Show Triste Entrópico no FMMS Portugal |

Show Triste Entrópico no FMMS Portugal

Viagem de Makely Ka e sua banda para tocarem no Festival de Músicas do Mundo de Sines, em Portugal.

Projeto por: Makely Ka
R$ 5.240,00
arrecadado
meta R$ 5.000,00

79 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.

POR

Makely Ka

Makely Ka

Compositor de música brasileira. Fotógrafo amador. Escritor de rede social. Lancei alguns discos e alguns livros. Mais informações aqui: www.makelyka.com.br

R$ 15
Tamo junto!
6 benfeitores apoiando
Para quem quer colaborar com a campanha e estar junto conosco nesse empreitada.
R$ 30
CD Autófago + agradecimentos.
18 benfeitores apoiando
Envio do CD para todo o Brasil Quando: agosto
R$ 50
CD Autófago + CD Cavalo Motor + ingresso
22 benfeitores apoiando
Além do ingresso para o show em BH você recebe como recompensa um kit com os discos Autófago e Cavalo Motor, os dois primeiros discos solo de Makely. Envio do CD para todo o Brasil Quando: agosto
R$ 70
CDs + Ingressos para show
8 benfeitores apoiando
Os dois primeiros discos solo de Makely e o disco em parceria com a cantora Maísa Moura. Dois ingressos para o show que será realizado em BH. Envio do CD para todo o Brasil Quando: agosto
R$ 100
Kit 4 discos + 4 ingressos para show
15 benfeitores apoiando
Os dois primeiros discos solo de Makely, o disco em parceria com a cantora Maísa Moura e o disco em parceria com os compositores Kristoff Silva e Pablo Castro. Quatro ingressos para o show que será realizado em BH. Envio dos discos para todo o Brasil Quando: agosto
R$ 150
Kit CD + Revista + 4 ingressos para show
2 benfeitores apoiando
Os dois primeiros discos solo de Makely, o disco em parceria com a cantora Maísa Moura, o disco em parceria com os compositores Kristoff Silva e Pablo Castro e uma edição da Revista de Autofagia, editada em parceria com Bruno Brum. Quatro ingressos para o show que será realizado em BH. Envio para todo o Brasil Quando: agosto
R$ 300
Kit CDs + Revista + Foto + Ingressos
2 benfeitores apoiando
Os dois primeiros discos solo de Makely, o disco em parceria com a cantora Maísa Moura, o disco em parceria com os compositores Kristoff Silva e Pablo Castro, uma edição da Revista de Autofagia, editada em parceria com Bruno Brum e uma foto 60x70 impressão em papel fotográfico sobre vinil. A foto poderá ser escolhida com antecedência a partir desta galeria: https://www.flickr.com/photos/makelyka Envio para todo o Brasil Quando: agosto

8 disponíveis.
R$ 600
Kit com 4 discos + Aula-Show
Seja o primeiro a apoiar!
A aula-espetáculo tem duração de 1h30 e pode ser sobre os temas "Tradição Oral", "Poesia e Música", "Organização de Expedições Culturais", "A Experiência da Travessia do Grande Sertão". Durante a aula-espetáculo são apresentadas algumas canções e desenvolvido alguns dos temas propostos. Os custos de transporte, hospedagem, alimentação e equipamento de som para realização da ação são por conta do contratante quando a ação acontecer fora de Belo Horizonte. Quando: a combinar

4 disponíveis.
R$ 1.200
Cds + Recital de Poesia e Viela de Roda
Seja o primeiro a apoiar!
O Recital de Poesia com Viela de Roda tem 40 min. A viela de roda é um instrumento de manivela, cordas e teclas utilizado por trovadores, poetas e jograis que perambulavam pela Europa entre os séculos XII a XVII. Inicialmente de uso religioso, tornou-se um instrumento popular associado principalmente aos cantadores cegos, que cantavam versos acompanhados pelo seu som característico. Os custos de transporte, hospedagem, alimentação e equipamento de som para realização da ação são por conta do contratante quando a ação acontecer fora de Belo Horizonte. Quando: a combinar

4 disponíveis.
R$ 2.400
Kit CDs + Show Trio
Seja o primeiro a apoiar!
Show Triste Entrópico no formato trio: violões, craviola, bandolim e contrabaixo. Os custos de transporte, hospedagem, alimentação e equipamento de som para realização da ação são por conta do contratante. Quando: a combinar

3 disponíveis.
R$ 3.600
Show Triste Entrópico Quarteto
Seja o primeiro a apoiar!
Show Triste Entrópico no formato completo: violões, craviola, bandolim, contrabaixo e bateria. Os custos de transporte, hospedagem, alimentação e equipamento de som para realização da ação são por conta do contratante. Quando: a combinar

2 disponíveis.

