Salve Uma Nascente |

Salve Uma Nascente

O Cerrado abriga nascentes de 8 das 12 bacias hidrográficas do país. Mas, a cada ano, 10 pequenos rios morrem. Você pode nos ajudar a frear esta devastação

Projeto por: Comissão Pastoral da Terra
R$ 33.437,00
arrecadado
meta R$ 50.000,00

264
benfeitores

66%
arrecadado

2
dias restantes

PARCELE SEU PAGAMENTO EM ATÉ 6 VEZES

A primeira meta foi batida! O projeto será realizado, mas a arrecadação continua até 30/10/2021 - 23:59

POR

Comissão Pastoral da Terra

Comissão Pastoral da Terra
R$ 20
Card digital de agradecimento
33 benfeitores apoiando
Selecionando esta recompensa você poderá doar o valor de R$ 20. Em retorno, expressaremos o nosso agradecimento em card digital que será divulgado em todas as nossas redes sociais.
R$ 30
Adesivo + Marca Página
37 benfeitores apoiando
Além de ter seu nome registrado em nossos agradecimentos, também receberá um Adesivo + Marca Página com a logo da Campanha #SalveUmaNascente. Assim, você poderá carregar e espalhar ainda mais a nossa iniciativa.
R$ 50
Print com arte do coletivo Pinga Pinga
47 benfeitores apoiando
Você poderá selecionar uma das artes desenvolvidas pelo coletivo Pinga Pinga de comunicação popular, formado por ilustradores indígenas e quilombolas do Quilombo Santa Rosa dos Pretos, no Maranhão. As artes serão impressas no tamanho 29x21 (A4), em papel couché 250g. Ah! E seu nome estará no nosso card de agradecimento também!

48 disponíveis.
R$ 80
Bandeira artesanal serigrafada
21 benfeitores apoiando
Você terá seu nome na nossa lista de agradecimentos, além de receber uma serigrafia autoral, artesanal e experimental, produzida em Itajubá (MG). Impressão da logo da Campanha com tinta a base d'água em tecido 100% algodão cru. Acabamento em ilhós para pendurar, tamanho 40x52.

28 disponíveis.
R$ 80
Copo de Bambu + Adesivo + Marca Página
28 benfeitores apoiando
Copo personalizado com a logo da Campanha, feito com fibra de bambu (50%) e PP (50%), com tampa com capacidade até 450 ml. Além de outros dois itens com a logo da Campanha, assim você poderá carregar e espalhar ainda mais a nossa iniciativa.
R$ 100
Ecobag + Duas edições Revista Cerrados
38 benfeitores apoiando
Produzida pelo mesmo estúdio de serigrafia artesanal, feita em algodão cru, serigrafada artesanalmente com tintas à base d'água (não agressivas ao meio ambiente). Personalizada com logo da Campanha no tamanho 40x40. Possui bolso interno. Seu nome também estará no nosso card de agradecimento ;)

12 disponíveis.
R$ 200
KIT PARCEIROS
4 benfeitores apoiando
O Kit Parceiros possui um Boné do Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra (MST) e uma Camiseta da Campanha Nacional em Defesa do Cerrado. Além disso, o seu nome estará no nosso card de agradecimentos.

01 disponível.
R$ 200
Livro Por Terra e Território + kit
3 benfeitores apoiando
Livro lançado pela Teia dos Povos da Bahia, sobre os caminhos para a transformação social pelas mãos de indígenas, negros e quilombolas. Acompanha marca página e adesivo com a identidade da Campanha.

97 disponíveis.
R$ 500
Kit + Plantio de árvore em uma nascente
11 benfeitores apoiando
Kit com produtos da Cooperativa Central do Cerrado, que reúne organizações comunitárias que desenvolvem atividades produtivas a partir do uso sustentável da biodiversidade do Cerrado e Caatinga. O kit contém: Farinha de Babaçu 500g - MIQCB (MA), Óleo de coco babaçu 150 ml - Central do Cerrado (DF), Café Tradicional 500g - Coopiatã (MG) , Colorífico de Urucum 100g - Copabase (MG), Castranha de Baru 100g - Copabase (MG), Nibs de Cacau 100g COOPFESBA (BA), Barrinha de Chocolate Cacau 60% com amêndoa de Baru 40g - Nonna Pasqua (GO). Também terá seu nome registrado nos nossos agradecimentos.

