Visita às raízes Autogestão em Habitação |

Visita às raízes Autogestão em Habitação

VISITA DE NOVAS LIDERANÇAS POPULARES DA UNIÃO DOS MOVIMENTOS DE MORADIA À FUCVAM (FEDERAÇÃO URUGUAIA DE COOPERATIVAS DE HABITAÇÃO POR AJUDA MÚTUA)

Projeto por: UNIAO DOS MOVIMENTOS DE MORADIA DE SAO PAULO
R$ 2.100,00
arrecadado
meta R$ 5.000,00

20 benfeitores
apoiaram essa campanha

Não foi dessa vez :/

A meta de arrecadação não foi atingida e todas as colaborações foram estornadas. Obrigado pelo apoio ainda assim!

POR

UNIAO DOS MOVIMENTOS DE MORADIA DE SAO PAULO

UNIAO DOS MOVIMENTOS DE MORADIA DE SAO PAULO
R$ 25
Tijolo
2 benfeitores apoiando
Enviaremos , por e-mail, um relato da visita e das experiências aprendidas pelos participantes.
R$ 50
Telha
3 benfeitores apoiando
Enviaremos , por e-mail, um relato da visita e das experiências aprendidas pelos participantes e, por meio físico, um cartão celebrativo
R$ 100
Pilar e Viga
10 benfeitores apoiando
Enviaremos , por e-mail, um relato da visita e das experiências aprendidas pelos participantes e, por meio físico, um cartão celebrativo. Também convidaremos para um encontro para troca das experiências.
R$ 200
Telhado
4 benfeitores apoiando
Enviaremos , por meio físico e-mail, um relato da visita e das experiências aprendidas pelos participantes e, por meio físico, um cartão celebrativo. Também convidaremos para um encontro para troca das experiências.
R$ 500
Chave
Seja o primeiro a apoiar!
Enviaremos , por meio físico e e-mail, um relato da visita e das experiências aprendidas pelos participantes e, por meio físico, um cartão celebrativo. Também convidaremos para um encontro para troca das experiências.

Pedimos seu apoio para levar novas lideranças populares dos movimentos de moradia para conhecer a experiência da Federação Uruguaia de Cooperativas por Ajuda Mútua (FUCVAM). São lideranças de movimentos sem teto, favelas, ocupações que se organizam na luta por políticas públicas de habitação. A visita é um espaço de capacitação e intercâmbio político Sul-Sul.

Cooperativas uruguaiasA FUCVAM trabalha há quase 50 anos com a produção de moradias por meio da autogestão da ajuda mútua e da propriedade coletiva, tornando-se um marco na política habitacional mundial. Construiu uma lei nacional de habitação e segue na luta pelo direito á moradia e à cidade. Seu modelo baseia-se na ajuda mútua, na autogestão e e na propriedade coletiva. A FUCVAM é protagonista na cooperação com diversos países da América Latina  para o desenvolvimento da proposta nesses países.

 

A União dos Movimentos de Moradia, há mais de 30 anos, inspirou-se nesse modelo para elaborar sua proposta. Ao longo dessa caminhada, construímos políticas públicas e, programas habitacionais que deram origem à experiência brasileira de autogestão em habitação. São mais de 30 mil moradias construidas com a participação das famílias envolvidas,na definição de seu projeto, parcerias com grupos de assessorias técnicas, gestão da construção, administração dos recursos para a construção da moradia e organização da vida comunitária. 

Mutirão em São Paulo

Este ano, queremos voltar ao Uruguai, refazer o caminho da discussão coletiva e reafirmar nossa proposta autogestionária. Neste momento de risco de inúmeros retrocessos na pauta dos direitos no Brasil, é importante resgatas a luta e a resistência.

Para isso, queremos levar 40 novas lideranças de diversos movimentos de moradia para uma vivência junto às cooperativas em Montevidéu,com o objetivo de recuperar a história do cooperativismo de ajuda mútua uruguaio, o modelo e suas atualizações, o sistema de propriedade cooperativa de forma mais detalhada e o formato de financiamento. Vamos visitar experiências de cooperativas antigas e atuais e conhecer a organização da Fucvam e suas ações além do tema da moradia (juventude, cultura, mulheres). 


A atividade será de 29 de maio a 2 de junho  de 2019. A colaboração obtida por esta campanha será destinada à alimentação, traslado interno e tradução das atividades para os participantes.

UNIAO DOS MOVIMENTOS DE MORADIA DE SAO PAULO ainda não publicou nenhuma notícia.

Pedimos seu apoio para levar novas lideranças populares dos movimentos de moradia para conhecer a experiência da Federação Uruguaia de Cooperativas por Ajuda Mútua (FUCVAM). São lideranças de movimentos sem teto, favelas, ocupações que se organizam na luta por políticas públicas de habitação. A visita é um espaço de capacitação e intercâmbio político Sul-Sul.

Cooperativas uruguaiasA FUCVAM trabalha há quase 50 anos com a produção de moradias por meio da autogestão da ajuda mútua e da propriedade coletiva, tornando-se um marco na política habitacional mundial. Construiu uma lei nacional de habitação e segue na luta pelo direito á moradia e à cidade. Seu modelo baseia-se na ajuda mútua, na autogestão e e na propriedade coletiva. A FUCVAM é protagonista na cooperação com diversos países da América Latina  para o desenvolvimento da proposta nesses países.

 

A União dos Movimentos de Moradia, há mais de 30 anos, inspirou-se nesse modelo para elaborar sua proposta. Ao longo dessa caminhada, construímos políticas públicas e, programas habitacionais que deram origem à experiência brasileira de autogestão em habitação. São mais de 30 mil moradias construidas com a participação das famílias envolvidas,na definição de seu projeto, parcerias com grupos de assessorias técnicas, gestão da construção, administração dos recursos para a construção da moradia e organização da vida comunitária. 

Mutirão em São Paulo

Este ano, queremos voltar ao Uruguai, refazer o caminho da discussão coletiva e reafirmar nossa proposta autogestionária. Neste momento de risco de inúmeros retrocessos na pauta dos direitos no Brasil, é importante resgatas a luta e a resistência.

Para isso, queremos levar 40 novas lideranças de diversos movimentos de moradia para uma vivência junto às cooperativas em Montevidéu,com o objetivo de recuperar a história do cooperativismo de ajuda mútua uruguaio, o modelo e suas atualizações, o sistema de propriedade cooperativa de forma mais detalhada e o formato de financiamento. Vamos visitar experiências de cooperativas antigas e atuais e conhecer a organização da Fucvam e suas ações além do tema da moradia (juventude, cultura, mulheres). 


A atividade será de 29 de maio a 2 de junho  de 2019. A colaboração obtida por esta campanha será destinada à alimentação, traslado interno e tradução das atividades para os participantes.

UNIAO DOS MOVIMENTOS DE MORADIA DE SAO PAULO ainda não publicou nenhuma notícia.