União Rio |

União Rio

Campanha de arrecadação para levar recursos para os mais atingidos pela crise no Rio de Janeiro. Colabore!

Projeto por: Instituto da Criança
R$ 35.151.692,00
arrecadado
meta R$ 5.000.000,00

5634 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.

POR

Instituto da Criança

Instituto da Criança
R$ 20
Muito obrigado!
65 benfeitores apoiando
R$ 50
Vamos juntos
203 benfeitores apoiando
R$ 100
Cem palavras!
276 benfeitores apoiando
R$ 200
União que inspira!
159 benfeitores apoiando
R$ 500
Reação em forma de apoio!
93 benfeitores apoiando
R$ 1.000
Poder da transformação!
73 benfeitores apoiando
R$ 10.000
Cota Reação
13 benfeitores apoiando
Contribuindo com esse valor, você ou a sua empresa receberá um diploma de Parceiro dessa ação!
R$ 30.000
Cota União
2 benfeitores apoiando
Contribuindo com esse valor, você ou a sua empresa receberá um diploma de Parceiro dessa ação!
R$ 50.000
Cota Realização
1 benfeitor apoiando
R$ 100.000
Cota Transformação
Seja o primeiro a apoiar!
Contribuindo com esse valor, você ou a sua empresa receberá um diploma de Parceiro dessa ação!

Estamos vivendo uma crise mundial e, de perto, acompanhando os impactos que vão muito além da saúde pública, atingindo diversos níveis socioeconômicos. Nesse momento de crise, nos encontramos em um desafio maior, que é o de nos unir como sociedade civil para respondermos aos impactos dessa pandemia. Isso só será possível através de uma cooperação em massa e responsabilidade coletiva.

Precisamos mostrar a potência que alcançamos quando nos unimos. Não podemos mais esperar! Pessoas físicas, empresas, instituições. Todos nós precisamos agir e tem que ser agora! 

Queremos sua ajuda para mapear pessoas, projetos, organizações, ideias que possam ajudar na contenção da pandemia e a mitigar suas consequências. Vamos nos unir para levantarmos recursos para essas ações. 

Venha fazer parte dessa rede de apoio ao combate à COVID-19 no Rio de Janeiro.

 

Esta campanha tem como objetivo arrecadar recursos para a nossa frente de saúde:
 

Precisamos da sua ajuda! Reaja e se una a essa rede de colaboração no Rio de Janeiro.
 

1. ATIVAÇÃO DE LEITOS

Achatar a curva de crescimento do Covid-19 é uma medida crucial para evitar a sobrecarga dos serviços de saúde e limitar o número de mortes. Se a curva de contágio não for reduzida através de um severo isolamento social, teremos muito mais pacientes do que os atuais leitos são capazes de suportar e, com isso, o sistema de saúde entrará em colapso. Nesse trágico cenário, os médicos vão ter que escolher entre quem salvar e quem deixar morrer, como já vem acontecendo em outros países. Lembrando que o nosso sistema também precisa continuar atendendo aos pacientes com outros problemas de saúde.

Por isso é tão urgente a ativação de novos leitos em hospitais estaduais, municipais e federais do Rio. Com os R$5.5 milhões em doações arrecadados em nossa primeira fase de campanha, conseguiremos ativar 50 leitos no Hospital Universitário da UFRJ. Em seguida, pretendemos ativar mais 250 leitos na rede municipal e 320 leitos na rede estadual. Leitos são vidas e os governos precisam de muita ajuda nessa frente.

2. EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA PARA OS PROFISSIONAIS DE SAÚDE

Precisamos proteger além profissionais de saúde, todos os outros heróis da linha de frente que trabalham em contato direto com pessoas contaminadas (atendimento, limpeza, segurança, motoristas, serviços gerais etc). Não podemos tê-los afastados pela doença ou pelo medo de contaminarem seus familiares mais vulneráveis. Levantamos a necessidade desses equipamentos para os próximos 30 dias. Nessa primeira fase, distribuiremos 300 mil máscaras em hospitais estaduais e municipais.