9 disponíveis.
R$ 1.000
Um acessório artesanal "Capim Tiririca"
1 benfeitor apoiando
Acessórios indígenas e afro, feitos por Raniere Roseira, indígena do Povo Gavião - Grajaú, Sul do Maranhão, que carregam a força da luta dos povos tradicionais. Produção com Capim Tiririca, semente nativa do Cerrado que dá na região de rios e miçangas. Você receberá um dos acessórios que estão no nosso cardápio de recompensas, no corpo de descrição da Campanha #SalveUmaNascente. E, claro, seu nome estará nos nossos agradecimentos.

14 disponíveis.
R$ 1.500
Mentoria de capacitação em Agrofloresta
Seja o primeiro a apoiar!
Mentoria de capacitação continuada em agrofloresta, à distância, oferecida pelo Sítio Florestinha, localizado no Vale Verde, na Chapada dos Veadeiros. Oportunidade única! Quem clicar primeiro, leva!

01 disponível.
R$ 3.000
Vaga em oficina de fotografia + Kit
1 benfeitor apoiando
Uma vaga na oficina Corpo-território e imagem, oferecida pela comunicadora popular e fotógrafa Andressa Zumpano, a ser realizada em formato virtual + Kit com produtos artesanais e sustentáveis da Cooperativa Central do Cerrado.

9 disponíveis.

Não encontrou o que queria?

Apoie com qualquer valor

ypXKZKu.png

O Cerrado é a mais importante área de recarga hídrica do Brasil. É nele que brotam importantes rios que percorrem nosso País. O Cerrado equivale a mais de 1/3 do território brasileiro e é a savana mais biodiversa do mundo, mas, na contramão de toda essa riqueza, o planejamento político brasileiro enxerga o Cerrado como região de expansão da fronteira agrícola.

O cenário é estarrecedor. Somente em 2020, o desmatamento no Cerrado totalizou 7,3 mil km² e foram registrados mais de 63 mil focos de incêndio, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Devido a suas características de vegetação resistente e tortuosa, o Cerrado é visto por alguns como um bioma "dispensável" ou resiliente à destruição. Mas nada disso é verdade!

Boa parte do Cerrado não se regenera e destruí-lo significa destruir as fontes de água do nosso país.

ERbtwtG.png

Há mais de 10 anos a Comissão Pastoral da Terra trabalha realizando experiências comunitárias de recuperação de nascentes e do solo de áreas degradadas do Cerrado. Os primeiros projetos foram desenvolvidos nos estados de Goiás e Mato Grosso.

A8HlxB7.pngAlém de Goiás e Mato Grosso, agora também queremos beneficiar comunidades no Maranhão, Piauí e Mato Grosso do Sul. Com a sua ajuda, podemos garantir que as águas continuem brotando no Cerrado e abastecendo o país.

A Campanha SALVE UMA NASCENTE vai realizar processos de formação junto a várias comunidades e camponeses(as) cerradeiros(as) na luta em defesa das águas, da terra e das florestas. 

A ideia é que eles se tornem multiplicadores e, assim, vamos construir verdadeiras redes de proteção para as nascentes do Cerrado.


Piauí

Nascente no Território Vão do Vico, Município de Santa Filomena. A comunidade indígena Gamela conta com 17 famílias e vem sofrendo com a ação de grileiros e com o avanço da soja. A mata de cobertura de proteção das nascentes foi destruída e as chuvas carregaram muita areia, soterrando muitas delas.


