A Vaca Morta de Zuza e Nininha |

A Vaca Morta de Zuza e Nininha

Através de imagens e depoimentos resgataremos a história do sítio Vaca Morta, tendo o Sr. Zuza Laureno como personagem central.

Projeto por: Ivanildo Lopes
R$ 9.290,00
arrecadado
meta R$ 7.500,00

48 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.

POR

Ivanildo Lopes

Ivanildo Lopes

Membro de uma família numerosa, com origens no interior cearense, e idealizador de um encontro familiar em forma de Arraiá que reúne cerca de 500 pessoas apaixonadas pela regionalidade, pelas deliciosas comidas tipicas e pelo tradicional forró pé de serra.

R$ 15
E-MAIL DE AGRADECIMENTO
3 benfeitores apoiando
Ao nos apoiar na nossa campanha com este valor você receberá nosso mais sincero agradecimento através de uma mensagem de e-mail.
R$ 35
NOME NOS CRÉDITOS DO ENCARTE DO DVD
4 benfeitores apoiando
Você receberá nosso mais sincero agradecimento através de uma mensagem de e-mail e terá seu nome escrito com o maior carinho nos créditos do encarte do nosso DVD.
R$ 50
NOME NOS CRÉDITOS DO DOCUMENTÁRIO
14 benfeitores apoiando
Nosso mais sincero agradecimento através de uma mensagem de e-mail, seu nome escrito com o maior carinho nos créditos do encarte do nosso DVD e também eternizado nos créditos finais do documentário.
R$ 75
CAMISA ESPECIAL DO DOCUMENTÁRIO
12 benfeitores apoiando
Nosso mais sincero agradecimento através de uma mensagem de e-mail, seu nome escrito com o maior carinho nos créditos do encarte do nosso DVD e também eternizado nos créditos finais do documentário + 1 camisa do projeto.
R$ 100
UM EXEMPLAR DO DOCUMENTÁRIO EM DVD
24 benfeitores apoiando
Nosso mais sincero agradecimento através de uma mensagem de e-mail, seu nome escrito com o maior carinho nos créditos do encarte do nosso DVD e também eternizado nos créditos finais do documentário + 1 camisa do projeto + 1 exemplar do documentário em DVD.
R$ 300
TODAS AS ANTERIORES + 1 PAR DE INGRESSOS
7 benfeitores apoiando
Nosso mais sincero agradecimento através de uma mensagem de e-mail, seu nome escrito com o maior carinho nos créditos do encarte do nosso DVD e também eternizado nos créditos finais do documentário + 1 camisa do projeto + 1 exemplar do documentário em DVD + 1 par de ingressos para a festa de 10 anos do Arraiá Zuza Laureno (em 2017).
R$ 500
TODAS AS ANTERIORES + FOTO NO ENCARTE
3 benfeitores apoiando
Nosso mais sincero agradecimento através de uma mensagem de e-mail, seu nome escrito com o maior carinho nos créditos do encarte do nosso DVD e eternizado nos créditos finais do documentário + 1 camisa do projeto + 1 exemplar do documentário em DVD + 1 par de ingressos para a festa de 10 anos do Arraiá Zuza Laureno (em 2017) + você nas fotos do encarte do DVD.
R$ 1.000
UMA PLACA DE RECONHECIMENTO
1 benfeitor apoiando
Agradecimento através de uma mensagem de e-mail + seu nome escrito nos créditos do encarte + nome nos créditos finais do documentário + 1 exemplar do documentário em DVD + 1 camisa do projeto + 1 par de ingressos para a festa de 10 anos do Arraiá Zuza Laureno (em 2017) + você nas fotos do encarte do DVD + placa de reconhecimento pela grande benfeitoria realizada para imortalizar o nome de Zuza Laureno + abraços e beijos.

VIVA A VACA MORTA!

"Não há, ó gente, ó não, luar como esse do sertão..."

Vaca Morta é um cantinho que Deus fez com muito carinho e nos presenteou colocando no meio do sertão cearense, bem alí, somente a 418 km de Fortaleza. Sertão brabo, gente simples. Muito sol, muito suor mas também tudo de bom que a vida da roça pode oferecer.

A vida ainda passa devagar naquelas bandas. Apesar da modernidade já ter se avizinhado com seus celulares, internet, estrada asfaltada e motos substituindo cavalos, o sitio ainda gira em torno do plantio, da criação e de uma boa conversa entre seus moradores.

Para saber como surgiu, como ganhou vida e como prosperou este sítio (que tem ares de vila) uns dois dedos de proza com os moradores mais antigos nos leva ao caminho certo: "Tudo começou com a compra destas terras, que eram de Dona Fideralina, pelo Sr. Laureno Ferreira, o "pai" Laureno..."

