Performance |

Performance

A performance “Por um fio” é um projeto do Coletivo de Arte Tônus que busca dar foco e protagonismo aos corpos femininos.

Projeto por: Ketelyn Truylio Scrittori
R$ 6.770,00
arrecadado
meta R$ 6.000,00

74 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.

POR

Ketelyn Truylio Scrittori

Ketelyn Truylio Scrittori

25 ciclos veranis e mais de mil perguntas sem respostas, ligada num futuro blue.

R$ 15
NÓS
14 benfeitores apoiando
Você já faz parte da nossa história, agradecemos muito por querer fazer os nós conosco! Vamos colocar seu nome na cartografia dos apoiadores que divulgaremos no nosso instagram, este será nosso manifesto agradecimento a todos os benfeitores.
R$ 30
BORDADOS CONJUNTOS
16 benfeitores apoiando
Aqui, você vai saber em primeira mão detalhes do nosso processo criativo. Dessa forma, o Tônus comPARTILHA será um informativo semanal (1 por semana, totalizando 4 em um mês) sobre o desenrolar da criação e a tessitura das descobertas. Sim, daremos spoilers e temos certeza que vocês vão gostar. Vai ser algo bem breve, só o que acharmos realmente necessário e válido de partilha, e no formato de envio que ficar melhor para você (instagram, e-mail ou whatsapp, entraremos em contato verificando a opção escolhida).
R$ 50
POR UM FIO
25 benfeitores apoiando
Além de receber o Tônus comPARTILHA semanalmente, você será convidado a assistir a performance "Por um fio" do Coletivo de Arte Tônus nas cidades de Belém, Porto Alegre ou São Paulo (entraremos em contato e veremos qual das 3 opções é melhor para você). O local será revelado próximo às datas de apresentação (a previsão é que seja em 2020). Muitos fios nos envolverão, de antemão, já agradecemos por querer nos prestigiar. :)
R$ 75
FIOS DA MEADA
4 benfeitores apoiando
Aqui, além de receber o Tônus comPARTILHA e de assistir à performance "Por um fio", ainda te enviaremos um postal-tônus. Ou seja, enviaremos um cartão-postal de Lisboa para você enquanto estivermos em terras lusitanas com alguma lembrança ou rasura, entreitando os laços BRASIL-PORTUGAL e TÔNUS-BENFEITORES.
R$ 100
OFICINAS INDIVIDUAIS
3 benfeitores apoiando
Oferecemos quatro oficinas diferentes, uma em Belém do Pará, duas em Porto Alegre, e uma em São Paulo. Aqui, você opta por fazer apenas a oficina, sem mais nada incluso, é o formado pocket das recompensas ENTRELINHAS, LINHA DE COSTURA, TECENDO PALAVRAS E TRICOTAGEM. Entraremos em contato posteriormente para saber qual dos cursos é de seu interesse, a garantia de vagas é absoluta em qualquer uma delas. Você pode escolher entre a oficina de vídeodança; a de costura&movimento; a de escrita; ou ainda a de vivência em dança.
R$ 100
CADERNO-TÔNUS.
5 benfeitores apoiando
Esta é a nossa recompensa-relâmpago para os últimos dias: um caderno personalizado Tônus feito artesanalmente. Aqui, você escolhe a cor da lã e faremos uma caderneta sem pautas especialmente para você! Além disso, você também poderá assistir à nossa performance POR UM FIO, com locais e datas a serem divulgados.
R$ 100
FIAÇÃO DE MEMÓRIAS
4 benfeitores apoiando
Agora, além de receber o Tônus comPARTILHA semanalmente, assistir à performance "Por um fio", ainda te convidaremos para uma roda de conversa onde vamos entregar nossa caixa fiação de memórias. Dentro da caixa, haverão alguns objetos, escritos, cheiros e lembranças envoltos numa fiação de lãs vermelhas, o fio conduz a conversa. O evento ocorrerá em cada cidade — Belém, Porto Alegre e São Paulo —, na semana de apresentação das performances, em data a ser definida ainda (a previsão é que seja em 2020, e para quem não puder comparecer no encontro, combinaremos a entrega da caixa da mesma forma).
R$ 200
ENTRELINHAS
4 benfeitores apoiando
Aqui, além de receber todas as recompensas anteriores, você ainda participa de uma oficina de videodança de 1 noite com a Renata Daibes em Belém do Pará. Realizado exclusivamente em Belém, o curso aborda os princípios da vídeodança, que é a dança feita para o vídeo. Existem histórias que só podem ser contadas com a câmera, e é justamente este formato e modelo de reprodução que a dança feita em meio às câmeras busca dar conta. O curso ocorrerá no mesmo mês que a performance "Por um fio" for apresentada no Pará, a previsão é que seja em 2020, avisaremos com antecedência os benfeitores sobre as possíveis datas e o local.
R$ 200
LINHA DE COSTURA
2 benfeitores apoiando
Aqui, além de receber todas as recompensas anteriores, você ainda participa de uma oficina de uma noite de costura&movimento, onde serão abordados os princípios básicos da costura atrelados à poética do movimento. Esta é uma parceria do Tônus com a CorteCultura, uma iniciativa nas áreas de garimpos, criações e moda (po)ética e local de Porto Alegre. A oficina será conduzida exclusivamente na capital gaúcha pela Luísa Santos, costureira e designer que trabalha com criações têxteis, e pela Ketelyn Scrittori, artista de cena. A previsão é que seja realizada ainda em 2019 (novembro ou dezembro). Ao encontro da ideia de costura&movimento, no dia também será apresentada a performance "Morda-me se for capaz", do Coletivo de Arte Tônus, com a Ketelyn e a Isadora Porto, atriz, cantora e professora. Livremente inspirada pelo livro "Mulheres que mordem", da escritora brasileira Beatriz Leal (2015), a performance traz à cena histórias dolorosamente atravessadas pela ditadura militar argentina.
R$ 200
TECENDO PALAVRAS
3 benfeitores apoiando
Aqui, além de receber todas as recompensas anteriores, você ainda participa de uma oficina de escrita com textos de mulheres que escrevem, que será conduzida pela Laís Webber, jornalista e professora, e pela Ketelyn Scrittori, artista de cena. No curso, que será realizado exclusivamente em Porto Alegre durante uma noite, serão abordados conceitos e processos de escrita a partir da leitura de textos de algumas das autoras lusófonas que servem de referência para o Coletivo de Arte Tônus. Do Brasil, temos Ana Cristina Cesar e Conceição Evaristo. De Moçambique, temos Isabela Figueiredo e Paulina Chiziane. Já de Portugal, escolhemos Matilde Campilho e Sophia de Mello. A previsão é que ocorra no primeiro semestre de 2020, avisaremos com antecedência os benfeitores sobre possíveis datas e local.
R$ 200
TRICOTAGEM
Seja o primeiro a apoiar!
Aqui, além de receber todas as recompensas anteriores, você ainda participa de uma oficina de vivência em dança com o pesquisador e dançarino Fredyson Cunha em São Paulo. Realizado exclusivamente em São Paulo, a oficina aborda os princípios básicos da dança e as possibilidades de criação poética a partir do corpo e do movimento. A previsão é que seja em 2020, avisaremos com antecedência os benfeitores sobre as possíveis datas e o local.
R$ 1.000
EMARANHADO
1 benfeitor apoiando
Esta recompensa é especialmente destinada à espaços de arte, de cultura, ou ainda iniciativas privadas que se identifiquem com o projeto; buscamos parcerias especiais. Aqui, apresentaremos exclusivamente a performance "Por um fio" com data e local a serem combinados. Além disso, o nome do benfeitor aparecerá como apoiador destaque, caso seja de interesse.