Maranhão 

Uma das nascentes do Rio Itapecuru, um curso d’agua com 1.450 quilômetros de extensão e largura de 50 a 120 metros, que banha o Estado do Maranhão. As primeiras águas brotam no “Vão do Pinto”, no município de São Raimundo das Mangabeiras. A bacia do Itapecuru abastece 60% da população da capital São Luís, além de outras cidades no Estado.


Goiás

A nascente do Rio Caldas abastece todo o distrito do Cruzeiro do Bom Jardim, localizado no município de Silvânia. Ali vivem 40 famílias que sobrevivem da agricultura familiar. A comunidade enfrenta o problema do desmatamento e da diminuição das águas com o avanço da monocultura da soja e a pulverização de agrotóxicos. 


Mato Grosso

A nascente a ser recuperada está na comunidade Poço Azul, no município de Poxoréu. A comunidade do local é composta por 16 famílias tradicionais. A nascente está secando devido à falta de vegetação nativa, o que coloca em risco a subsistência da comunidade, já precisam da água para o plantio de hortas, quintais produtivos e pequenas roças.


Mato Grosso do Sul 

A nascente a ser recuperada está no município de Sidrolândia, dentro de uma área de reserva legal. As famílias que vivem nesse assentamento precisam da recuperação da nascente, que secou por conta da ação do gado que pisoteou as margens. Para recuperá-la, serão necessários novos arames e palanques, a fim de proteger o acesso, além de mudas de vegetação nativa do Cerrado.

6h8tq82.pngA arrecadação da nossa primeira meta é TUDO OU NADA: 30mil reais e representa o valor mínimo para podermos arcar com os custos da Campanha, entre equipe e Benfeitoria, os custos de produção e envio das recompensas e os custos para salvar uma nascente. Mas somos ousadas e pretendemos salvar CINCO!

Acreditamos na força de nossa Campanha e na rede de pessoas que, como nós, também defendem o Cerrado e querem preservá-lo. Nossa meta final é R$ 110 mil, um desafio que alcançaremos juntos. Entenda melhor este orçamento:

Z5sUJ5t.png

 

jknjnUv.png

uOH2m8C.png

d0KFvuQ.png


As nascentes estão secando, os rios estão assoreados, seja parte desta campanha, SALVE UMA NASCENTE!

cfscWdn.png
S817GLj.png

The Cerrado region in central Brazil is home to the sources of 8 of the country's 12 river basins. But every year, 10 small rivers die. You can help us stop this devastation.

 GOAL 1R$30,000.00 (US $6,000)


This first goal is ALL OR NOTHING and represents the minimum amount that we need to pay for the costs of the campaign, including staff and benefactors, the costs of production and rewards, and the costs of saving the springs.

The Cerrado is the most important water recharge area in Brazil. It is the source of important rivers that flow through our country. The Cerrado encompasses more than 1/3 of Brazilian territory and is the most biodiverse savannah in the world. But, contrary to recognizing all this wealth, Brazilian politicians see the Cerrado as a frontier for agricultural expansion.

The scenario is appalling. In 2020 alone, more than 7.3 thousand km² of forests were cut down and more than 63 thousand fires were reported, according to data from the National Institute for Space Research (INPE). Due to its resistant and twisted vegetation, the Cerrado is seen by some as an "expendable" biome or resilient to destruction. But none of this is true!

Much of the Cerrado does not regenerate and destroying it means destroying our country's water sources.

d2t6j6x.png
For more than 10 years, the Pastoral Land Commission has been working on community experiments for the recuperation of springs and the soil of degraded areas of the Cerrado. The first projects were developed in the states of Goiás and Mato Grosso. Besides Goiás and Mato Grosso, now we also want to benefit communities in Maranhão, Piauí and Mato Grosso do Sul. With your help, we can guarantee that the waters keep flowing in the Cerrado and supplying the country. The SAVE A SPRING Campaign will carry out training processes with several communities and cerrado farmers in the struggle to defend the waters, land, and the forests of the region. The idea is that they become multipliers and, thus, we will build real protection networks for the springs of the Cerrado.