 

 Projeto no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho chega à terceira fase

 

Movimento União Rio deu início a um novo projeto no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho – HUCFF – iniciando sua terceira fase. Um grupo técnico formado por profissionais da área de Engenharia Civil da Rede D’Or, profissionais do Instituto da Criança e do próprio Hospital, HUCFF, concluiu a licitação, definindo a empresa para realizar as obras.

A nova fase prevê a reforma de 66 consultórios médicos que estão em estado precário e mais a reforma de outros 62 que atualmente estão desativados pelo estado crítico no qual se encontram. Com isso, o hospital contará com obras de reformas estruturais em 128 consultórios médicos. Ainda serão reformados os acessos e o pilotis, totalizando 6.296 m2 de área a serem finalizados.

O Instituto da Criança realiza a gestão operacional da área da saúde do Movimento União Rio, sendo responsável pela aplicação dos recursos, prestação de contas, contratação de fornecedores, aquisição de equipamentos e apresentação dos resultados que estão sendo revisados e aprovados pela empresa de auditora EY. Além disso, contando com a cogestão do Instituto Desiderata, o União Rio viabilizou a distribuição de 1 milhão de unidades de EPI’s. A gestão qualificada permitiu que o orçamento fosse otimizado, com uma economia de pouco mais de 1,5 milhão de reais que já estão sendo aplicados na terceira fase, iniciada em 10 de agosto e com previsão de término em 8 de novembro deste ano.

Vale destacar que durante a fase 1, as ações desenvolvidas no HUCFF contribuíram para a ativação de 60 leitos de UTI e 12 leitos de enfermaria para atendimento exclusivo aos pacientes diagnosticados com Covid-19. O escopo contemplou a reforma predial, totalizando 1.100 m2, compra e reparo de equipamentos hospitalares, equipamentos de proteção individual para os profissionais de saúde do hospital e custeio parcial da equipe de profissionais de saúde e equipe técnica.

Já na fase 2 do projeto, patrocinada pela Bradesco Saúde, os resultados obtidos foram a ativação de 98 leitos de enfermaria, mais 60 equipamentos adquiridos e entregues, além de 2.955 m2 reformados. As duas fases iniciais somam 170 leitos, sendo 60 de UTI.

De acordo com a estimativa da direção do hospital, será possível ampliar o número de atendimentos para 1.500 por dia, possibilitando até 400.000 atendimentos por ano, nas 45 especialidades médicas atendidas no HUCFF. Com as três fases do projeto, serão reformados o total de 10.324 m2.

Tudo isso se tornou possível graças à contribuição financeira e a colaboração voluntária de inúmeras pessoas e empresas.

 

 

 

 

PROPOSTO POR: 

O Instituto da Criança é uma solução para promover o desenvolvimento humano. Por meio do investimento social privado e da gestão de projetos, a organização inspira a prática da solidariedade. Com 26 anos de história, o Instituto funciona como uma via de aproximação entre pessoas físicas e jurídicas que têm condições e vontade de contribuir, contudo não sabem como fazer este investimento chegar a quem realmente precisa. Desta forma, a instituição conecta e articula esses dois grupos, assessorando empresas e direcionando recursos financeiros, humanos, materiais e conhecimentos técnicos a fim de promover o desenvolvimento social. Anualmente, investe em projetos e campanhas de educação, cidadania, geração de renda e desenvolvimento comunitário.

A organização está sediada no Rio de Janeiro e também atua em São Paulo e Paraná. Atualmente está entre as 100 melhores ONGs do mundo, segundo a NGO Advisor, além de fazer parte da ECOSOC – Economic and Social Council – das Nações Unidas. Possui também o selo ONG Transparente, concedido pelo Instituto Doar, que tem como objetivo atestar a transparência de informações através da web.

