[SP] Solidariedade e autonomia |

[SP] Solidariedade e autonomia

Colabore para que a Serra Pelada enfrente a pandemia autonomamente e seja capaz de promover saúde, geração de renda e conhecimento dentro da comunidade.

Projeto por: Fernanda Suemi Yonamine Takemoto
R$ 30.676,00
arrecadado
meta R$ 30.000,00

78 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.


POR

Fernanda Suemi Yonamine Takemoto

Fernanda Suemi Yonamine Takemoto
R$ 10 + FRETE
Vasos Pet Autoirrigáveis
1 benfeitor apoiando
Vaso pet instalado nas farmácias vivas do Projeto de Autonomia.
R$ 15 + FRETE
Lambes Informativos
4 benfeitores apoiando
R$ 20
Apoiar essa campanha com R$ 20
5 benfeitores apoiando
Obrigada pela sua colaboração!
R$ 50
Apoiar essa campanha com R$ 50
6 benfeitores apoiando
Obrigada pela sua colaboração!
R$ 80
Apoiar essa campanha com R$ 80
3 benfeitores apoiando
Obrigada pela sua colaboração!
R$ 100
Apoiar essa campanha com R$ 100
7 benfeitores apoiando
Obrigada pela sua colaboração!
R$ 200
Apoiar essa campanha com R$ 200
3 benfeitores apoiando
Obrigada pela sua colaboração!
R$ 300
Apoiar essa campanha com R$ 300
1 benfeitor apoiando
Obrigada pela sua colaboração!
R$ 500
Apoiar essa campanha com R$ 500
1 benfeitor apoiando
Obrigada pela sua colaboração!
R$ 1.000
Apoiar essa campanha com R$ 1000
Seja o primeiro a apoiar!
Obrigada pela sua colaboração!
R$ 3.000
Apoiar essa campanha com R$ 3000
Seja o primeiro a apoiar!
Obrigada pela sua colaboração!

O dinheiro arrecadado será utilizado para:

- a instalação das farmácias vivas, com a compra de ervas medicinais e pagamento de oficineiros.  A farmácia viva permite que a comunidade tenha autonomia e permanência em promoção de saúde, resgate saberes ancestrais, co-crie novas formas de se relacionar e conviver no local, passando a circular menos e, consequentemente, ter condições de cumprir a quarentena com saúde e saberes;

- a divulgação do projeto de autonomia, com a busca de compartilhamento de excedentes de materiais relacionados à prevenção do coronavírus e, também, para a divulgação dos serviços prestados pela comunidade visando à autosustentação realizada dentro do projeto de economia solidária (compra de equipamentos necessários à cozinha comunitária e para os EPIs dos membros do serviço de logística).

Somos um coletivo formado durante o período de pandemia, cujos membros são apoiadores e moradores da Serra Pelada. Possuímos histórico de atuação em comunidades, através de projetos ligados a direitos e em permacultura. Especificamente, nesta comunidade, projetos em permacultura são desenvolvidos há cinco anos. instagram e facebook: @autonomia.zn 

A Comunidade da Serra Pelada está localizada na zona norte de São Paulo e, muitos de seus e suas moradoras são trabalhadores informais, os quais, com a pandemia e seus reflexos socioeconômicos, encontram-se sem renda e sem outras formas de subsistência. 

Aliado a isso, há a dificuldade em cumprimento das recomendações ligadas às formas de prevenção ao Coronavírus, tendo em vista o tamanho, a quantidade de habitantes e as condições das moradias do local.

Match-funding é como uma vaquinha turbinada: uma nova modalidade de fomento, que mistura o financiamento coletivo (ou crowd-funding) com aporte de parceiros, que multiplicam a arrecadação. Para cada R$ 1 arrecadado pelos projetos selecionados por intermédio da plataforma da Benfeitoria, o Fundo Colaborativo Enfrente contribui com mais R$ 2, até que o valor de R$30.000 seja alcançado.

O Fundo Colaborativo Enfrente, composto pela Fundação Tide Setubal e demais parceiros (vide aba “Parceiros” em benfeitoria.com/enfrente) poderá aportar o total de mais R$ 4.000.000,00 (quatro milhões de reais) para triplicar a arrecadação de campanhas de financiamento coletivo de iniciativas que enfrentem os efeitos do Coronavírus nas periferias urbanas brasileiras. Por se tratar de um Fundo Colaborativo e aberto a novos parceiros, o montante destinado a triplicação dos projetos pode ainda aumentar, possibilitando um número maior de iniciativas contempladas.

COLABORAÇÕES EXTERNAS

R$1.000,00

colaborador

A campanha [SP] Solidariedade e autonomia captou os valores acima através de ações de arrecadação independentes, ou seja, fora da plataforma Benfeitoria. Ficou com dúvidas? Clique aqui

Fernanda Suemi Yonamine Takemoto ainda não publicou nenhuma notícia.

O dinheiro arrecadado será utilizado para:

- a instalação das farmácias vivas, com a compra de ervas medicinais e pagamento de oficineiros.  A farmácia viva permite que a comunidade tenha autonomia e permanência em promoção de saúde, resgate saberes ancestrais, co-crie novas formas de se relacionar e conviver no local, passando a circular menos e, consequentemente, ter condições de cumprir a quarentena com saúde e saberes;

- a divulgação do projeto de autonomia, com a busca de compartilhamento de excedentes de materiais relacionados à prevenção do coronavírus e, também, para a divulgação dos serviços prestados pela comunidade visando à autosustentação realizada dentro do projeto de economia solidária (compra de equipamentos necessários à cozinha comunitária e para os EPIs dos membros do serviço de logística).

Somos um coletivo formado durante o período de pandemia, cujos membros são apoiadores e moradores da Serra Pelada. Possuímos histórico de atuação em comunidades, através de projetos ligados a direitos e em permacultura. Especificamente, nesta comunidade, projetos em permacultura são desenvolvidos há cinco anos. instagram e facebook: @autonomia.zn 

A Comunidade da Serra Pelada está localizada na zona norte de São Paulo e, muitos de seus e suas moradoras são trabalhadores informais, os quais, com a pandemia e seus reflexos socioeconômicos, encontram-se sem renda e sem outras formas de subsistência. 

Aliado a isso, há a dificuldade em cumprimento das recomendações ligadas às formas de prevenção ao Coronavírus, tendo em vista o tamanho, a quantidade de habitantes e as condições das moradias do local.

Match-funding é como uma vaquinha turbinada: uma nova modalidade de fomento, que mistura o financiamento coletivo (ou crowd-funding) com aporte de parceiros, que multiplicam a arrecadação. Para cada R$ 1 arrecadado pelos projetos selecionados por intermédio da plataforma da Benfeitoria, o Fundo Colaborativo Enfrente contribui com mais R$ 2, até que o valor de R$30.000 seja alcançado.

O Fundo Colaborativo Enfrente, composto pela Fundação Tide Setubal e demais parceiros (vide aba “Parceiros” em benfeitoria.com/enfrente) poderá aportar o total de mais R$ 4.000.000,00 (quatro milhões de reais) para triplicar a arrecadação de campanhas de financiamento coletivo de iniciativas que enfrentem os efeitos do Coronavírus nas periferias urbanas brasileiras. Por se tratar de um Fundo Colaborativo e aberto a novos parceiros, o montante destinado a triplicação dos projetos pode ainda aumentar, possibilitando um número maior de iniciativas contempladas.

Fernanda Suemi Yonamine Takemoto ainda não publicou nenhuma notícia.