E tome história. O bom é que ela ainda está lá. O chato é saber que ela pode desaparecer com a partida dos mais antigos. É nesse ponto que nós chegamos. Queremos documentar toda a história da região, tendo como personagem central o Sr. Zuza Laureno, que foi um dos herdeiros das terras que deram origem ao sítio Santo Antônio e grande benfeitor, que ainda hoje é lembrado pelo seu honrado caráter e por ser um incansável defensor dos mais necessitados da região.

Para fazermos um documentário de verdade, bem produzido, sem essas tremedeiras de câmera amadora ou de celular, com roteiro, músicas, fotos antigas e edição de filmagem, estamos realizando este projeto de financiamento coletivo, que tem como meta inicial levar uma produtora de vídeo para a região, gravar imagens do local e conversar com a história viva, que são os moradores mais antigos do lugar. Como peça chave desse relato, também ouviremos os filhos, netos e amigos de Zuza Laureno e Dona Nininha para que as novas gerações conheçam o homem que ajudou a dar origem aquela localidade e, através do seu exemplo, desenvolvam um sentimento de protagonistas da história da Vaca Morta.

Precisamos do seu apoio financeiro. Gostariamos muito de atingir a meta principal de R$ 13.500,00 para aproveitarmos o documentário e, além de gravar os depoimentos históricos, fazer imagens externas e também conversar com os jovens do sítio Vaca Morta, registrando o sentimento dos herdeiros do futuro daquelas terras abençoadas. Qual a perspectiva deles? Querem sair de lá ou constituir família por lá mesmo? Cultivar, trabalhar na roça ou se formar e ser "doutor" na cidade? Quais seus sonhos? A Vaca Morta está viva no coração deles?

Escolha sua recompensa e colabore com nosso projeto: Fazer ecoar na eternidade a história de Zuza Laureno, Dona Nininha e sua Vaca Morta.

VIVA A VACA MORTA!

"Não há, ó gente, ó não, luar como esse do sertão..."

Vaca Morta é um cantinho que Deus fez com muito carinho e nos presenteou colocando no meio do sertão cearense, bem alí, somente a 418 km de Fortaleza. Sertão brabo, gente simples. Muito sol, muito suor mas também tudo de bom que a vida da roça pode oferecer.

A vida ainda passa devagar naquelas bandas. Apesar da modernidade já ter se avizinhado com seus celulares, internet, estrada asfaltada e motos substituindo cavalos, o sitio ainda gira em torno do plantio, da criação e de uma boa conversa entre seus moradores.

Para saber como surgiu, como ganhou vida e como prosperou este sítio (que tem ares de vila) uns dois dedos de proza com os moradores mais antigos nos leva ao caminho certo: "Tudo começou com a compra destas terras, que eram de Dona Fideralina, pelo Sr. Laureno Ferreira, o "pai" Laureno..."

E tome história. O bom é que ela ainda está lá. O chato é saber que ela pode desaparecer com a partida dos mais antigos. É nesse ponto que nós chegamos. Queremos documentar toda a história da região, tendo como personagem central o Sr. Zuza Laureno, que foi um dos herdeiros das terras que deram origem ao sítio Santo Antônio e grande benfeitor, que ainda hoje é lembrado pelo seu honrado caráter e por ser um incansável defensor dos mais necessitados da região.

Para fazermos um documentário de verdade, bem produzido, sem essas tremedeiras de câmera amadora ou de celular, com roteiro, músicas, fotos antigas e edição de filmagem, estamos realizando este projeto de financiamento coletivo, que tem como meta inicial levar uma produtora de vídeo para a região, gravar imagens do local e conversar com a história viva, que são os moradores mais antigos do lugar. Como peça chave desse relato, também ouviremos os filhos, netos e amigos de Zuza Laureno e Dona Nininha para que as novas gerações conheçam o homem que ajudou a dar origem aquela localidade e, através do seu exemplo, desenvolvam um sentimento de protagonistas da história da Vaca Morta.

Precisamos do seu apoio financeiro. Gostariamos muito de atingir a meta principal de R$ 13.500,00 para aproveitarmos o documentário e, além de gravar os depoimentos históricos, fazer imagens externas e também conversar com os jovens do sítio Vaca Morta, registrando o sentimento dos herdeiros do futuro daquelas terras abençoadas. Qual a perspectiva deles? Querem sair de lá ou constituir família por lá mesmo? Cultivar, trabalhar na roça ou se formar e ser "doutor" na cidade? Quais seus sonhos? A Vaca Morta está viva no coração deles?

Escolha sua recompensa e colabore com nosso projeto: Fazer ecoar na eternidade a história de Zuza Laureno, Dona Nininha e sua Vaca Morta.

Ivanildo Lopes ainda não publicou nenhuma notícia.