Somos nós, performance e coletivo de arte

A performance “Por um fio” surge da inquietação de duas artistas de cena, Ketelyn Scrittori e Renata Daibes, do Coletivo de Arte Tônus. Ambas vêem na mulher e no corpo feminino real a amálgama que dá sentido às coisas. Assim, com agulhas de tricô, lãs e linhas de costura, buscarão trazer à cena o protagonismo do corpo feminino e textos de escritoras de países lusófonos que interagem com este universo. Com a performance, fomos aprovadas numa residência artística em Lisboa, Portugal, e estamos pedindo apoio para cobrir os custos do projeto. 

Coletivo de Arte Tônus tem como motivação maior romper com o esquecimento dos corpos femininos reais e, para isso, desenvolve performances a partir das teorias e experiências em dança e teatro. Buscando, ainda, inspirações nas artes visuais, na literatura e nas mulheres costureiras, tricoteiras, rendeiras, bordadeiras e tecelãs que movem dedos, mentes e corpos durante uma vida inteira para o fazer manual.

Dessa maneira, construímos nossos NÓS, LAÇOS E DESNÓS

MANIFESTO DADA VISUAL: ISSO NOS INTERESSA!

Afinal, por que ser um apoiador?

Entendemos os corpos como agentes políticos, atravessados por um conjunto de padrões sociais. Nesta crença, buscamos trazer maior liberdade ao corpo feminino tal qual ele é e anseia por ser, sem estas amarras. Ainda, vemos o corpo como um mantenedor de memórias e traumas que necessitam serem constantemente transformados, em arte talvez?

A performance "Por um Fio" ainda é um projeto, mas já encontrou um local para ser desenvolvida: o Hangar Centro de Investigação Artística, em Lisboa (acesse o site). Por lá, vemos a oportunidade de troca com artistas de diversas partes do mundo, além do idioma em comum e a coincidência deste com a nossa pesquisa, onde investigamos textos de autoras que escrevem em língua portuguesa. Desenvolveremos a performance em Lisboa durante um mês, a previsão é que seja no mês de outubro de 2019. Por isso, pedimos ajuda para cobrir as despesas.

Nossas metas são divididas em 3 partes: passagens de avião, custos de sobrevivência e, por último, custos de produção artística e de entrega das recompensas. Ainda, desse montante há a porcentagem que fica com a plataforma de crowdfunding (neste caso, a Benfeitoria, que disponiliza toda a estrutura de financiamento coletivo). Abaixo, ilustramos como se dará a nossa divisão, à medida em que formos batendo as metas — e esperamos muito que isso aconteça —, o "termômero de metas" vai subindo, até, finalmente, ficar totalmente preenchido. Isso significaria que alcançamos nosso objetivo, vem com a gente?

