VIDAS INDÍGENAS |

VIDAS INDÍGENAS

Junte-se a nós para manter viva a cultura dos povos indígenas! Formação em memória e mídia para o registro e preservação de suas narrativas.

Projeto por: Museu da Pessoa
R$ 90.207,00
arrecadado
meta R$ 88.600,00

194
benfeitores

101%
arrecadado

28
dias restantes

PARCELE SEU PAGAMENTO EM ATÉ 6 VEZES

A primeira meta foi batida! O projeto será realizado, mas a arrecadação continua até 25/02/2021 - 23:59


POR

Museu da Pessoa

iniciativa@museudapessoa.org

Museu da Pessoa
R$ 20
Nosso agradecimento!
19 benfeitores apoiando
Agradecemos imensamente sua contribuição. Seu nome estará em uma publicação de agradecimento nas redes sociais do Museu da Pessoa.
R$ 35
Fundo de tela exclusivo
7 benfeitores apoiando
- Fundo de tela para celular exclusivo com identidade visual do projeto. - Seu nome estará em uma publicação de agradecimento nas redes sociais do Museu da Pessoa.
R$ 50
Coleção de Postais
27 benfeitores apoiando
- Receba 5 cartões postais com desenhos do artista Denilson Baniwa - Seu nome estará em uma publicação de agradecimento nas redes sociais do Museu da Pessoa. *Retire no Museu da Pessoa ou enviamos para você (frete cobrado a parte) ** Tamanho postais A6 (10x15) no cartão 300g
R$ 70
Cartaz Lambe-lambe
16 benfeitores apoiando
- Receba um cartaz lambe lambe com desenho do artista Denilson Baniwa - Seu nome estará em uma publicação de agradecimento nas redes sociais do Museu da Pessoa. *Retire no Museu da Pessoa ou enviamos para você (frete cobrado a parte) **Cartaz no tamanho A3 no papel reciclato, 90g. *** A escolher entre opções disponibilizadas posteriormente
R$ 100
Ecobag + Coleção de Postais
51 benfeitores apoiando
- Receba uma ecobag exclusiva com frase de Ailton Krenak - Receba 5 cartões postais com desenhos do artista Denilson Baniwa - Seu nome estará em uma publicação de agradecimento nas redes sociais do Museu da Pessoa. *Retire no Museu da Pessoa ou enviamos para você (frete cobrado a parte) ** Tamanho postais A6 (10x15) no cartão 300g
R$ 150
Coleção de Cartaz Lambe-lambe
13 benfeitores apoiando
- Receba três cartazes lambe lambe com desenhos do artista Denilson Baniwa - Seu nome estará em uma publicação de agradecimento nas redes sociais do Museu da Pessoa. *Retire no Museu da Pessoa ou enviamos para você (frete cobrado a parte) **Cartaz no tamanho A3 no papel reciclato, 90g.
R$ 200
Oficina em Mídias Indígenas + Livro
11 benfeitores apoiando
- Participe da oficina virtual Mídias Indígenas, liderada por Renata Tupinambá, co-fundadora da Rádio Yandê - Receba o livro Contos e Encontros Anciãos Tupinambá - Seu nome estará em uma publicação de agradecimento nas redes sociais do Museu da Pessoa. *Retire no Museu da Pessoa ou enviamos para você (frete cobrado a parte) ** Data da oficina será divulgada posteriormente
R$ 250
Ecobag + Postais + Cartaz
9 benfeitores apoiando
- Receba uma ecobag exclusiva com frase de Ailton Krenak - Receba 5 cartões postais com desenhos do artista Denilson Baniwa - Receba um cartaz lambe lambe com desenho do artista Denilson Baniwa - Seu nome estará em uma publicação de agradecimento nas redes sociais do Museu da Pessoa. *Retire no Museu da Pessoa ou enviamos para você (frete cobrado a parte) ** Tamanho postais A6 (10x15) no cartão 300g *** Cartaz no tamanho A3 no papel reciclato, 90g. **** A escolher entre opções disponibilizadas posteriormente
R$ 320
Livro Autografado por Ailton Krenak
5 benfeitores apoiando
- Receba o livro Ideias para adiar o fim do mundo, autografado pelo autor, Ailton Krenak - Seu nome estará em uma publicação de agradecimento nas redes sociais do Museu da Pessoa. *Retire no Museu da Pessoa ou enviamos para você (frete cobrado a parte)

