[DF] Solidariedade e Transformação |

[DF] Solidariedade e Transformação

O Centro Social Anglicano e toda família anglicana convida você a contribuir com o fortalecimento das famílias no Novo Gama frente ao COVID 19

Projeto por: DIOCESE ANGLICANA DE BRASILIA
R$ 30.965,00
arrecadado
meta R$ 30.000,00

31 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.


POR

DIOCESE ANGLICANA DE BRASILIA

DIOCESE ANGLICANA DE BRASILIA
R$ 20
Apoiar essa campanha com R$ 20
1 benfeitor apoiando
Obrigada pela sua colaboração!
R$ 50
Apoiar essa campanha com R$ 50
2 benfeitores apoiando
Obrigada pela sua colaboração!
R$ 80
Apoiar essa campanha com R$ 80
Seja o primeiro a apoiar!
Obrigada pela sua colaboração!
R$ 100
Apoiar essa campanha com R$ 100
6 benfeitores apoiando
Obrigada pela sua colaboração!
R$ 200
Apoiar essa campanha com R$ 200
4 benfeitores apoiando
Obrigada pela sua colaboração!
R$ 300
Apoiar essa campanha com R$ 300
1 benfeitor apoiando
Obrigada pela sua colaboração!
R$ 500
Apoiar essa campanha com R$ 500
Seja o primeiro a apoiar!
Obrigada pela sua colaboração!
R$ 1.000
Apoiar essa campanha com R$ 1000
Seja o primeiro a apoiar!
Obrigada pela sua colaboração!
R$ 3.000
Apoiar essa campanha com R$ 3000
Seja o primeiro a apoiar!
Obrigada pela sua colaboração!

A confecção das máscaras será feita pelas costureiras do bairro, com o intuito de gerar renda para a confecção local, a compra das cestas básicas e kits de limpeza serão no comercio local, com o objetivo comum.  O mapeamento das famílias e a entrega serão feitos pelo nosso projeto social, Centro Social Anglicano, projeto este que no atual contexto visa beneficiar as famílias das crianças e jovens já atendidos neste projeto (as atividade regulares do projetos estão paralisadas devido a pandemia, considerando que essas famílias encontram-se em sua maioria sem renda e sem o acesso rotineiro a alimentação que recebem em nossas atividades).

A campanha nos permitirá cumprir com o repasse dos salários de nossos colaboradores e irá gerar renda para as costureiras locais fomentando de tal forma o comercio local. Vale destacar que nossa equipe cumprirá todos os procedimentos e orientações dos órgãos de saúde no combate ao coronavírus, inclusive prestando orientação a comunidade sobre as medidas de higiene e cuidados necessários para o uso das máscaras, nosso objetivo é distribuir 5 mascaras para cada família, acreditando na possibilidade de distribuição também para a comunidade do bairro de forma geral.

A Diocese Anglicana de Brasília, que tem como braço social a Associação Social Anglicana de Solidariedade do Cerrado fundada em 2011,  tem como centro a execução de ações sociais que impactem positivamente as realidades de socioeconômicas e culturais dos espaços que a organização tem abrangência territorial (Distrito Federal, os estados de Goiás e Tocantins, além do noroeste de estado de Minas Gerais).

Dentre as ações da Diocese temos o projeto social Centro Social Anglicano (CSA/Goiás) com o atendimento de reforço escolar e alimentação às crianças do Novo Gama/Goiás, o atendimento de famílias refugiadas, o acolhimento de pessoas que vivem com HIV (Casa A+/Palmas), as aulas de violão ofertadas para a comunidade (Paranoá/DF), dentre outras, são exemplos de ações e atividades sociais ofertadas pela ASAS.

Comunidade localizada no bairro Vila União de baixa renda, no município de Novo Gama em Goiás. A população aumentou devido ao grande fluxo migratório de pessoas de regiões distantes, como o Nordeste e as regiões vizinhas. Sua população, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2019 é de 115.711 habitantes, com um IDHM de 0,684. Uma cidade que foi criada com o objetivo de servir a moradia para a população carente, é uma cidade precário de infraestrutura e serviços públicos. Como cidade-dormitório para os estratos sociais mais desfavorecidos, não foram implementadas atividades econômicas diversificadas neste local que pudessem promover aumento da renda e geração de empregos utilizados. Um elemento dessa cidade é que tem as mulheres como dos chefes de família, frequentemente empregados domésticos e diaristas, e em geral, são famílias de 3 filhos com uma renda de 1 salário mínimo.

O Coronavírus impactou na realidade, tendo em vista que grande parte da população é desempregada ou atua apenas no mercado informal, autônomos como diaristas, pedreiros que perderam suas rendas em função da paralisação das atividades. Muitas das crianças atendidas em nosso projeto social tinham no projeto além do apoio pedagógico e acesso a atividade culturais e esportivas recebiam alimentação. Nosso desafio nesse momento de pandemia, é ajudar as famílias com cestas básicas e kits de limpeza, fomentar o comercio local e gerar renda para as costureiras e nossos colaboradores que atendem a comunidade.

Match-funding é como uma vaquinha turbinada: uma nova modalidade de fomento, que mistura o financiamento coletivo (ou crowd-funding) com aporte de parceiros, que multiplicam a arrecadação. Para cada R$ 1 arrecadado pelos projetos selecionados por intermédio da plataforma da Benfeitoria, o Fundo Colaborativo Enfrente contribui com mais R$ 2, até que o valor de R$30.000 seja alcançado.