Piauí
Springs in the Vão do Vico Territory, Municipality of Santa Filomena. The Gamela indigenous community has 17 families and has been suffering from the action of land grabbers and the advance of soybeans. The forest cover that protects the springs was destroyed and the rains carried a lot of sand, burying many of them.

Maranhão
One of the springs of the Itapecuru River, a 1,450 km long and 50 to 120 meters wide watercourse that flows through the state of Maranhão. The first waters spring forth in the "Vão do Pinto", in the municipality of São Raimundo das Mangabeiras. The Itapecuru basin supplies 60% of the population of the capital São Luís, as well as other cities in the state.

Goiás
The source of the Caldas River supplies the entire Cruzeiro do Bom Jardim district, located in the municipality of Silvânia. Forty families survive on family agriculture there. The community faces the problem of deforestation and the reduction of water due to the advance of soybean monoculture and the spraying of pesticides.

Mato Grosso
The spring to be recovered is in the Poço Azul community, in the municipality of Poxoréu. The local community is made up of 16 traditional families. The spring is drying up due to the lack of native vegetation, which puts the community's subsistence at risk, as they need the water to plant vegetable gardens in their backyards and on small farms.

Mato Grosso do Sul
The spring to be recovered is in Sidrolândia, inside an official nature reserve. The families that live in this settlement need to recover the spring, which dried up due to the banks of the river being trampled by cattle. To recover it, new wires and boards will be needed as well as the planting of native Cerrado vegetation seedlings in order to protect the spring.


cvuDoMQ.png
Our first goal is ALL OR NOTHING: 30,000 reais (US $6000), which represents the minimum amount to be able to pay for the costs of the campaign, between the trainings, travel and project costs to save ONE spring. But we are bold and we intend to save FIVE!

We believe in the strength of our Campaign and in the network of people who, like us, also defend the Cerrado and want to preserve it. Our final goal is R$110,000 (US $22,000), a challenge we will achieve together.

yrnlMnk.png
ZQj3Qkn.png

The springs are drying up, the rivers are silted up, be part of this campaign, SAVE A SPRING!

Bora salvar mais uma nascente?

Em: 26/10/2021 09:28



Não foi fácil, mas nossa corrente conseguiu arrecadar R$ 30 mil. Isso equivale a primeira meta da Campanha #SalveUmaNascente e é o valor mínimo para recuperarmos a nascente de uma das comunidades mapeadas e pagar os custos da campanha (recompensas, plataforma, equipe e correios).

Mas se batermos a segunda meta, advinha? SALVAREMOS DUAS NASCENTES. Nos ajude a chegar a mais pessoas, compartillhe o link com os amigos e familiares ?? www.bit.ly/SalveUmaNascente 

Faltam apenas 4 dias


Falta muito pouco

Em: 25/10/2021 15:32


Esta já é a última semana e nosso financiamento é modalidade *tudo ou nada*. Ou batemos a meta de arrecadação de R$ 30 mil ou todo o dinheiro arrecadado será devolvido aos doadores.

Nos ajude a chegar a mais gente? Utilize a arte abaixo e o texto sugerido para mandar para seus amigos e familiares no WhatsApp ?


[Texto sugestão para mandar pelo WhatsApp]


Olá, pessoal. **[Seu nome]** por aqui ?? Espero que estejam todos bem! Porque o Cerrado mesmo, esse não tá bem não! ? O Cerrado já perdeu mais de 50% de sua vegetação nativa e perde 10 pequenos rios, todos os anos.

Destruir o Cerrado significa destruir as fontes de água do Brasil, você sabia? *Ajude a CPT a salvar uma nascente do Cerrado ?? www.bit.ly/SalveUmaNascente* #SalveUmaNascente

____________________

Lembre-se, destruir o Cerrado significa destruir as fontes de água do Brasil.

Se você puder ajudar, considere doar de novo clicando aqui


Oi, temos novidades frescas para você, benfeitor(a)

Em: 05/10/2021 10:10

Bom dia, queridos e queridas benfeitores. 