Meu nome é Makely Ka, sou cantor e compositor, tenho dezenas de músicas gravadas em discos por diversos intérpretes no Brasil e no exterior. Lancei os discos “A Outra Cidade” em 2003, ao lado dos parceiros Kristoff Silva e Pablo Castro e “Danaide” em 2006 com a cantora Maísa Moura. O primeiro trabalho solo veio em 2008 com o disco “Autófago”. Em 2014, lancei o álbum “Cavalo Motor”, resultado de uma longa viagem realizada pela região Noroeste de Minas Gerais, na divisa entre Bahia e Goiás. O disco tem participação de Arto Lindsay, Susana Salles, Décio Ramos (UAKTI), O Grivo, entre outros e foi transformado também em DVD.  Já toquei em alguns dos principais palcos do Brasil e excursionei por Portugal, Espanha, Dinamarca, Lituânia, Turquia, Grécia e México. Também lancei livros e editei uma revista de poesia.

Além disso organizei mostras e festivais, participei de curadorias, produzi discos de outros artistas, fiz direção artística de shows, criei trilhas para cinema, dança e teatro,  realizei documentários, compus textos para peças sinfônicas e camerísticas, participei de conselhos estaduais e federais de cultura, fundei cooperativas e fóruns de música, realizei palestras e oficinas e publiquei diversos textos sobre política cultural, música, literatura e cinema.

Fomos convidados para tocar no Festival de Músicas do Mundo de Sines, que é considerado o maior e mais importante nessa categoria em Portugal e na Espanha, tendo recebido diversos prêmios e reconhecimento da imprensa especializada. Estamos fazendo parte da delegação brasileira, que conta com outros quatro artistas brasileiros, (https://goo.gl/iPwP76). É importante para o país essa presença destacada num importante evento da Península Ibérica. 

Triste Entrópico é o meu novo trabalho solo. Resultado de algumas viagens e experiências nos últimos anos, como o convívio com diversas etnias no Parque Indígena do Xingu, a visita ao arquipélago de Cabo Verde e as pesquisas sobre a cultura africana, mais especificamente o Benin e a relação com os retornados - escravos libertos que voltaram ao continente de origem -, bem como minhas incursões pelo interior do Brasil, incluindo longas expedições de bicicleta pelo interior dos estados de Minas Gerais e Piauí.

Esse trabalho é resultado ainda de minhas frequentes incursões por Portugal e Galícia, região no norte da Espanha, onde reencontrei traços originários da cultura ibérica que absorvemos no Brasil no decorrer de quatro séculos. Triste Entrópico é portanto um trabalho que estabelece um diálogo profícuo com a alteridade, lançando mão e propondo simultaneamente uma visão antropológica do mundo. A proposta é uma imersão no pensamento selvagem que aqui se confrontou com a razão iluminista do europeu e com o código tribal africano.

Estamos aqui solicitando sua colaboração para que possamos realizar a viagem e tocar no festival, além de outros espaços culturais em Portugal. O nosso grupo é formado por quatro pessoas, mas somente eu preciso da passagem saindo do Brasil. Os outros três músicos que vão me acompanhar já estão na Europa (Alemanha e Espanha) e deverão me encontrar. Precisamos portanto pagar as minhas passagens de ida e volta partindo do Brasil e as passagens dos músicos Yuri Velasco (Berlim), Rafael Azevedo (Madri) e Maurício Ribeiro (Valência). O valor que orçamos para cada uma das passagens está em torno de R$ 5.000,00. Os voos mais baratos que encontramos fazem escala nos EUA, o que não é problema porque tenho o visto de entrada norte-americano. 

Sobre as recompensas, além de contribuir com nossa viagem, quem colaborar recebe desde discos, revistas e fotografias que lancei, editei e produzi até aula-espetáculo, recital de viela de roda e o show Triste Entrópico, no formato trio ou quarteto. Importante lembrar que essa é uma campanha “tudo-ou-nada”, ou seja, se não atingirmos a meta todo mundo recebe o dinheiro de volta. Mesmo quem não puder contribuir, só de compartilhar já está colaborando. Contamos com vocês!

Seguem aqui alguns vídeos com o nosso trabalho:

Assum Cinza: http://vimeo.com/181143675

Código Aberto: http://vimeo.com/181143674

Cavalo Motor: http://youtu.be/u6dMhkzCg88

Íbero América: http://youtu.be/okzikaQraD8

Baião Branco: http://vimeo.com/181143673

Fio Desencapado: http://vimeo.com/181143672

Sem Direção de Casa: http://youtu.be/qJVRIdxmAXM

* Para a realização do vídeo contamos com o apoio da "Produtora Sem Rumo" e do "Estúdio Macaxeira".

Makely Ka ainda não publicou nenhuma notícia.