indisponível.
R$ 335
Livro Autografado por Ailton Krenak - L2
5 benfeitores apoiando
- Receba o livro Ideias para adiar o fim do mundo, autografado pelo autor, Ailton Krenak - Seu nome estará em uma publicação de agradecimento nas redes sociais do Museu da Pessoa. *Retire no Museu da Pessoa ou enviamos para você (frete cobrado a parte)

indisponível.
R$ 500
Combo Vidas Indígenas
9 benfeitores apoiando
- Receba o livro Contos e Encontros Anciãos Tupinambá - Participe da oficina virtual Mídias Indígenas, liderada por Renata Tupinambá, co-fundadora da Rádio Yandê - Receba uma ecobag exclusiva com frase de Ailton Krenak - Receba 5 cartões postais com desenhos do artista Denilson Baniwa - Receba um cartaz lambe lambe com desenho do artista Denilson Baniwa - Seu nome estará em uma publicação de agradecimento nas redes sociais do Museu da Pessoa. *Retire no Museu da Pessoa ou enviamos para você (frete cobrado a parte) ** Tamanho postais A6 (10x15) no cartão 300g *** Cartaz no tamanho A3 no papel reciclato, 90g. **** A escolher entre opções disponibilizadas posteriormente
R$ 1.000
Experiencia Única com o Mestre Krenak
4 benfeitores apoiando
- Participe de uma oficina virtual em culturas indígenas e memória ministrada por Ailton Krenak, liderança indígena e escritor - Seu nome estará em uma publicação de agradecimento nas redes sociais do Museu da Pessoa. *A data da oficina será divulgada posteriormente

6 disponíveis.
R$ 5.000
Experiência Museu da Pessoa
Seja o primeiro a apoiar!
- Tenha sua história de vida no Museu da Pessoa! A entrevista será conduzida pela Karen Worcman, fundadora do Museu. - Receba o livro Contos e Encontros Anciãos TupinambáReceba uma ecobag exclusiva com frase de Ailton Krenak Receba 5 cartões postais com desenhos do artista Denilson Baniwa Receba um cartaz lambe lambe com desenho do artista Denilson Baniwa Seu nome estará em uma publicação de agradecimento nas redes sociais do Museu da Pessoa. *Retire no Museu da Pessoa ou enviamos para você (frete cobrado a parte) ** Tamanho postais A6 (10x15) no cartão 300g *** Cartaz no tamanho A3 no papel reciclado, 90g. **** A escolher entre opções disponibilizadas posteriormente

2 disponíveis.

Não encontrou o que queria?

Apoie com qualquer valor

 

 

A COVID-19 foi um golpe para toda humanidade e ainda mais duro para os povos indígenas que constantemente sofrem ameaças pela falta de políticas públicas mais adequadas às necessidades de um povo que preserva a história da nação brasileira.

Os anciãos e anciães dos povos indígenas, parte dos grupos de risco, são suas verdadeiras bibliotecas vivas. 

Diferentes etnias já perderam muitos na pandemia.

 

Para que as memórias e tradições permaneçam vivas, o Museu da Pessoa, a Rádio Yandê e Ailton Krenak vão realizar uma formação virtual em memória e mídias para que jovens das comunidades originárias registrem as histórias de vida de seus anciãos e anciães e preservem as narrativas de vida do seu povo.

 

 

 

 

O ditado “Cada ancião que morre é uma biblioteca que se queima” é válido para os povos indígenas, portanto nosso lema é “Cada ancião que se preserva é uma biblioteca que se salva”. Na tradição dos povos indígenas, todo conhecimento de plantas, de cura, de mitos e narrativas estão preservados de maneira oral. O projeto Vidas Indígenas fornece uma estrutura para que os educadores dos povos indígenas possam gravar e registrar as histórias dos anciãos e anciãs das suas comunidades e assim fortalecer e preservar a identidade de seus povos. Portanto o projeto tem uma dupla função: fortalecer os educadores e atuantes das comunidades e preservar as memórias de seus anciões. 