Vocês nos permitiram alcançar 40% de nossa primeira meta e já estamos muito agradecidos por terem acreditado na nossa Campanha e por estarem dispostos a fazer algo pelo Cerrado! Adiantamos aqui o nosso primeiro MUITO OBRIGADO.


Mas ainda precisamos de você! São no total 5 metas - para 5 nascentes - e temos menos de 25 dias para alcançá-las. Tire 20 minutos do seu dia hoje para entrar em contato com os amigos e solicitar doações. ?


Essa Campanha também é sua e o Cerrado é fundamental para o Brasil todo. Criamos uma pasta [hiperlink] com materiais para divulgação que você pode acessar sempre e encontrar artes e vídeos para publicar nas suas redes ou enviar pelo WhatsApp.

Material de Divulgação


E, se quiser e puder, você também pode doar mais uma vez clicando aqui embaixo:

Doe de novo!


Muito obrigado e até o nosso próximo boletim.

Prometemos mantê-los informados! ?



ypXKZKu.png

O Cerrado é a mais importante área de recarga hídrica do Brasil. É nele que brotam importantes rios que percorrem nosso País. O Cerrado equivale a mais de 1/3 do território brasileiro e é a savana mais biodiversa do mundo, mas, na contramão de toda essa riqueza, o planejamento político brasileiro enxerga o Cerrado como região de expansão da fronteira agrícola.

O cenário é estarrecedor. Somente em 2020, o desmatamento no Cerrado totalizou 7,3 mil km² e foram registrados mais de 63 mil focos de incêndio, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Devido a suas características de vegetação resistente e tortuosa, o Cerrado é visto por alguns como um bioma "dispensável" ou resiliente à destruição. Mas nada disso é verdade!

Boa parte do Cerrado não se regenera e destruí-lo significa destruir as fontes de água do nosso país.

ERbtwtG.png

Há mais de 10 anos a Comissão Pastoral da Terra trabalha realizando experiências comunitárias de recuperação de nascentes e do solo de áreas degradadas do Cerrado. Os primeiros projetos foram desenvolvidos nos estados de Goiás e Mato Grosso.

A8HlxB7.pngAlém de Goiás e Mato Grosso, agora também queremos beneficiar comunidades no Maranhão, Piauí e Mato Grosso do Sul. Com a sua ajuda, podemos garantir que as águas continuem brotando no Cerrado e abastecendo o país.

A Campanha SALVE UMA NASCENTE vai realizar processos de formação junto a várias comunidades e camponeses(as) cerradeiros(as) na luta em defesa das águas, da terra e das florestas. 

A ideia é que eles se tornem multiplicadores e, assim, vamos construir verdadeiras redes de proteção para as nascentes do Cerrado.


Piauí

Nascente no Território Vão do Vico, Município de Santa Filomena. A comunidade indígena Gamela conta com 17 famílias e vem sofrendo com a ação de grileiros e com o avanço da soja. A mata de cobertura de proteção das nascentes foi destruída e as chuvas carregaram muita areia, soterrando muitas delas.


Maranhão 

Uma das nascentes do Rio Itapecuru, um curso d’agua com 1.450 quilômetros de extensão e largura de 50 a 120 metros, que banha o Estado do Maranhão. As primeiras águas brotam no “Vão do Pinto”, no município de São Raimundo das Mangabeiras. A bacia do Itapecuru abastece 60% da população da capital São Luís, além de outras cidades no Estado.


Goiás

A nascente do Rio Caldas abastece todo o distrito do Cruzeiro do Bom Jardim, localizado no município de Silvânia. Ali vivem 40 famílias que sobrevivem da agricultura familiar. A comunidade enfrenta o problema do desmatamento e da diminuição das águas com o avanço da monocultura da soja e a pulverização de agrotóxicos. 


Mato Grosso

A nascente a ser recuperada está na comunidade Poço Azul, no município de Poxoréu. A comunidade do local é composta por 16 famílias tradicionais. A nascente está secando devido à falta de vegetação nativa, o que coloca em risco a subsistência da comunidade, já precisam da água para o plantio de hortas, quintais produtivos e pequenas roças.