Meu nome é Makely Ka, sou cantor e compositor, tenho dezenas de músicas gravadas em discos por diversos intérpretes no Brasil e no exterior. Lancei os discos “A Outra Cidade” em 2003, ao lado dos parceiros Kristoff Silva e Pablo Castro e “Danaide” em 2006 com a cantora Maísa Moura. O primeiro trabalho solo veio em 2008 com o disco “Autófago”. Em 2014, lancei o álbum “Cavalo Motor”, resultado de uma longa viagem realizada pela região Noroeste de Minas Gerais, na divisa entre Bahia e Goiás. O disco tem participação de Arto Lindsay, Susana Salles, Décio Ramos (UAKTI), O Grivo, entre outros e foi transformado também em DVD.  Já toquei em alguns dos principais palcos do Brasil e excursionei por Portugal, Espanha, Dinamarca, Lituânia, Turquia, Grécia e México. Também lancei livros e editei uma revista de poesia.

Além disso organizei mostras e festivais, participei de curadorias, produzi discos de outros artistas, fiz direção artística de shows, criei trilhas para cinema, dança e teatro,  realizei documentários, compus textos para peças sinfônicas e camerísticas, participei de conselhos estaduais e federais de cultura, fundei cooperativas e fóruns de música, realizei palestras e oficinas e publiquei diversos textos sobre política cultural, música, literatura e cinema.

Fomos convidados para tocar no Festival de Músicas do Mundo de Sines, que é considerado o maior e mais importante nessa categoria em Portugal e na Espanha, tendo recebido diversos prêmios e reconhecimento da imprensa especializada. Estamos fazendo parte da delegação brasileira, que conta com outros quatro artistas brasileiros, (https://goo.gl/iPwP76). É importante para o país essa presença destacada num importante evento da Península Ibérica. 

Triste Entrópico é o meu novo trabalho solo. Resultado de algumas viagens e experiências nos últimos anos, como o convívio com diversas etnias no Parque Indígena do Xingu, a visita ao arquipélago de Cabo Verde e as pesquisas sobre a cultura africana, mais especificamente o Benin e a relação com os retornados - escravos libertos que voltaram ao continente de origem -, bem como minhas incursões pelo interior do Brasil, incluindo longas expedições de bicicleta pelo interior dos estados de Minas Gerais e Piauí.

Esse trabalho é resultado ainda de minhas frequentes incursões por Portugal e Galícia, região no norte da Espanha, onde reencontrei traços originários da cultura ibérica que absorvemos no Brasil no decorrer de quatro séculos. Triste Entrópico é portanto um trabalho que estabelece um diálogo profícuo com a alteridade, lançando mão e propondo simultaneamente uma visão antropológica do mundo. A proposta é uma imersão no pensamento selvagem que aqui se confrontou com a razão iluminista do europeu e com o código tribal africano.

Estamos aqui solicitando sua colaboração para que possamos realizar a viagem e tocar no festival, além de outros espaços culturais em Portugal. O nosso grupo é formado por quatro pessoas, mas somente eu preciso da passagem saindo do Brasil. Os outros três músicos que vão me acompanhar já estão na Europa (Alemanha e Espanha) e deverão me encontrar. Precisamos portanto pagar as minhas passagens de ida e volta partindo do Brasil e as passagens dos músicos Yuri Velasco (Berlim), Rafael Azevedo (Madri) e Maurício Ribeiro (Valência). O valor que orçamos para cada uma das passagens está em torno de R$ 5.000,00. Os voos mais baratos que encontramos fazem escala nos EUA, o que não é problema porque tenho o visto de entrada norte-americano. 

Sobre as recompensas, além de contribuir com nossa viagem, quem colaborar recebe desde discos, revistas e fotografias que lancei, editei e produzi até aula-espetáculo, recital de viela de roda e o show Triste Entrópico, no formato trio ou quarteto. Importante lembrar que essa é uma campanha “tudo-ou-nada”, ou seja, se não atingirmos a meta todo mundo recebe o dinheiro de volta. Mesmo quem não puder contribuir, só de compartilhar já está colaborando. Contamos com vocês!

Seguem aqui alguns vídeos com o nosso trabalho:

Assum Cinza: http://vimeo.com/181143675

Código Aberto: http://vimeo.com/181143674

Cavalo Motor: http://youtu.be/u6dMhkzCg88

Íbero América: http://youtu.be/okzikaQraD8

Baião Branco: http://vimeo.com/181143673

Fio Desencapado: http://vimeo.com/181143672

Sem Direção de Casa: http://youtu.be/qJVRIdxmAXM

* Para a realização do vídeo contamos com o apoio da "Produtora Sem Rumo" e do "Estúdio Macaxeira".

Makely Ka ainda não publicou nenhuma notícia.