O Instituto Phi trabalha para ampliar a cultura da filantropia no Brasil, assessorando indivíduos e empresas a fazerem doações de maneira estratégica, de modo que se atinja, de um lado, maior impacto social e, do outro, mais satisfação pessoal.

Mas como funciona na prática? O investidor define a causa que quer apoiar, como saúde, educação, habitação, esportes ou geração de renda, por exemplo, e nós apresentamos um portfólio de projetos ligados às causas.

Para fazer parte do portfólio, os projetos sociais passam por uma rigorosa avaliação com base em quatro pilares – gestão, impacto, solidez e transparência. Assim, você tem a certeza de que está ajudando quem precisa e que os recursos estão sendo empregados de maneira eficiente.

Hoje, são mais de 500 projetos cadastrados que, em pouco mais de cinco anos, receberam doações da ordem de R$ 35 milhões através do Instituto Phi - aplicações estratégicas e eficientes que transformaram a vida de mais de 650 mil pessoas em situação de vulnerabilidade social. Os recursos doados são monitorados, com entregas de relatórios para os doadores.

O Instituto Desiderata é uma OSCIP, fundada há mais de 16 anos no Rio de Janeiro, que sonha em ver crianças e adolescentes brasileiros entre os mais saudáveis do mundo. Eleita uma das 100 melhores ONGs do Brasil pelo Instituto Doar, constrói uma história inovadora com gestores públicos e organizações buscando soluções que garantam prevenção, diagnóstico e cuidado tempestivos para a saúde infantojuvenil. Realiza ações de mobilização e articulação entre o setor público e a sociedade civil, capacitação de profissionais de saúde, humanização do tratamento e produção e disseminação de conhecimento na área.

O Instituto de Estudos para Políticas de Saúde (IEPS) é uma organização sem fins lucrativos, independente e apartidária, com sede no Rio de Janeiro e escritório em São Paulo. Nosso único objetivo é contribuir para o aprimoramento das políticas públicas do setor de saúde no Brasil.

O IEPS defende a ideia de que toda a população brasileira deva ter acesso à saúde de qualidade e que o uso de recursos e a regulação do sistema de saúde sejam os mais efetivos possíveis. E que o acesso à saúde respeite o princípio da equidade, tendo o Estado Brasileiro um papel relevante, de natureza distributiva, neste processo.

Acreditamos que a melhor maneira de alcançar o nosso propósito é através de políticas públicas baseadas em evidências, desenhadas, implementadas e monitoradas de maneira transparente – sempre buscando o apoio da sociedade.

 

Parceiros:

     

COLABORAÇÕES EXTERNAS

R$34.444.496,00

4663 colaboradores

A campanha comprovou a captação dos valores acima através de ações de arrecadação direta na conta bancária do Instituto da Criança, ou seja, fora da plataforma Benfeitoria.

Instituto da Criança ainda não publicou nenhuma notícia.

Estamos vivendo uma crise mundial e, de perto, acompanhando os impactos que vão muito além da saúde pública, atingindo diversos níveis socioeconômicos. Nesse momento de crise, nos encontramos em um desafio maior, que é o de nos unir como sociedade civil para respondermos aos impactos dessa pandemia. Isso só será possível através de uma cooperação em massa e responsabilidade coletiva.

Precisamos mostrar a potência que alcançamos quando nos unimos. Não podemos mais esperar! Pessoas físicas, empresas, instituições. Todos nós precisamos agir e tem que ser agora! 

Queremos sua ajuda para mapear pessoas, projetos, organizações, ideias que possam ajudar na contenção da pandemia e a mitigar suas consequências. Vamos nos unir para levantarmos recursos para essas ações. 

Venha fazer parte dessa rede de apoio ao combate à COVID-19 no Rio de Janeiro.

 

Esta campanha tem como objetivo arrecadar recursos para a nossa frente de saúde:
 

Precisamos da sua ajuda! Reaja e se una a essa rede de colaboração no Rio de Janeiro.
 