Mato Grosso do Sul 

A nascente a ser recuperada está no município de Sidrolândia, dentro de uma área de reserva legal. As famílias que vivem nesse assentamento precisam da recuperação da nascente, que secou por conta da ação do gado que pisoteou as margens. Para recuperá-la, serão necessários novos arames e palanques, a fim de proteger o acesso, além de mudas de vegetação nativa do Cerrado.

6h8tq82.pngA arrecadação da nossa primeira meta é TUDO OU NADA: 30mil reais e representa o valor mínimo para podermos arcar com os custos da Campanha, entre equipe e Benfeitoria, os custos de produção e envio das recompensas e os custos para salvar uma nascente. Mas somos ousadas e pretendemos salvar CINCO!

Acreditamos na força de nossa Campanha e na rede de pessoas que, como nós, também defendem o Cerrado e querem preservá-lo. Nossa meta final é R$ 110 mil, um desafio que alcançaremos juntos. Entenda melhor este orçamento:

Z5sUJ5t.png

 

jknjnUv.png

uOH2m8C.png

d0KFvuQ.png


As nascentes estão secando, os rios estão assoreados, seja parte desta campanha, SALVE UMA NASCENTE!

cfscWdn.png
S817GLj.png

The Cerrado region in central Brazil is home to the sources of 8 of the country's 12 river basins. But every year, 10 small rivers die. You can help us stop this devastation.

 GOAL 1R$30,000.00 (US $6,000)


This first goal is ALL OR NOTHING and represents the minimum amount that we need to pay for the costs of the campaign, including staff and benefactors, the costs of production and rewards, and the costs of saving the springs.

The Cerrado is the most important water recharge area in Brazil. It is the source of important rivers that flow through our country. The Cerrado encompasses more than 1/3 of Brazilian territory and is the most biodiverse savannah in the world. But, contrary to recognizing all this wealth, Brazilian politicians see the Cerrado as a frontier for agricultural expansion.

The scenario is appalling. In 2020 alone, more than 7.3 thousand km² of forests were cut down and more than 63 thousand fires were reported, according to data from the National Institute for Space Research (INPE). Due to its resistant and twisted vegetation, the Cerrado is seen by some as an "expendable" biome or resilient to destruction. But none of this is true!

Much of the Cerrado does not regenerate and destroying it means destroying our country's water sources.

d2t6j6x.png
For more than 10 years, the Pastoral Land Commission has been working on community experiments for the recuperation of springs and the soil of degraded areas of the Cerrado. The first projects were developed in the states of Goiás and Mato Grosso. Besides Goiás and Mato Grosso, now we also want to benefit communities in Maranhão, Piauí and Mato Grosso do Sul. With your help, we can guarantee that the waters keep flowing in the Cerrado and supplying the country. The SAVE A SPRING Campaign will carry out training processes with several communities and cerrado farmers in the struggle to defend the waters, land, and the forests of the region. The idea is that they become multipliers and, thus, we will build real protection networks for the springs of the Cerrado.

Piauí
Springs in the Vão do Vico Territory, Municipality of Santa Filomena. The Gamela indigenous community has 17 families and has been suffering from the action of land grabbers and the advance of soybeans. The forest cover that protects the springs was destroyed and the rains carried a lot of sand, burying many of them.

Maranhão
One of the springs of the Itapecuru River, a 1,450 km long and 50 to 120 meters wide watercourse that flows through the state of Maranhão. The first waters spring forth in the "Vão do Pinto", in the municipality of São Raimundo das Mangabeiras. The Itapecuru basin supplies 60% of the population of the capital São Luís, as well as other cities in the state.

Goiás
The source of the Caldas River supplies the entire Cruzeiro do Bom Jardim district, located in the municipality of Silvânia. Forty families survive on family agriculture there. The community faces the problem of deforestation and the reduction of water due to the advance of soybean monoculture and the spraying of pesticides.