 

“A gente não sabe até quando que vão ter esse conhecimento completo. A gente vai morrendo e vai se apagando tudo. A gente não é igual vocês, que fica tudo guardado em algum lugar.

Não tem isso. Se tivesse isso eu não estaria preocupado com isso.”

(Awapataku Waura, ancião e pajé do povo Waura, primeira entrevista em língua indígena realizada no Museu da Pessoa em 2019)


Tornar as histórias narradas conhecidas e valorizadas pela sociedade é uma estratégia fundamental para contribuir com o desenvolvimento social a partir do respeito e da compreensão das múltiplas experiências e visão de mundo dos povos indígenas.

 

 

 

 

 

Esta iniciativa dará a oportunidade de capacitar lideranças e jovens Indígenas para continuar com ações nos espaços culturais que o povo necessita para executar suas iniciativas e assim dar continuidade à visibilidade da nossa história, lutas, alegrias, tristezas, derrotas e vitórias. Fortalecendo e valorizando cada vez mais o nosso universo simbólico, permitindo através da linguagem tecnológica do audiovisual construir novos sentidos na nossa forma de interagir com o mundo, na forma de entendê-lo, nomeá-lo e dar significados com respeito e entendimento de nossas raízes."


Jaborandy Tupinambá 

 

 

Museu da Pessoa: Museu virtual e colaborativo de histórias de vida fundado em São Paulo, em 1991. Desde sua origem tem como objetivo registrar, preservar e disseminar histórias de vida de toda e qualquer pessoa da sociedade. Acreditamos que a escuta é o primeiro passo para transformar o seu jeito de ver o mundo.

 

 

Radio Yandé: Primeira web rádio indígena brasileira, fundada em 2013, conta com uma rede de comunicação nacional com correspondentes indígenas em diversas partes do Brasil. Fomenta a comunicação indígena, educação, história, música, arte, cinema, literatura, entretenimento, promoção da pluralidade e combate ao racismo. Atua em projetos de fortalecimento das identidades e visibilidade dos povos.

 

Ailton Krenak: Um dos principais pensadores indígenas do mundo. Fundador da  União das nações indígenas (UNI), atuou na elaboração da constituição de 1988. Ambientalista e escritor brasileiro. Doutor honoris causa pela Universidade Federal de Juiz de Fora, Grão-cruz da Ordem do Mérito Cultural, vencedor do prêmio Juca Patos de intelectual do ano em 2020.

 

 

O projeto Vidas Indígenas foi selecionado pelo programa Matchfunding BNDES+ em um momento crucial. Nas sociedades indígenas, os mais velhos são os guardiões da memória, os guias, mantenedores das tradições e dos saberes imateriais. Com a pandemia, os povos estão perdendo os seus anciãos antes do tempo. Portanto, um projeto de formação e registro da memória dos anciões indígenas é  fundamental.

 

O Matchfunding BNDES+ é um programa que combina o crowdfunding (financiamento coletivo) com o aporte financeiro do BNDES. A cada R$ 1,00 arrecadado, o BNDES coloca mais R$ 2,00!

No entanto, a campanha parte do TUDO ou NADA. Ou seja, se não atingirmos a meta o projeto não acontecerá e o dinheiro arrecadado será devolvido aos colaboradores.

 

 

 

 

 

Além de fazer o projeto acontecer, sua colaboração dá direito a recompensas especialmente pensadas para se aproximar do universo indígena.

Confira algumas delas abaixo (imagens ilustrativas).

 

 

 

 

 

 

 
 

 

Museu da Pessoa ainda não publicou nenhuma notícia.

 

 

A COVID-19 foi um golpe para toda humanidade e ainda mais duro para os povos indígenas que constantemente sofrem ameaças pela falta de políticas públicas mais adequadas às necessidades de um povo que preserva a história da nação brasileira.

Os anciãos e anciães dos povos indígenas, parte dos grupos de risco, são suas verdadeiras bibliotecas vivas. 

Diferentes etnias já perderam muitos na pandemia.

 

Para que as memórias e tradições permaneçam vivas, o Museu da Pessoa, a Rádio Yandê e Ailton Krenak vão realizar uma formação virtual em memória e mídias para que jovens das comunidades originárias registrem as histórias de vida de seus anciãos e anciães e preservem as narrativas de vida do seu povo.