O Fundo Colaborativo Enfrente, composto pela Fundação Tide Setubal e demais parceiros (vide aba “Parceiros” em benfeitoria.com/enfrente) poderá aportar o total de mais R$ 4.000.000,00 (quatro milhões de reais) para triplicar a arrecadação de campanhas de financiamento coletivo de iniciativas que enfrentem os efeitos do Coronavírus nas periferias urbanas brasileiras. Por se tratar de um Fundo Colaborativo e aberto a novos parceiros, o montante destinado a triplicação dos projetos pode ainda aumentar, possibilitando um número maior de iniciativas contempladas.

 

DIOCESE ANGLICANA DE BRASILIA ainda não publicou nenhuma notícia.

A confecção das máscaras será feita pelas costureiras do bairro, com o intuito de gerar renda para a confecção local, a compra das cestas básicas e kits de limpeza serão no comercio local, com o objetivo comum.  O mapeamento das famílias e a entrega serão feitos pelo nosso projeto social, Centro Social Anglicano, projeto este que no atual contexto visa beneficiar as famílias das crianças e jovens já atendidos neste projeto (as atividade regulares do projetos estão paralisadas devido a pandemia, considerando que essas famílias encontram-se em sua maioria sem renda e sem o acesso rotineiro a alimentação que recebem em nossas atividades).

A campanha nos permitirá cumprir com o repasse dos salários de nossos colaboradores e irá gerar renda para as costureiras locais fomentando de tal forma o comercio local. Vale destacar que nossa equipe cumprirá todos os procedimentos e orientações dos órgãos de saúde no combate ao coronavírus, inclusive prestando orientação a comunidade sobre as medidas de higiene e cuidados necessários para o uso das máscaras, nosso objetivo é distribuir 5 mascaras para cada família, acreditando na possibilidade de distribuição também para a comunidade do bairro de forma geral.

A Diocese Anglicana de Brasília, que tem como braço social a Associação Social Anglicana de Solidariedade do Cerrado fundada em 2011,  tem como centro a execução de ações sociais que impactem positivamente as realidades de socioeconômicas e culturais dos espaços que a organização tem abrangência territorial (Distrito Federal, os estados de Goiás e Tocantins, além do noroeste de estado de Minas Gerais).

Dentre as ações da Diocese temos o projeto social Centro Social Anglicano (CSA/Goiás) com o atendimento de reforço escolar e alimentação às crianças do Novo Gama/Goiás, o atendimento de famílias refugiadas, o acolhimento de pessoas que vivem com HIV (Casa A+/Palmas), as aulas de violão ofertadas para a comunidade (Paranoá/DF), dentre outras, são exemplos de ações e atividades sociais ofertadas pela ASAS.

Comunidade localizada no bairro Vila União de baixa renda, no município de Novo Gama em Goiás. A população aumentou devido ao grande fluxo migratório de pessoas de regiões distantes, como o Nordeste e as regiões vizinhas. Sua população, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2019 é de 115.711 habitantes, com um IDHM de 0,684. Uma cidade que foi criada com o objetivo de servir a moradia para a população carente, é uma cidade precário de infraestrutura e serviços públicos. Como cidade-dormitório para os estratos sociais mais desfavorecidos, não foram implementadas atividades econômicas diversificadas neste local que pudessem promover aumento da renda e geração de empregos utilizados. Um elemento dessa cidade é que tem as mulheres como dos chefes de família, frequentemente empregados domésticos e diaristas, e em geral, são famílias de 3 filhos com uma renda de 1 salário mínimo.

O Coronavírus impactou na realidade, tendo em vista que grande parte da população é desempregada ou atua apenas no mercado informal, autônomos como diaristas, pedreiros que perderam suas rendas em função da paralisação das atividades. Muitas das crianças atendidas em nosso projeto social tinham no projeto além do apoio pedagógico e acesso a atividade culturais e esportivas recebiam alimentação. Nosso desafio nesse momento de pandemia, é ajudar as famílias com cestas básicas e kits de limpeza, fomentar o comercio local e gerar renda para as costureiras e nossos colaboradores que atendem a comunidade.

Match-funding é como uma vaquinha turbinada: uma nova modalidade de fomento, que mistura o financiamento coletivo (ou crowd-funding) com aporte de parceiros, que multiplicam a arrecadação. Para cada R$ 1 arrecadado pelos projetos selecionados por intermédio da plataforma da Benfeitoria, o Fundo Colaborativo Enfrente contribui com mais R$ 2, até que o valor de R$30.000 seja alcançado.

O Fundo Colaborativo Enfrente, composto pela Fundação Tide Setubal e demais parceiros (vide aba “Parceiros” em benfeitoria.com/enfrente) poderá aportar o total de mais R$ 4.000.000,00 (quatro milhões de reais) para triplicar a arrecadação de campanhas de financiamento coletivo de iniciativas que enfrentem os efeitos do Coronavírus nas periferias urbanas brasileiras. Por se tratar de um Fundo Colaborativo e aberto a novos parceiros, o montante destinado a triplicação dos projetos pode ainda aumentar, possibilitando um número maior de iniciativas contempladas.

 

DIOCESE ANGLICANA DE BRASILIA ainda não publicou nenhuma notícia.