1. ATIVAÇÃO DE LEITOS

Achatar a curva de crescimento do Covid-19 é uma medida crucial para evitar a sobrecarga dos serviços de saúde e limitar o número de mortes. Se a curva de contágio não for reduzida através de um severo isolamento social, teremos muito mais pacientes do que os atuais leitos são capazes de suportar e, com isso, o sistema de saúde entrará em colapso. Nesse trágico cenário, os médicos vão ter que escolher entre quem salvar e quem deixar morrer, como já vem acontecendo em outros países. Lembrando que o nosso sistema também precisa continuar atendendo aos pacientes com outros problemas de saúde.

Por isso é tão urgente a ativação de novos leitos em hospitais estaduais, municipais e federais do Rio. Com os R$5.5 milhões em doações arrecadados em nossa primeira fase de campanha, conseguiremos ativar 50 leitos no Hospital Universitário da UFRJ. Em seguida, pretendemos ativar mais 250 leitos na rede municipal e 320 leitos na rede estadual. Leitos são vidas e os governos precisam de muita ajuda nessa frente.

2. EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA PARA OS PROFISSIONAIS DE SAÚDE

Precisamos proteger além profissionais de saúde, todos os outros heróis da linha de frente que trabalham em contato direto com pessoas contaminadas (atendimento, limpeza, segurança, motoristas, serviços gerais etc). Não podemos tê-los afastados pela doença ou pelo medo de contaminarem seus familiares mais vulneráveis. Levantamos a necessidade desses equipamentos para os próximos 30 dias. Nessa primeira fase, distribuiremos 300 mil máscaras em hospitais estaduais e municipais.

 

 Projeto no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho chega à terceira fase

 

Movimento União Rio deu início a um novo projeto no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho – HUCFF – iniciando sua terceira fase. Um grupo técnico formado por profissionais da área de Engenharia Civil da Rede D’Or, profissionais do Instituto da Criança e do próprio Hospital, HUCFF, concluiu a licitação, definindo a empresa para realizar as obras.

A nova fase prevê a reforma de 66 consultórios médicos que estão em estado precário e mais a reforma de outros 62 que atualmente estão desativados pelo estado crítico no qual se encontram. Com isso, o hospital contará com obras de reformas estruturais em 128 consultórios médicos. Ainda serão reformados os acessos e o pilotis, totalizando 6.296 m2 de área a serem finalizados.

O Instituto da Criança realiza a gestão operacional da área da saúde do Movimento União Rio, sendo responsável pela aplicação dos recursos, prestação de contas, contratação de fornecedores, aquisição de equipamentos e apresentação dos resultados que estão sendo revisados e aprovados pela empresa de auditora EY. Além disso, contando com a cogestão do Instituto Desiderata, o União Rio viabilizou a distribuição de 1 milhão de unidades de EPI’s. A gestão qualificada permitiu que o orçamento fosse otimizado, com uma economia de pouco mais de 1,5 milhão de reais que já estão sendo aplicados na terceira fase, iniciada em 10 de agosto e com previsão de término em 8 de novembro deste ano.

Vale destacar que durante a fase 1, as ações desenvolvidas no HUCFF contribuíram para a ativação de 60 leitos de UTI e 12 leitos de enfermaria para atendimento exclusivo aos pacientes diagnosticados com Covid-19. O escopo contemplou a reforma predial, totalizando 1.100 m2, compra e reparo de equipamentos hospitalares, equipamentos de proteção individual para os profissionais de saúde do hospital e custeio parcial da equipe de profissionais de saúde e equipe técnica.

Já na fase 2 do projeto, patrocinada pela Bradesco Saúde, os resultados obtidos foram a ativação de 98 leitos de enfermaria, mais 60 equipamentos adquiridos e entregues, além de 2.955 m2 reformados. As duas fases iniciais somam 170 leitos, sendo 60 de UTI.

De acordo com a estimativa da direção do hospital, será possível ampliar o número de atendimentos para 1.500 por dia, possibilitando até 400.000 atendimentos por ano, nas 45 especialidades médicas atendidas no HUCFF. Com as três fases do projeto, serão reformados o total de 10.324 m2.