Mato Grosso
The spring to be recovered is in the Poço Azul community, in the municipality of Poxoréu. The local community is made up of 16 traditional families. The spring is drying up due to the lack of native vegetation, which puts the community's subsistence at risk, as they need the water to plant vegetable gardens in their backyards and on small farms.

Mato Grosso do Sul
The spring to be recovered is in Sidrolândia, inside an official nature reserve. The families that live in this settlement need to recover the spring, which dried up due to the banks of the river being trampled by cattle. To recover it, new wires and boards will be needed as well as the planting of native Cerrado vegetation seedlings in order to protect the spring.


cvuDoMQ.png
Our first goal is ALL OR NOTHING: 30,000 reais (US $6000), which represents the minimum amount to be able to pay for the costs of the campaign, between the trainings, travel and project costs to save ONE spring. But we are bold and we intend to save FIVE!

We believe in the strength of our Campaign and in the network of people who, like us, also defend the Cerrado and want to preserve it. Our final goal is R$110,000 (US $22,000), a challenge we will achieve together.

yrnlMnk.png
ZQj3Qkn.png

The springs are drying up, the rivers are silted up, be part of this campaign, SAVE A SPRING!

Bora salvar mais uma nascente?

Em: 26/10/2021 09:28



Não foi fácil, mas nossa corrente conseguiu arrecadar R$ 30 mil. Isso equivale a primeira meta da Campanha #SalveUmaNascente e é o valor mínimo para recuperarmos a nascente de uma das comunidades mapeadas e pagar os custos da campanha (recompensas, plataforma, equipe e correios).

Mas se batermos a segunda meta, advinha? SALVAREMOS DUAS NASCENTES. Nos ajude a chegar a mais pessoas, compartillhe o link com os amigos e familiares ?? www.bit.ly/SalveUmaNascente 

Faltam apenas 4 dias


Falta muito pouco

Em: 25/10/2021 15:32


Esta já é a última semana e nosso financiamento é modalidade *tudo ou nada*. Ou batemos a meta de arrecadação de R$ 30 mil ou todo o dinheiro arrecadado será devolvido aos doadores.

Nos ajude a chegar a mais gente? Utilize a arte abaixo e o texto sugerido para mandar para seus amigos e familiares no WhatsApp ?


[Texto sugestão para mandar pelo WhatsApp]


Olá, pessoal. **[Seu nome]** por aqui ?? Espero que estejam todos bem! Porque o Cerrado mesmo, esse não tá bem não! ? O Cerrado já perdeu mais de 50% de sua vegetação nativa e perde 10 pequenos rios, todos os anos.

Destruir o Cerrado significa destruir as fontes de água do Brasil, você sabia? *Ajude a CPT a salvar uma nascente do Cerrado ?? www.bit.ly/SalveUmaNascente* #SalveUmaNascente

____________________

Lembre-se, destruir o Cerrado significa destruir as fontes de água do Brasil.

Se você puder ajudar, considere doar de novo clicando aqui


Oi, temos novidades frescas para você, benfeitor(a)

Em: 05/10/2021 10:10

Bom dia, queridos e queridas benfeitores. 


Vocês nos permitiram alcançar 40% de nossa primeira meta e já estamos muito agradecidos por terem acreditado na nossa Campanha e por estarem dispostos a fazer algo pelo Cerrado! Adiantamos aqui o nosso primeiro MUITO OBRIGADO.


Mas ainda precisamos de você! São no total 5 metas - para 5 nascentes - e temos menos de 25 dias para alcançá-las. Tire 20 minutos do seu dia hoje para entrar em contato com os amigos e solicitar doações. ?


Essa Campanha também é sua e o Cerrado é fundamental para o Brasil todo. Criamos uma pasta [hiperlink] com materiais para divulgação que você pode acessar sempre e encontrar artes e vídeos para publicar nas suas redes ou enviar pelo WhatsApp.

Material de Divulgação


E, se quiser e puder, você também pode doar mais uma vez clicando aqui embaixo:

Doe de novo!


Muito obrigado e até o nosso próximo boletim.

Prometemos mantê-los informados! ?