível.

O  Projeto ReExistência é viver visa olhar para aqueles que estão excluídos de sociedade, que não possuem estrutura que garanta seu distanciamento social - pessoas esquecidas pelo poder público, pessoas que não dispõem de saneamento básico, energia ou água encanada, muito menos acesso às mídias digitais para se cadastrar nos programas sociais ou acessar informações reais sobre a pandemia. 

Este financiamento possibilita garantir kits de higiene e de limpeza, máscaras para as famílias, além de garantir a que a informação chegue através de painéis nas entradas do complexo. O nosso objetivo é garantir as doações pelo período de 90 dias a 100 famílias que já estamos suprindo com alimentos através do através da campanha “Mães da Favela” em parceria com a Central Única das Favelas. 

Eu sou Andrea Mendes, retirante nordestina, baiana professora, gestora cultural da Pretação, militante do movimento negro e artista visual. Este projeto eu construí em parceria com Henry Paulino presidente da CUFA Campinas, parceira da nossa comunidade e que vem somando forças para ajudar nossa comunidade.

A comunidade contemplada neste projeto fica localizada dentro da ocupação conhecida como OMG complexo Oziel, Monte Cristo e Gleba B. A favela da Matinha é um pequeno aglomerado com aproximadamente 120 barracos de madeiras, ligados por becos e vielas, sem saneamento básico, sem energia elétrica  individual e sem água encanada. Por conta da energia elétrica compartilhada, as famílias  possuem pouco acesso a tv e rádio, a maioria também não está acessando os programas de governo, por desconhecimento ou por falta equipamento digital para cadastro. Com este projeto buscamos informar e conscientizar as famílias sobre os cuidados com a higiene e sobre a gravidade do  vírus, além de entregar os kits contendo máscara, produtos de limpeza e higiene. A maioria dos moradores da comunidade são do trabalho informal e neste momento o principal é a comida. Limpeza e higiene passa a ser segundo plano, nosso projeto visa garantir que essas pessoas estejam minimamente amparadas para garantir a proteção de sua família.

Match-funding é como uma vaquinha turbinada: uma nova modalidade de fomento, que mistura o financiamento coletivo (ou crowd-funding) com aporte de parceiros, que multiplicam a arrecadação. Para cada R$ 1 arrecadado pelos projetos selecionados por intermédio da plataforma da Benfeitoria, o Fundo Colaborativo Enfrente contribui com mais R$ 2, até que o valor de R$30.000 seja alcançado.

O Fundo Colaborativo Enfrente, composto pela Fundação Tide Setubal e demais parceiros (vide aba “Parceiros” em benfeitoria.com/enfrente) poderá aportar o total de mais R$ 4.000.000,00 (quatro milhões de reais) para triplicar a arrecadação de campanhas de financiamento coletivo de iniciativas que enfrentem os efeitos do Coronavírus nas periferias urbanas brasileiras. Por se tratar de um Fundo Colaborativo e aberto a novos parceiros, o montante destinado a triplicação dos projetos pode ainda aumentar, possibilitando um número maior de iniciativas contempladas.

Andrea Aparecida Jesus mendes ainda não publicou nenhuma notícia.

O  Projeto ReExistência é viver visa olhar para aqueles que estão excluídos de sociedade, que não possuem estrutura que garanta seu distanciamento social - pessoas esquecidas pelo poder público, pessoas que não dispõem de saneamento básico, energia ou água encanada, muito menos acesso às mídias digitais para se cadastrar nos programas sociais ou acessar informações reais sobre a pandemia. 

Este financiamento possibilita garantir kits de higiene e de limpeza, máscaras para as famílias, além de garantir a que a informação chegue através de painéis nas entradas do complexo. O nosso objetivo é garantir as doações pelo período de 90 dias a 100 famílias que já estamos suprindo com alimentos através do através da campanha “Mães da Favela” em parceria com a Central Única das Favelas. 

Eu sou Andrea Mendes, retirante nordestina, baiana professora, gestora cultural da Pretação, militante do movimento negro e artista visual. Este projeto eu construí em parceria com Henry Paulino presidente da CUFA Campinas, parceira da nossa comunidade e que vem somando forças para ajudar nossa comunidade.

A comunidade contemplada neste projeto fica localizada dentro da ocupação conhecida como OMG complexo Oziel, Monte Cristo e Gleba B. A favela da Matinha é um pequeno aglomerado com aproximadamente 120 barracos de madeiras, ligados por becos e vielas, sem saneamento básico, sem energia elétrica  individual e sem água encanada. Por conta da energia elétrica compartilhada, as famílias  possuem pouco acesso a tv e rádio, a maioria também não está acessando os programas de governo, por desconhecimento ou por falta equipamento digital para cadastro. Com este projeto buscamos informar e conscientizar as famílias sobre os cuidados com a higiene e sobre a gravidade do  vírus, além de entregar os kits contendo máscara, produtos de limpeza e higiene. A maioria dos moradores da comunidade são do trabalho informal e neste momento o principal é a comida. Limpeza e higiene passa a ser segundo plano, nosso projeto visa garantir que essas pessoas estejam minimamente amparadas para garantir a proteção de sua família.

Match-funding é como uma vaquinha turbinada: uma nova modalidade de fomento, que mistura o financiamento coletivo (ou crowd-funding) com aporte de parceiros, que multiplicam a arrecadação. Para cada R$ 1 arrecadado pelos projetos selecionados por intermédio da plataforma da Benfeitoria, o Fundo Colaborativo Enfrente contribui com mais R$ 2, até que o valor de R$30.000 seja alcançado.

O Fundo Colaborativo Enfrente, composto pela Fundação Tide Setubal e demais parceiros (vide aba “Parceiros” em benfeitoria.com/enfrente) poderá aportar o total de mais R$ 4.000.000,00 (quatro milhões de reais) para triplicar a arrecadação de campanhas de financiamento coletivo de iniciativas que enfrentem os efeitos do Coronavírus nas periferias urbanas brasileiras. Por se tratar de um Fundo Colaborativo e aberto a novos parceiros, o montante destinado a triplicação dos projetos pode ainda aumentar, possibilitando um número maior de iniciativas contempladas.

Andrea Aparecida Jesus mendes ainda não publicou nenhuma notícia.