 

 

 

 

O ditado “Cada ancião que morre é uma biblioteca que se queima” é válido para os povos indígenas, portanto nosso lema é “Cada ancião que se preserva é uma biblioteca que se salva”. Na tradição dos povos indígenas, todo conhecimento de plantas, de cura, de mitos e narrativas estão preservados de maneira oral. O projeto Vidas Indígenas fornece uma estrutura para que os educadores dos povos indígenas possam gravar e registrar as histórias dos anciãos e anciãs das suas comunidades e assim fortalecer e preservar a identidade de seus povos. Portanto o projeto tem uma dupla função: fortalecer os educadores e atuantes das comunidades e preservar as memórias de seus anciões. 

 

“A gente não sabe até quando que vão ter esse conhecimento completo. A gente vai morrendo e vai se apagando tudo. A gente não é igual vocês, que fica tudo guardado em algum lugar.

Não tem isso. Se tivesse isso eu não estaria preocupado com isso.”

(Awapataku Waura, ancião e pajé do povo Waura, primeira entrevista em língua indígena realizada no Museu da Pessoa em 2019)


Tornar as histórias narradas conhecidas e valorizadas pela sociedade é uma estratégia fundamental para contribuir com o desenvolvimento social a partir do respeito e da compreensão das múltiplas experiências e visão de mundo dos povos indígenas.

 

 

 

 

 

Esta iniciativa dará a oportunidade de capacitar lideranças e jovens Indígenas para continuar com ações nos espaços culturais que o povo necessita para executar suas iniciativas e assim dar continuidade à visibilidade da nossa história, lutas, alegrias, tristezas, derrotas e vitórias. Fortalecendo e valorizando cada vez mais o nosso universo simbólico, permitindo através da linguagem tecnológica do audiovisual construir novos sentidos na nossa forma de interagir com o mundo, na forma de entendê-lo, nomeá-lo e dar significados com respeito e entendimento de nossas raízes."


Jaborandy Tupinambá 

 

 

Museu da Pessoa: Museu virtual e colaborativo de histórias de vida fundado em São Paulo, em 1991. Desde sua origem tem como objetivo registrar, preservar e disseminar histórias de vida de toda e qualquer pessoa da sociedade. Acreditamos que a escuta é o primeiro passo para transformar o seu jeito de ver o mundo.

 

 

Radio Yandé: Primeira web rádio indígena brasileira, fundada em 2013, conta com uma rede de comunicação nacional com correspondentes indígenas em diversas partes do Brasil. Fomenta a comunicação indígena, educação, história, música, arte, cinema, literatura, entretenimento, promoção da pluralidade e combate ao racismo. Atua em projetos de fortalecimento das identidades e visibilidade dos povos.

 

Ailton Krenak: Um dos principais pensadores indígenas do mundo. Fundador da  União das nações indígenas (UNI), atuou na elaboração da constituição de 1988. Ambientalista e escritor brasileiro. Doutor honoris causa pela Universidade Federal de Juiz de Fora, Grão-cruz da Ordem do Mérito Cultural, vencedor do prêmio Juca Patos de intelectual do ano em 2020.

 

 

O projeto Vidas Indígenas foi selecionado pelo programa Matchfunding BNDES+ em um momento crucial. Nas sociedades indígenas, os mais velhos são os guardiões da memória, os guias, mantenedores das tradições e dos saberes imateriais. Com a pandemia, os povos estão perdendo os seus anciãos antes do tempo. Portanto, um projeto de formação e registro da memória dos anciões indígenas é  fundamental.

 

O Matchfunding BNDES+ é um programa que combina o crowdfunding (financiamento coletivo) com o aporte financeiro do BNDES. A cada R$ 1,00 arrecadado, o BNDES coloca mais R$ 2,00!

No entanto, a campanha parte do TUDO ou NADA. Ou seja, se não atingirmos a meta o projeto não acontecerá e o dinheiro arrecadado será devolvido aos colaboradores.

 

 

 

 

 

Além de fazer o projeto acontecer, sua colaboração dá direito a recompensas especialmente pensadas para se aproximar do universo indígena.

Confira algumas delas abaixo (imagens ilustrativas).

 

 

 

 

 

 

 
 

 

Museu da Pessoa ainda não publicou nenhuma notícia.