IMPORTANTE: É TUDO OU NADA na meta 1 (passagens aéreas)! 

 

Por fim, as recompensas

Todas as nossas recompensas são focadas em EXPERIÊNCIAS, já que, para além do projeto em si, queremos cada apoiador vivenciando os pequenos passos conosco. Ou seja, queremos formar uma rede de conexão de pessoas que acredite no que estamos fazendo, que gere inquietude, e que seja afetada, seja pelo processo criativo, sejam pelas memórias, ou pela performance em si. Abdicamos da ideia de desenvolvimento, de um ponto de chegada ou de uma conclusão, queremos mais é o envolvimento, de mentes, ideias, e crenças em comum. Esse é o nosso projeto completo. O coletivo, ISSO NOS INTERESSA!

Temos 10 modalidades de recompensas, que partem do valor mínimo de R$ 15,00. Te convidamos a fazer os nós, laços e desnós conosco!

 

 

AINDA, acompanhe as atualizações de campanha no CANAL OFICIAL. 

Somos nós, performance e coletivo de arte

A performance “Por um fio” surge da inquietação de duas artistas de cena, Ketelyn Scrittori e Renata Daibes, do Coletivo de Arte Tônus. Ambas vêem na mulher e no corpo feminino real a amálgama que dá sentido às coisas. Assim, com agulhas de tricô, lãs e linhas de costura, buscarão trazer à cena o protagonismo do corpo feminino e textos de escritoras de países lusófonos que interagem com este universo. Com a performance, fomos aprovadas numa residência artística em Lisboa, Portugal, e estamos pedindo apoio para cobrir os custos do projeto. 

Coletivo de Arte Tônus tem como motivação maior romper com o esquecimento dos corpos femininos reais e, para isso, desenvolve performances a partir das teorias e experiências em dança e teatro. Buscando, ainda, inspirações nas artes visuais, na literatura e nas mulheres costureiras, tricoteiras, rendeiras, bordadeiras e tecelãs que movem dedos, mentes e corpos durante uma vida inteira para o fazer manual.

Dessa maneira, construímos nossos NÓS, LAÇOS E DESNÓS

MANIFESTO DADA VISUAL: ISSO NOS INTERESSA!

Afinal, por que ser um apoiador?

Entendemos os corpos como agentes políticos, atravessados por um conjunto de padrões sociais. Nesta crença, buscamos trazer maior liberdade ao corpo feminino tal qual ele é e anseia por ser, sem estas amarras. Ainda, vemos o corpo como um mantenedor de memórias e traumas que necessitam serem constantemente transformados, em arte talvez?

A performance "Por um Fio" ainda é um projeto, mas já encontrou um local para ser desenvolvida: o Hangar Centro de Investigação Artística, em Lisboa (acesse o site). Por lá, vemos a oportunidade de troca com artistas de diversas partes do mundo, além do idioma em comum e a coincidência deste com a nossa pesquisa, onde investigamos textos de autoras que escrevem em língua portuguesa. Desenvolveremos a performance em Lisboa durante um mês, a previsão é que seja no mês de outubro de 2019. Por isso, pedimos ajuda para cobrir as despesas.

Nossas metas são divididas em 3 partes: passagens de avião, custos de sobrevivência e, por último, custos de produção artística e de entrega das recompensas. Ainda, desse montante há a porcentagem que fica com a plataforma de crowdfunding (neste caso, a Benfeitoria, que disponiliza toda a estrutura de financiamento coletivo). Abaixo, ilustramos como se dará a nossa divisão, à medida em que formos batendo as metas — e esperamos muito que isso aconteça —, o "termômero de metas" vai subindo, até, finalmente, ficar totalmente preenchido. Isso significaria que alcançamos nosso objetivo, vem com a gente?

IMPORTANTE: É TUDO OU NADA na meta 1 (passagens aéreas)! 

 

Por fim, as recompensas

Todas as nossas recompensas são focadas em EXPERIÊNCIAS, já que, para além do projeto em si, queremos cada apoiador vivenciando os pequenos passos conosco. Ou seja, queremos formar uma rede de conexão de pessoas que acredite no que estamos fazendo, que gere inquietude, e que seja afetada, seja pelo processo criativo, sejam pelas memórias, ou pela performance em si. Abdicamos da ideia de desenvolvimento, de um ponto de chegada ou de uma conclusão, queremos mais é o envolvimento, de mentes, ideias, e crenças em comum. Esse é o nosso projeto completo. O coletivo, ISSO NOS INTERESSA!

Temos 10 modalidades de recompensas, que partem do valor mínimo de R$ 15,00. Te convidamos a fazer os nós, laços e desnós conosco!

 

 

AINDA, acompanhe as atualizações de campanha no CANAL OFICIAL. 

Ketelyn Truylio Scrittori ainda não publicou nenhuma notícia.