Tudo isso se tornou possível graças à contribuição financeira e a colaboração voluntária de inúmeras pessoas e empresas.

 

 

 

 

PROPOSTO POR: 

O Instituto da Criança é uma solução para promover o desenvolvimento humano. Por meio do investimento social privado e da gestão de projetos, a organização inspira a prática da solidariedade. Com 26 anos de história, o Instituto funciona como uma via de aproximação entre pessoas físicas e jurídicas que têm condições e vontade de contribuir, contudo não sabem como fazer este investimento chegar a quem realmente precisa. Desta forma, a instituição conecta e articula esses dois grupos, assessorando empresas e direcionando recursos financeiros, humanos, materiais e conhecimentos técnicos a fim de promover o desenvolvimento social. Anualmente, investe em projetos e campanhas de educação, cidadania, geração de renda e desenvolvimento comunitário.

A organização está sediada no Rio de Janeiro e também atua em São Paulo e Paraná. Atualmente está entre as 100 melhores ONGs do mundo, segundo a NGO Advisor, além de fazer parte da ECOSOC – Economic and Social Council – das Nações Unidas. Possui também o selo ONG Transparente, concedido pelo Instituto Doar, que tem como objetivo atestar a transparência de informações através da web.

O Instituto Phi trabalha para ampliar a cultura da filantropia no Brasil, assessorando indivíduos e empresas a fazerem doações de maneira estratégica, de modo que se atinja, de um lado, maior impacto social e, do outro, mais satisfação pessoal.

Mas como funciona na prática? O investidor define a causa que quer apoiar, como saúde, educação, habitação, esportes ou geração de renda, por exemplo, e nós apresentamos um portfólio de projetos ligados às causas.

Para fazer parte do portfólio, os projetos sociais passam por uma rigorosa avaliação com base em quatro pilares – gestão, impacto, solidez e transparência. Assim, você tem a certeza de que está ajudando quem precisa e que os recursos estão sendo empregados de maneira eficiente.

Hoje, são mais de 500 projetos cadastrados que, em pouco mais de cinco anos, receberam doações da ordem de R$ 35 milhões através do Instituto Phi - aplicações estratégicas e eficientes que transformaram a vida de mais de 650 mil pessoas em situação de vulnerabilidade social. Os recursos doados são monitorados, com entregas de relatórios para os doadores.

O Instituto Desiderata é uma OSCIP, fundada há mais de 16 anos no Rio de Janeiro, que sonha em ver crianças e adolescentes brasileiros entre os mais saudáveis do mundo. Eleita uma das 100 melhores ONGs do Brasil pelo Instituto Doar, constrói uma história inovadora com gestores públicos e organizações buscando soluções que garantam prevenção, diagnóstico e cuidado tempestivos para a saúde infantojuvenil. Realiza ações de mobilização e articulação entre o setor público e a sociedade civil, capacitação de profissionais de saúde, humanização do tratamento e produção e disseminação de conhecimento na área.

O Instituto de Estudos para Políticas de Saúde (IEPS) é uma organização sem fins lucrativos, independente e apartidária, com sede no Rio de Janeiro e escritório em São Paulo. Nosso único objetivo é contribuir para o aprimoramento das políticas públicas do setor de saúde no Brasil.

O IEPS defende a ideia de que toda a população brasileira deva ter acesso à saúde de qualidade e que o uso de recursos e a regulação do sistema de saúde sejam os mais efetivos possíveis. E que o acesso à saúde respeite o princípio da equidade, tendo o Estado Brasileiro um papel relevante, de natureza distributiva, neste processo.

Acreditamos que a melhor maneira de alcançar o nosso propósito é através de políticas públicas baseadas em evidências, desenhadas, implementadas e monitoradas de maneira transparente – sempre buscando o apoio da sociedade.

 

Parceiros:

     

Instituto da Criança ainda não publicou nenhuma notícia.